Reacção da Coreia do Norte a um ataque poderia vaporizar Seul

BackBoris2012 / Flickr

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson

O ministro dos negócios estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson, advertiu o presidente norte-americano Donald Trump de que uma acção militar contra a Coreia do Norte poderia provocar uma reacção norte-coreana que “vaporizaria” grande parte da população da Coreia do Sul.

Depois de a Coreia do Norte ter testado com sucesso uma nova bomba de hidrogénio, a comunidade internacional reagiu este domingo de forma bastante crítica – com destaque para os EUA, cujo secretário da Defesa, Jim Mattis, admitiu que os norte-americanos “não querem aniquilar totalmente” a Coreia do Norte, mas “responderão de forma maciça”.

Esta segunda-feira, o Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, comentou as declarações de Jim Mattis deixando um sinal de preocupação com as consequências de uma acção militar contra a Coreia do Norte para o seu vizinho do sul.

“Seul será vaporizada”, avisa o ex-presidente da câmara de Londres, em entrevista ao jornal britânico The Telegraph. “Todas as opções estão em aberto, mas não vejo realmente nenhuma solução militar fácil“, acrescentou Boris Johnson, que considerou o teste de Pyongyang como uma acção “irresponsável e imprudente”.

Ainda assim, defende Johnson, “é essencial continuar todos dos esforços por uma solução diplomática para o problema da península coreana, que podem ainda ser muito produtivos”

Esta é uma posição semelhante à defendida pelo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que aprovou recentemente a instalação do sistema anti-mísseis norte-americano Thaad no em território sul-coreano, a que se opunha inicialmente.

“Todas as opções têm que estar em cima da mesa, mas se optarmos por uma intervenção militar serão os sul-coreanos a sofrer, não os americanos”, advertiu Moon.

Flickr

O centro de Seul ao entardecer. A capital sul coreana tem 605 km2 e uma população de 9.86 milhões de habitantes

Este domingo, a Coreia do Norte realizou o seu maior teste nuclear de sempre, tendo feito explodir com sucesso uma bomba de hidrogénio, engenho é muito mais poderoso do que uma bomba atómica, desenvolvida para ser instalada num míssil balístico intercontinental.

O anúncio do “sucesso absoluto” do teste de uma bomba de hidrogénio, conhecida como ‘bomba H’, foi feito pela pivô da televisão estatal norte-coreana KCTV, horas depois de Seul e Tóquio terem detetado uma invulgar atividade sísmica na Coreia do Norte.

O “terramoto artificial” foi 9,8 vezes mais poderoso do que o abalo sentido quando a nação liderada por Kim Jong-un realizou o quinto teste nuncelar.

O Governo chinês “condena vigorosamente” o ensaio nuclear realizado pela Coreia do Norte e desafia o regime de Pyongyang a “parar de agravar a situação” com “gestos que não servem os seus interesses”.

Os Estados Unidos, por seu turno, reagiram pela voz do Secretário da Defesa Jim Mattis, que sublinhou que “temos capacidade para nos defendermos e defender os nossos aliados, a Coreia do Sul e o Japão”, acrescentando que “qualquer ameaça aos EUA ou aos seus territórios ou os seus aliados, será alvo de uma resposta militar maciça“.

Mattis precisou que os EUA não pretendem, de forma alguma, “a aniquilação total” da Coreia do Norte, mas exortou o seu líder, Kim Jong-Un, a ouvir a mensagem do Conselho de Segurança da ONU segundo a qual “todos os membros se mostraram de acordo, por unanimidade, quanto à ameaça que a Coreia do Norte representa”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …