/

Hospitais britânicos preparam-se para receber vacina Pfizer a 7 de dezembro

ZAP // Rawpixel

Os hospitais britânicos foram instruídos a estarem preparados para receber a vacina contra a covid-19 em menos de 10 dias.

As equipas dos hospitais públicos do Reino Unido devem ter as equipas preparadas para começar a receber as primeiras doses de vacinas contra o vírus da covid-19, avança o britânico The Guardian esta sexta-feira.

Na segunda-feira, dia 7 de dezembro, a vacina da Pfizer deverá chegar às mãos dos profissionais do serviço nacional de saúde (National Health Service, NHS), e serão estes os primeiros a ser vacinados.

“Disseram-nos para estarmos à espera da vacina a 7 de dezembro e para planearmos vacinar a nossa equipa durante essa semana”, disse uma fonte hospitalar ao jornal . “É a vacina da Pfizer que vamos receber, portanto, não pode ser transportada novamente depois de nos ser entregue e teremos de usá-la no espaço de cinco dias, que é seu prazo de validade.”

O The Guardian contactou vários hospitais de todo o país e todos esperam receber as suas doses entre o dia 7, 8 ou 9 de dezembro. Isto significa que a aprovação oficial da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde para o uso de emergência da vacina deverá acontecer durante a próxima semana.

Os profissionais de saúde serão os primeiros a serem vacinados, depois de numa primeira fase o Governo ter ponderado dar a vacina primeiro aos cidadãos com mais de 80 anos e aos residentes em lares. A escolha prendia-se com o facto de serem aqueles que correm maior risco de morrer.

O fármaco da Pfizer só pode ser transportado um número limitado de vezes. Se for movida mais do que quatro vezes, a vacina pode tornar-se instável e ineficaz. Por esse motivo, os profissionais de saúde serão os primeiros a receber a vacina e os idosos passam agora a ser a segunda prioridade.

O The Guardian nota ainda que, no momento em que chegar aos hospitais públicos, o medicamento já terá sido movido duas vezes: da linha de produção na Bélgica para os armazéns britânicos e dali para as unidades de saúde.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE