EUA não querem “aniquilar totalmente” a Coreia mas prometem resposta militar maciça

secdef / Flickr

O secretário da Defesa norte-americano, Jim Mattis

Os Estados Unidos prometeram hoje uma “resposta militar maciça” em caso de ameaças da Coreia do Norte contra o seu território ou dos seus aliados, insistindo na unidade da comunidade internacional para exigir a desnuclearização da península coreana.

“Temos muitas opções militares, e o presidente Donald Trump quis ser informado sobre cada uma delas”, disse o secretário da Defesa norte-americano, Jim Mattis, com o chefe do Estado-maior das Forças Armadas dos Estados Unidos, general Joe Dunford, ao seu lado, numa breve declaração feita no final de uma reunião com Trump na Casa Branca.

“Indicámos claramente que temos capacidade para nos defendermos e para defender os nossos aliados, a Coreia do Sul e o Japão”, acrescentou, sublinhando que “qualquer ameaça visando os Estados Unidos ou os seus territórios, incluindo Guam, ou os seus aliados, será alvo de uma resposta militar maciça“.

Mattis precisou que os EUA não pretendem, de forma alguma, “a aniquilação total” da Coreia do Norte, mas exortou o seu líder, Kim Jong-Un, a ouvir a mensagem do Conselho de Segurança da ONU segundo a qual “todos os membros se mostraram de acordo, por unanimidade, quanto à ameaça que a Coreia do Norte representa”.

O responsável da Defesa norte-americana reagiu assim ao anúncio feito horas antes pelo regime de Pyongyang de que detonou hoje “com total êxito” uma bomba de hidrogénio que pode ser colocada na ogiva de um míssil intercontinental.

Tratou-se do sexto ensaio nuclear da Coreia do Norte desde 2006, recebido, como os que o precederam, com muitas condenações por parte da comunidade internacional.

O Conselho de Segurança da ONU realiza esta segunda-feira, às 10:00 locais, , uma reunião de emergência para debater o que fazer perante a continuação das ameaças norte-coreanas, solicitada pelos Estados Unidos e por França, Reino Unido, Japão e Coreia do Sul.

Em 05 de agosto, o órgão executivo da ONU aprovou por unanimidade uma resolução impondo novas sanções económicas à Coreia do Norte por causa dos seus testes nucleares e balísticos.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Bomba de Fuzão nucleares – vulgo bomba de hidrogénio – sobre Coreia Norte já enquanto é tempo. Limpar o sebo ao fedelho grande líder! O Japão na 2ª Guerra sofreu em Hirondina e Nagasaki e não quis mais guerra! … Agora é a vez da Coreia !
    Sem apelo nem mesericordia! Estão à espera do que ? Há guerra preventiva ! Ou não há ?
    A bomba de hidrogénio num míssil intercontinental ? É capaz de chegar ! Preparar uma segunda carta para o caso de falhar! Também de Fuzão Nuclear. Eliminar piolhos, percevejos e carrapatos é um ato de salutar Saude . Ou não é?

RESPONDER

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …

T-shirt reduz efeitos da menopausa

T-shirt portuguesa reduz sintomas da menopausa e ajuda quem tem cancro (e já está à venda)

A investigadora da Universidade do Minho (UM) Filipa Fernandes criou uma t-shirt que atenua os efeitos da menopausa e melhora a qualidade de vida de pacientes com cancro, graças a um tecido com um revestimento …

Estrela Vermelha 2-1 Braga | Guerreiros com mira desalinhada

Inglório. O Sporting de Braga foi a Belgrado perder com o Crvena Zvezda, ou Estrela Vermelha, por 2-1, na primeira jornada do Grupo F da Liga Europa. Os minhotos tiveram mais bola, criaram diversos lances de …