EUA não querem “aniquilar totalmente” a Coreia mas prometem resposta militar maciça

secdef / Flickr

O secretário da Defesa norte-americano, Jim Mattis

Os Estados Unidos prometeram hoje uma “resposta militar maciça” em caso de ameaças da Coreia do Norte contra o seu território ou dos seus aliados, insistindo na unidade da comunidade internacional para exigir a desnuclearização da península coreana.

“Temos muitas opções militares, e o presidente Donald Trump quis ser informado sobre cada uma delas”, disse o secretário da Defesa norte-americano, Jim Mattis, com o chefe do Estado-maior das Forças Armadas dos Estados Unidos, general Joe Dunford, ao seu lado, numa breve declaração feita no final de uma reunião com Trump na Casa Branca.

“Indicámos claramente que temos capacidade para nos defendermos e para defender os nossos aliados, a Coreia do Sul e o Japão”, acrescentou, sublinhando que “qualquer ameaça visando os Estados Unidos ou os seus territórios, incluindo Guam, ou os seus aliados, será alvo de uma resposta militar maciça“.

Mattis precisou que os EUA não pretendem, de forma alguma, “a aniquilação total” da Coreia do Norte, mas exortou o seu líder, Kim Jong-Un, a ouvir a mensagem do Conselho de Segurança da ONU segundo a qual “todos os membros se mostraram de acordo, por unanimidade, quanto à ameaça que a Coreia do Norte representa”.

O responsável da Defesa norte-americana reagiu assim ao anúncio feito horas antes pelo regime de Pyongyang de que detonou hoje “com total êxito” uma bomba de hidrogénio que pode ser colocada na ogiva de um míssil intercontinental.

Tratou-se do sexto ensaio nuclear da Coreia do Norte desde 2006, recebido, como os que o precederam, com muitas condenações por parte da comunidade internacional.

O Conselho de Segurança da ONU realiza esta segunda-feira, às 10:00 locais, , uma reunião de emergência para debater o que fazer perante a continuação das ameaças norte-coreanas, solicitada pelos Estados Unidos e por França, Reino Unido, Japão e Coreia do Sul.

Em 05 de agosto, o órgão executivo da ONU aprovou por unanimidade uma resolução impondo novas sanções económicas à Coreia do Norte por causa dos seus testes nucleares e balísticos.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Bomba de Fuzão nucleares – vulgo bomba de hidrogénio – sobre Coreia Norte já enquanto é tempo. Limpar o sebo ao fedelho grande líder! O Japão na 2ª Guerra sofreu em Hirondina e Nagasaki e não quis mais guerra! … Agora é a vez da Coreia !
    Sem apelo nem mesericordia! Estão à espera do que ? Há guerra preventiva ! Ou não há ?
    A bomba de hidrogénio num míssil intercontinental ? É capaz de chegar ! Preparar uma segunda carta para o caso de falhar! Também de Fuzão Nuclear. Eliminar piolhos, percevejos e carrapatos é um ato de salutar Saude . Ou não é?

RESPONDER

Portugueses estão menos preocupados com a pandemia, mas apreensivos com a economia

O grau de preocupação com a pandemia diminuiu de 80,9% durante o estado de emergência para 76,2% no estado de calamidade, mas os portugueses estão mais alerta quanto ao impacto na economia, conclui um inquérito …

Nova morte, saqueamentos e protestos. Minneapolis vive caos após homicídio de George Floyd

Um homem foi encontrado morto a tiro, na madrugada de hoje, suspeito de ter sido vítima dos protestos, em Minneapolis, contra a morte de um homem negro sob custódia policial. Durante a noite de quarta-feira, milhares …

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …

Assessor de Boris cometeu infração ao confinamento, conclui polícia

A polícia britânica concluiu que Dominic Cummings, assessor do primeiro-ministro, Boris Johnson, cometeu uma violação "menor" das regras de confinamento introduzidas para combater o novo coronavírus, mas não pretende abrir um processo. Cummings admitiu ter conduzido …