Reabertura de escolas foi determinante no regresso em força do coronavírus em Israel

Abir Sultan / EPA

Protestos em Israel

Israel tinha controlado a pandemia da covid-19, registando, em média, 20 casos diários em meados de maio. Mas um desconfinamento rápido levou a um aumento de infeções, potenciado principalmente pela reabertura das escolas.

Segundo noticiou esta segunda-feira o Público, depois de um período com “aulas cápsula” – com menos alunos em cada sala, apenas do primeiro, segundo e terceiro anos do ensino básico, em grupos que não se cruzavam -, o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, anunciou medidas de desconfinamento, entre elas a reabertura total das escolas, decisão tomada contra o conselho dos peritos.

 

O número de casos diários ultrapassou os 2000 esta semana, na quarta e na quinta-feira. Aumentaram também os protestos contra a gestão da pandemia – com manifestantes a concentrarem-se em várias cidades e as autoridades a dispersá-los com canhões de água -, nos quais se pedia a demissão de Netanyahu.

Um artigo do Wall Street Journal, divulgado há duas semanas, apontava para um total de 1335 alunos e 691 professores e outros funcionários infetados. Dados de inquéritos epidemiológicos do Ministério da Saúde, citados pelo jornal, mostraram que após a reabertura das escolas houve um pico de infeções entre os jovens, que depois passou para a comunidade.

“Não havia uma única escola preparada”, disse ao Daily Beast Mohammad Khatib, professor de saúde pública no Zefat Academic College em Safed.

Os mais novos eram mais obedientes e era mais fácil controlá-los num ambiente de sala de aula, também tinham mais respeito pelos professores”, contou. Os do secundário tinham mais compreensão. Mas os do ensino médio “têm na sua natureza ser rebeldes, não obedecer ao professor, não usar máscaras ou manter a distância”, comentou.

Uma onda de calor levou as autoridades a decidir que não era preciso usar máscara nas salas de aula, com turmas que chegavam a 40 alunos por sala.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …

Fauci fala de "sentimento libertador" após saída de Trump da Casa Branca

O infeciologista Anthony Fauci, o principal rosto da Casa Branca no combate à pandemia de covid-19, admitiu um sentimento "libertador" após a saída da administração de Donald Trump e afirmou que poderá agora falar sobre …

Parlamento Europeu pede lei que reconheça como "fundamental" direito a desligar

O Parlamento Europeu (PE) pediu na quinta-feira à Comissão Europeia que proponha uma lei que reconheça o "direito a desligar" como sendo "fundamental", permitindo assim que "quem trabalhe por meios digitais desligue os aparelhos fora …

Portugal entra na lista da Alemanha de países de "alta incidência"

A Alemanha incluiu Portugal no grupo de mais de 20 países e territórios considerados de “alta incidência” da pandemia de covid-19. Neste grupo, além de Portugal, estão Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Espanha, Emirados Árabes Unidos, …

Hungria compra vacina russa apesar de não estar autorizada na UE

O Governo húngaro anunciou esta sexta-feira que chegou a acordo para comprar "grandes quantidades" da vacina russa contra a covid-19 Sputnik V, embora esta ainda não tenha sido autorizada pelas autoridades de saúde europeias. O ministro …