PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

Mário Cruz / Lusa

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da frente” no combate à pandemia.

“Não podemos aceitar que, no âmbito do combate ao Covid-19, o parlamento tenha (na quarta-feira) decidido premiar os profissionais de saúde, de forma perfeitamente justa, mas tenha esquecido os elementos policiais”, refere um comunicado do SPP:

O SPP salienta que são os polícias que “estão diariamente no terreno a fiscalizar estabelecimentos comerciais, a verificar se a população cumpre as regras impostas pelos diversos estrados decretados pelo Governo (calamidade, emergência, alerta) e a vigiar os transportes públicos.

O sindicato refere que, tal como acontece com os funcionários da área da saúde, também os polícias “foram impedidos de gozar férias previamente marcadas” e “continuam a ver os seus horários constantemente alterados e folgas suprimidas”.

“Esta nova realidade implica sacrifícios pessoais dos polícias e prejudicam as suas relações familiares e sociais”, diz o SPP, considerando que é da “mais elementar justiça que todas as forças políticas reconheçam o mérito das forças de segurança e tenham para com ela a mesma atitude que tiveram em relação aos profissionais de saúde”, sublinha o SPP.

O sindicato lembra ainda que “hoje, dia de aniversário da PSP”, seria de esperar que o Governo apresentasse alguma forma de compensar o esforço e dedicação dos profissionais de polícia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Construtiva" e "sem animosidades". Cimeira entre Biden e Putin termina mais cedo do que previsto

A cimeira entre Vladimir Putin e Joe Biden chegou ao fim mais cedo do que se previa. Os presidentes optaram por conferências de imprensa em separado, e o primeiro a falar foi o Presidente russo. Os …

Euro 2020: seleções da casa em desvantagem na primeira jornada

Nove seleções jogaram no seu país, até agora. Mas somente três ganharam o respetivo jogo. Portugal contribuiu para estragar as festas caseiras. Num Europeu estranho e inédito, que decorre em muitos países, muitas seleções jogam em …

Tribunal europeu condena Portugal a indemnizar recluso por falta de internamento psiquiátrico

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 14 mil euros a um recluso por ter cumprido pena de prisão sem internamento psiquiátrico a que tinha sido condenado. A …

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …