Covid-19 não trava férias de verão. Reservas de casas e hotéis no Algarve aumentam

JavierGValdivia / Flickr

Praia da Ponta da Piedade

O número de reservas de hotéis e casas no verão tem aumentado no Algarve. Nem com a pandemia de covid-19 as pessoas querem ver comprometidos os seus planos de férias.

Depois de no dia 14 de abril António Costa ter dito que espera que, no verão, os portugueses tenham possibilidade de gozar as suas férias, as reservas de casas e hotéis no Algarve têm aumentado desde então. Na altura, o primeiro-ministro pediu aos portugueses para não deixarem de pensar nas férias de verão.

“Esperem mais algumas semanas. Quero crer que até ao verão a situação estará suficientemente controlada para termos férias. Seria, aliás, um dano imenso para a economia portuguesa, se no próximo verão o turismo não tiver condições de funcionamento mínimo”, afirmou.

O Observador avança que os hotéis algarvios estão a receber cada vez mais reservas, para julho e agosto, de portugueses e turistas estrangeiros, nomeadamente britânicos. Desta forma, as pessoas não se mostram muito preocupadas com a ameaça do coronavírus no verão. Ou pelo menos não deixam que o vírus comprometa os seus planos de férias.

“É verdade que também tivemos e ainda temos muitos cancelamentos, mas também estamos a assistir a um incremento nos pedidos de marcações para o próximo verão”, disse o diretor da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

“No que diz respeito ao mercado interno, o mais importante nos meses de verão, quer em número de turistas, quer em número de dormidas, as nossas expectativas são para que possam esbater os efeitos negativos da diminuição da procura externa”, acrescentou Elidérico Viegas.

Os estabelecimentos hoteleiros estavam habituados a uma taxa de ocupação de 100% – algo que certamente não será possível alcançar este ano. Ainda assim, as reservas conseguidas serão suficientes para “ajudar a esbater os efeitos negativos provocados por esta pandemia nas contas das empresas”.

Viegas adianta que os preços deverão ser mais ou menos semelhantes aos dos outros anos, embora alguns hotéis possa fazer ajustes porque “se a procura diminui, o preço baixa — e vice-versa”.

“O facto de o Algarve ser considerado um destino turístico Covid-Free pode potenciar o aumento da procura externa, na medida em que os principais concorrentes se debatem com problemas sérios nesta matéria, a começar pela vizinha Espanha, o nosso maior concorrente”, diz o diretor da AHETA.

Em Espanha, a situação está bem pior. O nosso país vizinho é a segunda nação com mais mortos devido à pandemia por cada milhão de habitantes (496 óbitos). Esta segunda-feira, Espanha registou um total de 209.465 casos confirmados e 23.521 mortes. Lá, os hotéis deverão demorar mais a reabrir, o que fomenta o turismo em Portugal.

O mesmo acontece no alojamento local. Na Airbnb são cada vez mais os que fazem reservas longas e muitos procuram espaços mais amplos no Algarve. Ao Observador, a empresa revelou que houve um aumento de 20% em reservas com mais de um mês.

“As pesquisas de estadias mais longas e em destinos próximos dos locais de residência habituais têm aumentado mais do dobro em todo o mundo nos últimos tempos”, explica a Airbnb.

A informação foi, de certa forma, confirmada pela AHETA: “Todos os tipos de alojamento são muito procurados, quer hotéis, quer empreendimentos turísticos, quer alojamento local, quer ainda alojamento privado, como moradias e apartamentos”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acho muito bem,o povo tem que relaxar senão,não morre do vírus morre de pasmo e solidão.Temos que morrer assim,iremos mais felizes.Boa sorte a todos.

  2. Para nós, meros trabalhadores desempregados, a boa notícia é que teremos empregos no verão. A má notícia é que continuaremos sem acesso à moradia devido aos altos preços das rendas “para inglês ver”. Ou seja, “tudo como antes no quartel de Abrantes”. Parabéns Algarve, o Covid 19 não lhe afetou.

  3. Ora bem, com o que poupam em comida e afins q andaram a pedinchar ao banco alimentar (e afins) já dá para pagar as férias… Coitadinhos estamos tão mal… depois admiram-se q não tenham dinheiro para se aguentarem meia dúzia de semanas…

  4. Possivelmente são daqueles que quando os países do norte da Europa torcem o nariz aos do sul, estão na primeira linha da crítica, eles, (uns e outros), lá saberão porquê!

Responder a sn Cancelar resposta

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …