Rendas acessíveis vão pagar menos IMI e ter isenção de IRS

Simon Collison / Flickr

Os senhorios que coloquem os seus imóveis a arrendar por preços mais baixos, as chamadas rendas acessíveis, vão ficar isentos do pagamento de IRS sobre os rendimentos prediais obtidos e vão também pagar menos IMI.

Estas medidas constam do Programa de Arrendamento Acessível, que integra a Nova Geração de Políticas de Habitação que o Governo está a ultimar, e são divulgadas, nesta terça-feira, pelo Jornal de Negócios e pelo Público.

O documento, que deverá ser aprovado brevemente em Conselho de Ministros, prevê isenções fiscais para os proprietários que coloquem os seus imóveis a arrendar por valores mais baixos.

Uma renda acessível é a que for 20% inferior ao valor de referência de mercado, segundo a avaliação do Governo divulgada pelos dois jornais referidos.

As insenções fiscais previstas incluem a dispensa de pagamento de IRS e o pagamento de apenas 50% do valor do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) devido. Esta redução do IMI pode chegar aos 100% se as Assembleias Municipais assim o determinarem.

O Negócios fez as contas e concluiu que, mesmo cobrando menos pelas rendas, os senhorios sairão a ganhar com estas medidas.

A Nova Geração de Políticas de Habitação do Governo visa apoiar as necessidades habitacionais das famílias com “rendimentos intermédios” que não são abrangidas pelas políticas de Habitação Social, conforme repara o jornal económico.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez o mais rico na mó de cima…declara uma renda baixa para beneficios fiscais e recebe o resto do valor da renda em dinheiro “vivo”por baixo da mesa( saco azul)….

  2. Isto e tudo muito bonito e no final “a montanha pariu um rato”, pois em Portugal as leis são alteradas conforme interessa aos governos:
    1º qual é o valor de mercado de uma renda?
    Por exemplo num prédio com 40 anos dois apartamentos iguais têm o mesmo valor de IMI mas um já foi modernizado o outro não, as rendas não podem ter um valor “de mercado” igual.
    2º e mais grave é que para todos ganharem (senhorios e inquilinos) com a redução da renda (inquilino) e beneficio fiscal (senhorio), qual é a garantia que os nossos governos dão para amanha esta lei não seja alterada? como já muitas foram ao longo do tempo. São uma coisa hoje e amanhã devido a “conjuntura” têm de ser outra … mas a renda não vai poder subir de certeza pois uma coisa são rendas e outra benefícios fiscais.
    La fica o senhorio a fazer o papel do estado, renda abaixo do valor real e impostos na mesma como os outros.

Responder a Lulu Cancelar resposta

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …