Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por “um Governo de combate”)

Tiago Petinga / Lusa

Pedro Nuno Santos, Antonio Costa, Augusto Santos Silva: o núcleo duro do Governo no Parlamento

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a altura para promover uma remodelação no Executivo.

Essas possíveis mudanças serviriam para assinalar um novo ciclo no Executivo, com a chegada dos fundos europeus para o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

A necessidade de concretizar as medidas e de aplicar com eficácia a bazuca europeia é apenas uma das motivações que leva alguns dirigentes socialistas a defenderem a remodelação “o mais rápido possível”, como apurou o Expresso.

O semanário lembra que Julho é um mês decisivo que será marcado, além da bazuca europeia, pelo Congresso do PS que deverá reeleger Costa como secretário-geral, e pelo fim da presidência da União Europeia (UE).

Assim, para marcar o arrancar de um novo ciclo, vozes socialistas defendem uma remodelação “a fundo” do Governo.

“É preciso um Governo de combate para executar fundos e preparar o partido para a segunda metade do mandato e para ir a legislativas, com ou sem António Costa”, aponta um dirigente de topo ao Expresso.

A ideia será apostar num “Governo com caras vocacionadas para lançar obra“, sustenta o mesmo jornal.

Assim, surge a possibilidade de Costa mexer nas pastas de Pedro Nuno Santos e de Nelson de Souza, respetivamente as Infraestruturas e o Planeamento, áreas que vão receber uma boa fatia dos fundos.

Mas também pode nascer uma pasta “mais executiva” para concretizar obras públicas que seria liderada por Duarte Cordeiro, actual secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares (AP), prevê o Expresso.

Outro processo importante prende-se com as negociações com a esquerda para o próximo Orçamento de Estado.

Nesse âmbito, Costa vai precisar de uma figura capaz de liderar um braço-de-ferro que se adivinha difícil com Bloco de Esquerda e PCP. “Tem de ser alguém que dê garantias que consegue o Orçamento”, aponta uma fonte ao Expresso.

Na calha para sair, estão Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna que tem estado envolvido em várias polémicas, com a oposição a pedir sucessivamente a sua demissão, e Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros que já deu a entender que quer deixar o Governo após o fim da presidência portuguesa da UE.

A saída de Matos Fernandes, ministro do Ambiente, é outra das possibilidades. Mas também Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, e Marta Temido, ministra da Saúde, podem ter os dias contados no Executivo. No caso de Temido por uma questão de exaustão após um longo combate à pandemia.

Por outro lado, Costa pode optar por trocar governantes entre pastas. Neste caso, Mariana Vieira da Silva, Pedro Siza Vieira e Duarte Cordeiro são os principais trunfos, fruto da sua “flexibilidade”, como destaca o Expresso.

Certo é que há dirigentes socialistas que acreditam que Costa deve traçar uma remodelação como uma “marca simbólica da mudança de ciclo” já neste Verão.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …

Dispositivo movido a energia solar vai transformar água salgada em potável no Quénia

Transformar água do mar em água potável é um processo muito caro e poluente, mas o Climate Fund Manager e a Solar Water Solutions querem mudar isso. A nova solução revolucionária tem uma pegada de …

EUA impõem sanções contra a Polícia cubana pela “repressão” dos protestos

Os Estados Unidos impuseram novas sanções à Polícia Nacional Revolucionária cubana e a dois altos funcionários da instituição, com o Presidente Joe Biden a admitir mais medidas caso não exista uma mudança “drástica” em Cuba. Questionado …