Quatro em cada cinco trabalhadores serão suspensos total ou parcialmente

Neil Hall / EPA

A Organização Mundial do Trabalho estima que 38 por cento da força de trabalho global (1,25 mil milhões de trabalhadores) esteja empregada nos setores de maior risco.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que quatro em cada cinco trabalhadores tenham sido afetados pela suspensão total ou parcial dos seus empregos, no contexto da epidemia de covid-19, que impôs o confinamento social.

O mais recente relatório da OIT sobre as repercussões da epidemia no emprego, divulgado hoje, prevê igualmente que 6,7 por cento das horas de trabalho desapareçam já no segundo trimestre de 2020, em todo o mundo. Essas horas equivalem a 195 milhões de trabalhadores a tempo inteiro (dos 3,3 mil milhões em todo o mundo).

Essa redução das horas de trabalho será mais elevada nos Estados Árabes (8,1 por cento, cinco milhões de trabalhadores), na Europa (7,8 por cento, 12 milhões de trabalhadores) e na Ásia e Pacífico (7,2 por cento, 125 milhões de trabalhadores).

A OIT identifica ainda os setores de atividade mais expostos ao risco: alojamento e restauração, manufatura, comércio e atividades comerciais e administrativas.

Esta atualização da OIT (que divulgou um primeiro relatório em 18 de março) estima que 38 por cento da força de trabalho global (1,25 mil milhões de trabalhadores) esteja empregada nos setores de maior risco, já com aumentos “drásticos e devastadores” nos despedimentos e na diminuição de salários e horas de trabalho.

A proporção de trabalhadores naqueles setores varia entre os 43,2 por cento nas Américas e os 26,4 por cento na Ásia e Pacífico, com a Europa a registar uma taxa de 42,1 por cento.

Outras regiões debruçam-se com a desproteção do trabalho informal, que envolve dois mil milhões de pessoas, na maioria em países em desenvolvimento e economias emergentes, e em particular em África.

Ainda que o aumento do desemprego mundial em 2020 dependa, consideravelmente, das “medidas políticas que venham a ser adotadas”, a OIT reconhece, desde já, o “risco elevado” de que a estimativa apontada para que este ano venha a ser “significativamente mais alta” do que a previsão inicial, que apontava para 25 milhões de desempregados.

A pandemia de covid-19 tem um efeito catastrófico no tempo do trabalho e nos rendimentos, à escala mundial”, resume a OIT, reconhecendo que o seu impacto supera os efeitos da crise financeira de 2008-2009.

A OIT fala na “pior crise mundial desde a II Guerra Mundial”. Todos os níveis de rendimento sofrerão “enormes perdas”, mas a OIT estima que o maior impacto recaia sobre os rendimentos médio-altos.

Os trabalhadores que continuam a laborar nos serviços públicos, especialmente os profissionais de saúde, estão expostos a “riscos sanitários e económicos significativos” atesta a OIT, reconhecendo ainda que, no setor da saúde, o impacto “afeta desproporcionadamente as mulheres”.

Face à atual situação, “é preciso adotar medidas políticas integradas e de grande escala, centradas em quatro pilares: apoiar as empresas, o emprego e os rendimentos; estimular a economia e o emprego; proteger os trabalhadores no local de trabalho; e utilizar o diálogo social entre governos, trabalhadores e empregadores para encontrar soluções”, recomenda a OIT.

“Os trabalhadores e as empresas enfrentam uma catástrofe, tanto nas economias desenvolvidas como nas economias em desenvolvimento”, disse o diretor-geral da OIT, Guy Ryder, citado no comunicado.

“Temos de agir com rapidez, decisão e coordenação. As medidas certas e urgentes podem fazer a diferença entre a sobrevivência e o colapso”, assinalou, considerando que “este é o maior teste à cooperação internacional em mais de 75 anos”.

Guy Ryder acredita que “as medidas certas” poderão limitar o impacto da crise “e as feridas que deixará”, e defende que os novos sistemas de trabalho que surjam devem ser “mais seguros, mais justos e mais sustentáveis”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Juventus: FC Porto deverá ter Dybala pela frente (durante 30 minutos)

Uma das figuras do campeão italiano pode reduzir a lista longa de lesionados no plantel. E o regresso deverá acontecer contra o campeão português. Paulo Dybala continua fora dos jogos da Juventus mas há uma data …

A Via Láctea pode estar cheia de "Terras" (com oceanos e continentes)

Uma equipa de investigadores da Universidade da Dinamarca acredita que a Via Láctea pode estar cheia de planetas semelhantes à Terra, com oceanos e continentes. Há muito tempo que os astrónomos vasculham o vasto Universo na …

Podem as leis da Física refutar a existência de Deus?

Se existe um Deus que criou todo o universo e todas as leis da Física, Deus segue as suas próprias leis? Ou pode Deus substituir as suas leis, como viajar mais rápido do que a …

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …