Reacção da Coreia do Norte a um ataque poderia vaporizar Seul

BackBoris2012 / Flickr

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson

O ministro dos negócios estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson, advertiu o presidente norte-americano Donald Trump de que uma acção militar contra a Coreia do Norte poderia provocar uma reacção norte-coreana que “vaporizaria” grande parte da população da Coreia do Sul.

Depois de a Coreia do Norte ter testado com sucesso uma nova bomba de hidrogénio, a comunidade internacional reagiu este domingo de forma bastante crítica – com destaque para os EUA, cujo secretário da Defesa, Jim Mattis, admitiu que os norte-americanos “não querem aniquilar totalmente” a Coreia do Norte, mas “responderão de forma maciça”.

Esta segunda-feira, o Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, comentou as declarações de Jim Mattis deixando um sinal de preocupação com as consequências de uma acção militar contra a Coreia do Norte para o seu vizinho do sul.

“Seul será vaporizada”, avisa o ex-presidente da câmara de Londres, em entrevista ao jornal britânico The Telegraph. “Todas as opções estão em aberto, mas não vejo realmente nenhuma solução militar fácil“, acrescentou Boris Johnson, que considerou o teste de Pyongyang como uma acção “irresponsável e imprudente”.

Ainda assim, defende Johnson, “é essencial continuar todos dos esforços por uma solução diplomática para o problema da península coreana, que podem ainda ser muito produtivos”

Esta é uma posição semelhante à defendida pelo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que aprovou recentemente a instalação do sistema anti-mísseis norte-americano Thaad no em território sul-coreano, a que se opunha inicialmente.

“Todas as opções têm que estar em cima da mesa, mas se optarmos por uma intervenção militar serão os sul-coreanos a sofrer, não os americanos”, advertiu Moon.

Flickr

O centro de Seul ao entardecer. A capital sul coreana tem 605 km2 e uma população de 9.86 milhões de habitantes

Este domingo, a Coreia do Norte realizou o seu maior teste nuclear de sempre, tendo feito explodir com sucesso uma bomba de hidrogénio, engenho é muito mais poderoso do que uma bomba atómica, desenvolvida para ser instalada num míssil balístico intercontinental.

O anúncio do “sucesso absoluto” do teste de uma bomba de hidrogénio, conhecida como ‘bomba H’, foi feito pela pivô da televisão estatal norte-coreana KCTV, horas depois de Seul e Tóquio terem detetado uma invulgar atividade sísmica na Coreia do Norte.

O “terramoto artificial” foi 9,8 vezes mais poderoso do que o abalo sentido quando a nação liderada por Kim Jong-un realizou o quinto teste nuncelar.

O Governo chinês “condena vigorosamente” o ensaio nuclear realizado pela Coreia do Norte e desafia o regime de Pyongyang a “parar de agravar a situação” com “gestos que não servem os seus interesses”.

Os Estados Unidos, por seu turno, reagiram pela voz do Secretário da Defesa Jim Mattis, que sublinhou que “temos capacidade para nos defendermos e defender os nossos aliados, a Coreia do Sul e o Japão”, acrescentando que “qualquer ameaça aos EUA ou aos seus territórios ou os seus aliados, será alvo de uma resposta militar maciça“.

Mattis precisou que os EUA não pretendem, de forma alguma, “a aniquilação total” da Coreia do Norte, mas exortou o seu líder, Kim Jong-Un, a ouvir a mensagem do Conselho de Segurança da ONU segundo a qual “todos os membros se mostraram de acordo, por unanimidade, quanto à ameaça que a Coreia do Norte representa”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Após atropelamento que fez 5 mortos na Alemanha, polícia exclui hipótese de terrorismo

O condutor que ontem provocou cinco mortes ao atropelar várias pessoas numa zona pedonal, em Trier, mostra sinais de "distúrbios psiquiátricos", afirmou o procurador dessa cidade do oeste da Alemanha, com a polícia a descartar …

Sonangol admite sair do Millennium BCP se surgir uma "boa oportunidade"

A petrolífera angolana Sonangol, segundo maior acionista do Millennium BCP com cerca de 20%, admitiu aproveitar alguma “boa oportunidade” que surja para vender a sua participação. A informação foi transmitida pela Sonangol de Sebastião Gaspar Martins, …

Portugal com mais 68 mortos e 3.384 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais 68 mortos relacionados com a covid-19 e 3.384 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já registou 4.645 …

Tribunal de Contas usa inteligência artificial para controlar entidades

O Tribunal de Contas (TdC) começou a utilizar um sistema baseado em inteligência artificial para controlar as contas de cerca de 6.500 entidades que estão sob a sua alçada. Segundo noticiou esta quarta-feira o Correio da …

Açores decreta cerca sanitária em Rabo de Peixe

O governo regional decretou que vai implementar uma cerca sanitária em Rabo de Peixe, devido ao crescimento dos casos de covid-19. A freguesia de Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel, nos Açores, vai ficar …

Uma brecha na coligação israelita. Gantz ameaça apoiar moção de censura e derrubar Governo

Benjamim Netanyahu, primeiro-ministro israelita, pediu ao parceiro de coligação para votar contra a moção de censura ao Governo, apresentada esta quarta-feira no Parlamento. Mas Benny Gantz, ministro da Defesa, disse que o seu partido votará a …

Portugal e mais 13 países comprometem-se na construção de uma economia oceânica sustentável

O painel de alto nível para uma economia sustentável do oceano, que integra 14 chefes de Estado e do Governo, incluindo o primeiro-ministro português, comprometeu-se a “restaurar a saúde” do oceano e construir uma economia …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Joshua Wong e outros dois ativistas condenados a penas de prisão

Joshua Wong e outros dois ativistas do movimento pró-democracia em Hong Kong foram condenados, esta quarta-feira, a penas de prisão por participarem numa manifestação ilegal contra o Governo da região administrativa em junho de 2019. Os …

Departamento de Justiça nos EUA investiga alegado esquema de "dinheiro por indultos" na Casa Branca

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos está a investigar possíveis subornos em troca de indultos presidenciais na Casa Branca. De acordo com documentos judiciais a que a agência Reuters teve acesso, o Departamento da Justiça …