Sem “grandes festas, beijos e abraços”, Europa aligeira medidas para um Natal diferente

Maxim Shipenkov / EPA

A um mês do Natal, os portugueses ainda não sabem como será celebrado. No entanto, pela Europa, alguns países já começaram a delinear as medidas que vão marcar as festividades – que não serão nada iguais a 2019.

De acordo com a emissora britânica BBC, o Reino Unido é dos países que já tem as medidas para o Natal mais bem delineadas.

Os britânicos vão poder celebrar o Natal misturando até três agregados familiares. As restrições às deslocações vão ser levantadas para que as pessoas possam deslocar-se até às suas famílias. Durante este período, o objetivo é que os cidadãos não se desloquem a restaurantes nem a bares.

Na Alemanha, segundo a agência Deutsche Welle, as regras ainda estão a ser estudadas, mas deverá ser permitido que dois agregados familiares se juntem na mesma casa no Natal – num máximo de 10 pessoas, sem contar com as crianças com menos de 14 anos.

Após o Natal e Ano Novo, as pessoas serão encorajadas a isolarem-se voluntariamente.

Até lá, o país vai alargar o confinamento parcial até meados de dezembro para travar a taxa de infecção pela covid-19 antes do Natal.

Já segundo o jornal espanhol El Mundo, a vizinha Espanha terá regras mais apertadas. O Natal deverá ser limitado aos membros do mesmo grupo de convivência e, se houver  um membro externo, o limite será de seis pessoas.

Assim, uma família de 10 pessoas poderá celebrar o Natal junta, uma vez que já vivem todos juntos.

O Governo de Pedro Sánchez pretende aligeirar o recolher obrigatório. Na noite de Natal, de 24 para 25 de dezembro, assim como no Ano Novo, o recolher obrigatório será à 1h da manhã – atualmente, é às 23h.

De acordo com o El País, porém, o governo de Madrid quer aligeirar as restrições e vai propôr ao executivo que as reuniões possam ser alargadas a 10 pessoas e a hora de recolher obrigatório seja alterada para a 1h30.

Na Bélgica, as famílias preparam-se para assinalar a data limitadas aos seus núcleos mais restritos – os elementos que partilham a mesma casa sem direito a fazer ou a receber visitas. Uma sondagem feita pela Universidade de Amberes revela que 86% dos belgas estão resignados a ficar em casa no dia 6 de dezembro, dia de São Nicolau, a data em que as crianças recebem os presentes na Bélgica.

Em Itália, o primeiro-ministro Giuseppe Conte já prepara os italianos para um Natal “mais sóbrio”. “Não serão possíveis grandes festas, beijos e abraços”, avisou, sabendo-se que as medidas de restrição em vigor se vão manter, pelo menos, até ao final da quadra.

No final de outubro, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen já tinha avisado os europeus: “Há semanas, disse que este Natal seria diferente. E sim, será mais sossegado”, apontou. “Sei que os comerciantes, empregados de bar e funcionários dos restaurantes querem o fim das restrições. Mas temos de aprender com o verão e não repetir os mesmos erros. Relaxar muito as medidas e demasiado depressa é um risco para uma terceira vaga depois do Natal.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …