Recusar desinfetar as mãos à entrada da escola pode dar “processo disciplinar”

Manuel de Almeida / Lusa

O ano letivo está prestes a começar, mas este ano de forma um pouco atípica. As escolas já estão prontas para receber alunos, mas vão exigir que cumpram todas as regras sem nenhuma falha, caso contrário há quem garanta que podem haver punições.

Depois de o ministério da educação ter investido mais de 20 milhões de euros em equipamento de proteção contra a covid-19, as escolas parecem agora estar “devidamente dotadas com equipamentos de proteção (máscaras, viseiras, álcool-gel, aventais, luvas) para proteção de alunos, pessoal docente e não docente”, garante Filinto Lima, presidente da Associação Nacional Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas.

De acordo com as regras de regresso às aulas, cada escola deve ser capaz de gerir as verbas que lhe foram atribuídas e tomar todas as medidas para que os alunos cumpram as regras de distanciamento. Na entrada dos estabelecimentos de ensino vão estar disponíveis dispensadores de álcool-gel, tal como nas salas de aula, bibliotecas e cantinas.

Em entrevista ao CM, Filinto Lima garante agora que os alunos que recusem fazer a desinfeção das mãos “podem ser alvo de um processo disciplinar”.

Ainda assim, a DGS não tornou obrigatória a medição da temperatura. “No contexto da escola, medir a temperatura não irá identificar muitos casos”, explica Ricardo Mexia, da Associação de Médicos de Saúde Pública, uma vez que “a febre é um sintoma fácil de detetar, pode debelar-se com um antipirético”.

A esta situação acresce ainda outro problema. É que para haver uma medição permanente da temperatura dos alunos, seria necessário colocar “mais funcionários nas escolas e gerar filas e ajuntamentos”, diz Filinto Lima, que também é diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Costa Matos, de Vila Nova de Gaia.

Mais importante do que isso é fazer uma utilização correta da máscara. “Faz todo o sentido; é um complemento. Mesmo que se consiga redistribuir os alunos de forma a manter as distâncias de segurança, o facto de usarem máscara pode ajudar a reduzir a transmissão da doença”, afirma Ricardo Mexia.

Filinto Lima partilha desta opinião. “A máscara é o material mais importante; se o aluno não levar o manual tem falta de material, mas sem máscara não entra na escola”.

Rui Martins, da Confederação Independente de Pais e Encarregados de Educação, explica que “se as escolas garantem que estão preparadas, nós acreditamos”.

Ainda assim mantém-se a preocupação com outros fatores como, nomeadamente com o distanciamento nas refeições das cantinas ou a falta de transportes.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vermes predadores gigantes viviam no fundo do mar há 5,3 milhões de anos

Uma equipa de investigadores encontrou um novo registo fóssil de vermes predadores gigantes em sedimentos do Mioceno, entre 23 e 5,3 milhões de anos atrás. Estas misteriosas criaturas, possíveis predecessoras da espécie Eunice aphroditois, tinham aproximadamente …

Este foi o sábado mais movimentado de 2021. Quatro milhões saíram à rua

O sol e a subida de temperaturas que se fizeram sentir este fim de semana convidaram milhões de pessoas por todo o país a sair de casa. O último sábado, dia 27 de fevereiro, foi …

"Só há um responsável, que sou eu", assume Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica assumiu, este domingo, a responsabilidade pela crise de resultados e garantiu que Jorge Jesus irá cumprir até ao fim o contrato que o liga ao clube até 2022. Numa entrevista exclusiva à …

Governo reservou 1.251 milhões para acesso à habitação. 25 câmaras captaram mais de metade do apoio

O Governo reservou no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) 1.251 milhões de euros em subvenções para executar o programa de apoio ao acesso à habitação. Até agora, acordos com 25 câmaras já captaram mais …

Cientistas encontraram 70 mil vírus nunca antes vistos no intestino humano

Cientistas identificaram mais de 70 mil vírus, até então desconhecidos, que vivem no nosso intestino e infetam as bactérias que lá vivem (como afetam o nosso corpo é ainda um mistério). No novo estudo, conta o …

Direita ultrapassa PS com subida da Iniciativa Liberal. Chega cai

Uma sondagem da Aximage para o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e TSF revela que o PS está a perder peso nas intenções de voto, tendo sido ultrapassado pela direita. Segundo a sondagem, divulgada pelo …

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas, "muito mais" do que as necessárias

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido anunciou que Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19. Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19, “muito mais” do …

Governo ainda está a tempo de "reverter" venda de barragens da EDP

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse este domingo que o Governo ainda está tempo de reverter o negócio das venda de seis transmontanas, que terá permitido à EDP poupar 110 milhões em imposto de …

Cientistas encontraram abelha australiana que não era vista há 98 anos

Uma espécie de abelha nativa das florestas tropicais do leste da Austrália foi encontrada pela primeira vez em 98 anos. De acordo com o site IFLScience, trata-se da espécie Pharohylaeus lactiferus, abelha nativa do leste da …

Marcelo destaca papel de profissionais de UCI. Costa agradece à Madeira e FPF

O Presidente da República destacou e agradeceu o papel dos profissionais de saúde que estão nos cuidados intensivos, pelo seu papel no combate à pandemia, que considerou uma "saga nacional". "Eu queria, em primeiro lugar, louvar …