Regras “idiotas”. Ryanair não vai voar se tiver que deixar lugar do meio vazio

Os aviões da Ryanair não vão voltar a voar se a companhia aérea low cost for obrigada a deixar o lugar do meio vazio para cumprir regras de distanciamento social “idiotas”, segundo Michael O’Leary, CEO da empresa.

Em entrevista ao Financial Times, Michael O’Leary, CEO da empresa, foi mais longe e disse que, se o Governo da Irlanda impuser esta restrição, “ou o Governo paga pelo lugar do meio ou não voamos”.

A transportadora aérea irlandesa costuma voar com a maior frequência possível, com os aviões cheios, modelo que fica ameaçado se tiver de seguir regras de distanciamento social para evitar a propagação de covid-19 enquanto não está disponível uma vacina.

“Não podemos ganhar dinheiro com 66% de ocupação”, disse O’Leary.

O CEO argumenta ainda que, mesmo que a companhia siga a regra de deixar o lugar do meio vazio, este espaço “não oferece nenhum distanciamento social, por isso é uma ideia idiota que não alcança nada de qualquer forma”.

O CEO da transportadora aérea já tinha dito antes que bloquear o espaço nos assentos dos corredores é “um disparate” e que não teria efeitos benéficos.

O executivo tem nos planos para a companhia aérea retomar 80% dos voos até setembro. As previsões dependem de um recomeço dos voos na Europa a partir do início de julho, com os aviões 50% a 60% cheios, valor que iria aumentar gradualmente. Porém, isto apenas se não forem introduzidas regras “ineficazes”.

O’Leary disse que as companhias aéreas europeias deveriam seguir a sugestão da Ásia e impor diferentes medidas de segurança, como forçar os passageiros a usar máscaras ou verificar a temperatura nos aeroportos.

Esta visão não é partilhada por todas as companhias, sendo que a Emirates e a Delta Air Lines já anunciaram que iriam implementar esta medida.

De acordo com o Diário de Notícias, o organismo da indústria aérea mundial, a IATA, previu enormes consequências para as companhias aéreas como resultado da pandemia de covid-19, com as receitas perdidas este ano a atingirem mais de 300 mil milhões de euros.

A IATA disse, no início da semana, que qualquer regra criada para minimizar o contágio nos aviões acabaria temporariamente com o modelo de viagens aéreas baratas, forçando as transportadoras a aumentar os preços em 50% ou a falir.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Pois… então não voa…
    O problema de tudo isto é que vamos entrar numa nova fase em que incontornavelmente os preços das viagens de avião ficarão mais caras (de resto já o deveriam ser, se incorporassem os impactos ambientais nos seus custos). Mas daqui para a frente, com as novas regras, as viagens ficarão decididamente mais caras. Não é preciso ser nenhum vidente ou sequer economista para compreender que a nossa economia depende muito do turismo. Sinto que nesse setor teremos um problema sério nos próximos tempos (que poderão ser anos).

  2. e têm toda a razão em chamar a medida de IDIOTA.

    num abiente restrito de um avião onde o ar funciona em circuito fechado qual o sentido desta medida?

    é apenas e só mais circo tipo o da pseudo-segurança de restringir o tamanho dos recipientes de líquidos.

Limitação dos apoios a sócios-gerentes não é "justa", diz Confederação das empresas

A Confederação das Micro, Pequenas e Médias Empresas não entende a razão para limitar a ajuda a sócios-gerentes ao valor de 1.905 euros, proposta que não consideram justa. Em entrevista à Rádio Observador na quinta-feira, o …

Devolução de manuais. Diretores acusam políticos de "brincar às escolinhas"

Os diretores escolares criticaram hoje o 'timing' da proposta de suspensão de devolução de manuais escolares, acusando os políticos de andar a “brincar às escolinhas” sem perceberem o trabalho que implica reutilizar milhões de livros. O …

Passageiros dos EUA e PALOP têm de apresentar teste negativo de covid-19

O Governo prorrogou várias medidas restritivas do tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal, com novas orientações e exceções, num despacho publicado terça-feira em Diário da República. Segundo noticiou o Expresso, um comunicado do …

PGR angolana diz que Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal

Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal ou noutro país com acordos judiciários com Angola, no âmbito do processo-crime por alegada má gestão e desvio de fundos da Sonangol, disse à Lusa fonte da …

Autoridades descartam participação da milícia "Escritório do Crime" no caso Marielle Franco

O envolvimento da milícia conhecida como "Escritório do Crime" no homicídio da vereadora e ativista Marielle Franco chegou a ser investigado, mas foi descartado pela polícia brasileira. O delegado brasileiro Daniel Rosa, da cidade do Rio …

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …