Reino Unido pode iniciar vacinação a 7 de dezembro. Boris promete levantar restrições em fevereiro

Neil Hall / EPA

O Reino Unido deverá aprovar o uso da vacina da Pfizer nos próximos dias e começar a vacinação na próxima segunda-feira, 7 de dezembro. Boris Johnson, primeiro-ministro do país, promete levantar restrições em fevereiro.

De acordo com o Financial Times, está tudo pronto para a aprovação de emergência da vacina da Pfizer por parte das autoridades de saúde britânicas. Segundo o jornal, o Reino Unido será o primeiro país do Ocidente a dar “luz verde” a uma vacina contra a covid-19.

Depois da aprovação da vacina da Pfizer, a entrega das primeiras doses da vacina começará dentro de poucas horas. O início da vacinação poderá começar a 7 de dezembro.

O consórcio Pfizer e BioNTech anunciaram recentemente que a sua vacina é 95% eficaz na prevenção da covid-19. Também a empresa de biotecnologia anunciou este mês que dados provisórios indicam que a sua vacina tem uma eficácia de 94,5% na redução do risco de contrair a doença.

A Pfizer já pediu a aprovação de emergência nos Estados Unidos, que poderá ser concedida em simultâneo pelo regulador norte-americano e pelo regulador europeu.

A United Airlines já começou a operar voos fretados para transportar doses para uma distribuição mais veloz.

Boris promete fim das restrições em fevereiro

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu levantar em fevereiro as novas restrições contra a pandemia que deverão entrar em vigor na quarta-feira, segundo uma carta enviada aos contestatários divulgada este domingo.

De acordo com a agência EFE, que cita media britânicos, Boris Johnson escreveu aos deputados do seu partido que contestam o novo sistema de restrições para tentar evitar o chumbo da proposta.

Cerca de 80 deputados conservadores rejeitam o polémico plano do Governo para impor medidas restritivas às diferentes áreas do país segundo três níveis de risco (médio, alto e muito alto), tendo como base a incidência da covid-19.

A proposta vai ser discutida e votada no parlamento britânico na terça-feira.

Segundo a carta divulgada, Boris Johnson admite até que estas medidas de combate à pandemia poderão ser suavizadas ainda durante o mês de dezembro, e que em janeiro se votará novamente a esse respeito.

Estas medidas poderão entrar em vigor depois de o Reino Unido ter sido sujeito a um confinamento quase total de quatro semanas.

Nas regiões com um nível máximo, como é o caso da cidade de Manchester, continuarão proibidos os encontros sociais (interiores e exteriores) e permanecerão encerrados todos os bares que não funcionem em regime de take-away.

No nível intermédio, que inclui cidades como Londres e Liverpool, estão proibidos encontros entre pessoas de diferentes agregados familiares, manter-se-á a limitação de seis pessoas para reuniões no exterior e fixa-se o horário de encerramento de bares e restaurantes às 23h, salvo para take-away.

Por outro lado, será permitido aos estabelecimentos servir bebidas alcoólicas quando venham acompanhadas por uma refeição “substancial” e os espetadores poderão voltar de forma limitada aos recintos desportivos e às salas de espetáculo.

Também serviços não essenciais, como salões de cabeleireiro, poderão reabrir.

A pandemia da covid-19 provocou já 57.551 mortos no Reino Unido, em mais de 1,6 milhões de casos de infeção com o novo coronavírus, detetado há cerca de um ano, na China.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …