Reino Unido pode demorar mais de seis meses a regressar à normalidade

Andy Rain / EPA

Boris Johnson

A responsável do Governo de Boris Johnson para questões de saúde pública, Jenny Harries deixou o aviso: a normalidade poderá só chegar daqui a seis meses.

Depois de alertar que as medidas tomadas pelo Governo terão de ser avaliadas de três em três semanas, Jenny Harries, responsável do Governo de Boris Johnson para questões de saúde pública, não hesitou em declarar que a normalidade poderá só chegar ao Reino Unido daqui a seis meses.

Esta previsão foi avançada durante o encontro virtual com os meios de comunicação, realizado diariamente a partir de Downing Street, que contou também com o ministro britânico da Habitação, Robert Jenrick. A especialista médica estimou ainda que pode demorar entre “dois a três meses” para que os efeitos a longo prazo se comecem a sentir, avança o Jornal Económico.

Ainda assim, avisou que “os números vão piorar na próxima semana, possivelmente duas” e só depois se verá se se conseguirá “baixar a curva e começar a ver um declínio no número de casos”.

“Isso não significa que ficaremos em confinamento total por seis meses. Como país, temos que ser muito responsáveis e continuar a fazer o que nos dizem, até termos a certeza de que podemos começar gradualmente a realizar levantar algumas medidas”, declarou a responsável.

Na passada segunda-feira, o Governo britânico decretou o confinamento obrigatório para todos os cidadãos, que só podem sair para fazer compras de bens essenciais, exercício físico uma vez por dia, dar assistência a uma pessoa vulnerável ou para trabalhar.

Este domingo, o Reino Unido contabilizou mais 209 vítimas mortais, registando-se um total de 1.228 mortes e 19.522 casos confirmados de infeção por Covid-19. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos alemães visitaram hospitais portugueses. Governos discutem transferência de doentes não-covid

Os governos português e alemão estão a avaliar a possibilidade de transferência para a Alemanha de alguns doentes não-covid que precisem de cuidados intensivos, a fim de libertar camas, disse à agência Lusa fonte da …

A 3.ª vaga está "a correr muito mal". Costa diz que escolas não reabrem já (e que "ninguém proibiu" ensino online)

O primeiro-ministro António Costa esteve esta quarta-feira no programa “Circulatura do Quadrado”, da TVI24, onde falou sobre a evolução da pandemia em Portugal. No programa “Circulatura do Quadrado”, na TVI24, moderado pelo jornalista Carlos Andrade, o …

Corpos de focas funcionam como altifalantes debaixo de água

Durante a época de acasalamento, os corpos das focas funcionam como altifalantes, emitindo ruídos enquanto nadam debaixo de água, revela um novo estudo. Uma equipa de investigação da Universidade de Twente, nos Países Baixos, descobriu que …

Identificada a evidência mais antiga já encontrada de água no Sistema Solar

Uma equipa multidisciplinar de especialistas identificou num meteorito que caiu no norte da Alemanha em 2019 evidências da primeira presença de água líquida num objeto planetário do Sistema Solar. Os especialistas do Instituto de Ciências …

Astrónomos sugerem que existem buracos negros "estupendamente grandes"

Já existem buracos negros supermassivos e ultramassivos. Mas, de acordo com um novo estudo, pode haver até uma nova categoria: buracos negros estupendamente grandes. De acordo com o site Science Alert, estes hipotéticos buracos negros – maiores …

Cientistas estão a atirar rochas vulcânicas para telhados (para provar que são perigosas)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Canterbury está a lançar rochas vulcânicas para telhados na Nova Zelândia na esperança de ajudar os habitantes de Auckland a entender os perigos vulcânicos. "Auckland localiza-se num campo vulcânico …

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …