Reino Unido vai escolher 10 países para formar “corredor turístico” (e Portugal pode ficar de fora)

O Governo britânico vai dispensar o cumprimento de quarentena a pessoas que viajem entre o Reino Unido e alguns países com um risco baixo de infeção com covid-19, mas a inclusão de Portugal está incerta, noticia esta terça-feira o jornal britânico The Times.

De acordo com o diário, o Governo de Boris Johnson está perto de fechar uma lista de 10 países considerados seguros para os turistas britânicos viajarem sem que seja necessário ficarem em isolamento durante duas semanas no regresso, como acontece atualmente.

A lista inclui países como França, Espanha, Grécia, Itália e Turquia devido aos baixos níveis de infeção com coronavírus, mas Portugal, adianta o Times, é objeto de um “debate intenso” devido ao recente surto no Algarve.

Uma fonte do governo disse ao jornal que “qualquer decisão em aceitar corredores de viagens com outros países será baseada em critérios rigorosos de saúde pública”.

Uma festa em Odiáxere, no concelho de Lagos, resultou em pelo menos 111 pessoas infetadas, das quais 19 são crianças com menos de 9 anos, indicou a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, que terá realizado cerca de 2.500 testes covid-19 para conter o surto.

O Governo português tem sido ativo na pressão junto das autoridades britânicas para abrir um “corredor aéreo” para Portugal, destino de mais de 2,5 milhões de britânicos todos os anos, que representaram quase 20% das dormidas de estrangeiros em 2019.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse à BBC no início de junho estar em negociações com Londres e manifestou esperança de alcançar um acordo até ao final do mês e, no sábado, o embaixador de Portugal no Reino Unido, Manuel Lobo Antunes, voltou a manifestar interesse num entendimento. “Nós pensamos que a situação está sob controlo e ficaríamos felizes em receber, como antes, o maior número possível de britânicos”, afirmou também à BBC.

Desde 8 de junho que todas as pessoas que chegam do estrangeiro ao Reino Unido, incluindo britânicos, são obrigadas a permanecer em isolamento durante 14 dias para reduzir a probabilidade de contágio da covid-19.

As transgressões serão puníveis com multas de mil libras (1.100 euros), estando isentas pessoas vindas da Irlanda, motoristas de transportes de mercadorias, médicos que estejam envolvidos no combate à pandemia de covid-19 e trabalhadores agrícolas sazonais.

A data formal para as condições desta medida serem revistas é na próxima semana, mas o ministro da Saúde, Matt Hancock, revelou na segunda-feira que o anúncio poderá acontecer antes.

“Temos uma data formal de reavaliação da política da quarentena no final do mês e vamos garantir a publicação com antecedência do que planeamos fazer em termos de para onde pensamos, com base nos pareceres epidemiológicos, sermos capazes de formalizar corredores de viagem“, afirmou.

De acordo com os dados de segunda-feira, o Reino Unido registou 42.647 mortos desde o início da pandemia covid-19, o mais alto na Europa e o terceiro maior número a nível mundial, atrás dos Estados Unidos e Brasil. Portugal contabiliza pelo menos 1.534 mortos associados à covid-19 em 39.392 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 469 mil mortos e infetou mais de 9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …

Açores vão dar incentivo financeiro a quem fizer teste da covid-19 antes de visitar região

O presidente do Governo dos Açores anunciou esta terça-feira que será criado um “incentivo financeiro” para compra de bens ou serviços na região a quem pretender deslocar-se ao arquipélago e fizer o teste de covid-19 …

Venezuela apela à denúncia de pessoas com sotaque estrangeiro no país

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o partido do Governo do Presidente, Nicolás Maduro, apelou na terça-feira aos venezuelanos que informem sobre a presença no país de pessoas com sotaque estrangeiro. O pedido foi feito …