PSD e CDS não largam Centeno e avançam com nova comissão de inquérito

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O PSD e o CDS-PP vão avançar com a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito sobre o envolvimento do ministro das Finanças, Mário Centeno, na polémica da Caixa Geral de Depósitos (CGD), disseram à Lusa fontes dos dois partidos.

As mesmas fontes adiantaram que a futura comissão averiguará o período desde a negociação para a nomeação da anterior administração da CGD, presidida por António Domingues, até à demissão do gestor, na sequência da controvérsia com a entrega das declarações de rendimentos e património ao Tribunal Constitucional.

A iniciativa surge após a esquerda parlamentar ter inviabilizado esta semana a análise da troca de comunicações entre o ministro das Finanças e António Domingues na comissão parlamentar de inquérito à gestão da CGD que já está constituída.

O “chumbo” de PS, Bloco de Esquerda e PCP levou o social-democrata José Matos Correia a demitir-se da presidência da Comissão de Inquérito à Caixa, alegando que não podia pactuar “com atitudes que violam a lei, que são atropelo à democracia, e que põem em causa o normal funcionamento de uma comissão”.

Entretanto, nesta sexta-feira, o Tribunal Constitucional anunciou que os ex-administradores da CGD que ainda não o fizeram, têm mesmo que entregar as declarações de rendimentos e património.

ZAP // Lusa

45 COMENTÁRIOS

  1. Que comédia…
    Realmente… O que importa mesmo investigar não é a gestão anterior que levou à urgente necessidade de recapitalização da CGD, mas sim a negociação que levou à formação da administração do Domingues.
    Está aos olhos de todos que o PSD/CDS querem apenas atirar areia para os olhos do povo, desviar atenções da trapalhada que fizeram na CGD no anterior governo, criando um fait-diver em torno da historia das SMS’s e negociação com Domingues. Como se isso fosse de facto importante!
    Todo este filme serve apenas um incrivel interesse partidário e ideologico, desviando as atenções de todos dos excelentes resultados que recentemente foram publicados sobre a execução orçamental.
    Defice abaixo dos 2.1% em 2016, taxa de desemprego a diminuar de forma constante a cada trimestre, etc…
    Mas as pessoas não são parvas e entendem perfeitamente esta chicana politica organizada pelos partidos mais à direita.
    O superior interesse nacional é completamente colocado de parte e os interesses partidários sobrepõem-se!
    É triste ver partidos da oposição preocupados com este tipo de joguinhos, em vez de terem uma atitude construtiva e patriótica com propostas de valor que ajudem Portugal e os Portugueses a crescer!
    Ser oposição, não é apenas falar mal e criar bloqueios, é também construir e ajudar com a pluralidade de ideias.
    Como é que podemos acreditar nesta clase politica quando vemos este tipo de atitudes todos os dias nos jornais…
    É triste!

    • O senhor rui esteves todas as formas de atuar que relata e aponta agora à oposição são mais do que velhinhas por parte dos três partidos de esquerda que compõem a troika governamental, poderá é sofrer de memória curta, por outro lado certamente que a agora oposição não andará por aí com dor de cotovelo por resultados que em grande parte lhe pertencem à custa de muito esforço do povo português por imposição de uma troika vinda a convite de uma total desgovernação socialista “a terceira sempre por mãos PS”, enquanto estes encontraram a casa desarrumada os atuais encontraram-na arrumadinha, ou terá dúvidas? Terá dúvidas também de que para alcançarem os resultados atuais foram à custa de mais impostos uns aumentados outros inventados; quanto à trapalhada PSD/ CDS que fala na CGD recue então uns anos antes e venha até aos dias de hoje talvez encontre matéria suficiente para comprovar o que afirma embora eu sustente que os administradores de Bancos estão lá para os gerir bem ou mal e que deverão ser eles a responder por tal pois para isso recebem os seus chorudos salários.

      • Outra comédia… Lá por estares completamente alienado por convicções partidárias e achares que um partido é um clube de futebol, não quer dizer que os outros o façam.
        Eu não tenho partido político, voto em pessoas e não em cores partidárias!!! Mas acho piada quem defende partidos como se de um clube de futebol se tratasse!!! Obviamente que o atual comportamento do PSD/CDS é reprovável e não é caso único na vida política portuguesa, não quer dizer com isso que esteja correto.
        Lá porque outros o fizeram antes, não quer dizer que tenham legitimidade para o fazer.
        Em relação ao comportamento do anterior governo de coligação PSD/CDS, foi simplesmente um desastre, falharam em todos os objectivos a que se propuseram, tiveram casos mais do que polémicos com ministros de poleiro irrevogáveis, outros que não largavam o altar nem por nada como o sr Relvas das gafes, saídas limpas que de limpas nada tiveram e cujo objectivo foi puramente partidário e nada patriótico. O resultado foi o que se viu, com um banco a ser vendido ao desbarato por incompetência política e com os contribuintes a serem chamados mais uma vez a participar.
        Conclusão, a estratégia do anterior governo foi péssima e os resultados ficaram MUITO aquém do que era pretendido. Falharam! O que conseguiram foi um nível de empobrecimento gigante do povo português.
        Agora façam um favor ao povo Português, cheguem-se para o lado e deixem trabalhar quem sabe!

        • “Lá por estares completamente alienado por convicções partidárias e achares que um partido é um clube de futebol, não quer dizer que os outros o façam”

          Ah, ah, ah,ah! Confesso que nunca me ri tanto… Isto vindo de quem vem só pode ser a maior anedota do século!!!

        • Menino R. Esteves vá ver o que é um mitomaníaco!? É o seu ídolo centeno! Mentir na CI é crime! Qual é a parte que não percebeu? A partir de agora o ainda ministro é o bobo da festa! Qualquer contribuinte não mente!? tem um erro de perceção!? Já viu o ridículo em que caiu o seu heroi? Não tem credibilidade!?

      • Fora a coligação de interesses (exploradores/corruptos/parasitas, que o cupou o poder desde 2011 aa 2015 e deixou uma herança terrível para a maioria dos portugueses (fui roubado/desrespeitado)nos meus direitos, a direita (PSD/CDS) com o Sr. Cavaco Silva, quer como PM, quer como PR, ocuparam o poder durante 25 anos, um quarto de século; o que fizeram? a sua “obra” está à vista de todos aqueles que vivem honestamente do seu trabalho, não bastou o passado mais remoto mas sobretudo o mais recente, oa “pafianos”, continuam com uma prática vergonhosa e o que é mais grave, não se dão conta da triste figura que fazem e do péssimo contributo que estão a dar para desacreditar a maioria dos políticos da sua área mas também a sobrevivência do regime democrático.

  2. Subscrevo totalmente todo o discurso deste senhor Rui Esteves. A oposição brincam com a vida do País. Parecem crianças a brincar às escondidas. Nem CDS nem PSD estão absolutamente nada interessados no desenvolvimento do País, apenas os SEUS interesses e dos respetivos partidos. Realmente são dignos de profunda rejeição. Interesseiros, gananciosos e maus. Só fazem novelas nojentas em nome de “Portugal”, eles querem lá saber de Portugal !

  3. Não podia estar mais de acordo com os comentários do Rui Esteves e da Maria Emília Neves. Só espero é que o Sr. Presidente e o Sr. Primeiro Ministro não cedam a pressões. O país é pobre de mais para se poder dar ao luxo de dispensar o único Ministro das Finanças que colocou o défice deste país em 2.1% desde que estamos em democracia.

    • O senhor Manuel N Costa recorda-se que o anterior governo recebeu um país à beira da banca rota onde já não havia dinheiro sequer para pagar salários com um défice acima dos 8% e o entregou 4 anos depois com 3,2%, passaram o Cabo das Tormentas entregaram o navio aos atuais governantes a navegar em águas calmas e ainda existe tanta ignorância talvez apenas por quezílias ideológicas a tentarem escamotear a realidade e depois vejo por aqui certos comentaristas a acharem-se melhores portugueses do que os outros, aqueles que também saquearam tudo o que puderam em nome de uma reforma agrária à sombra de um partido e em proveito próprio certamente ainda hoje se acharão melhores portugueses do que os outros, tiveram sorte ter nascido num país de brandos costumes.

      • És bom a colocar rótulos…
        Mas muito mau a enxergar a realidade…
        Esses óculos de Alcanena não te deixam ter uma visão periférica!!!
        Abre os olhos que já é dia…

      • Senhor Vasco, já pensou que estes não estão a “navegar em águas calmas”, estão simplesmente é a “navegar diferente” e para melhor?
        Aliás, as “águas calmas” não existem pois a crise está longe de ter passado.
        Já agora, entregaram o país com 3,2% de deficit, exato, mas, só em sonhos. Tivesse a lixarada que mandaram para debaixo do tapete sido contabilizada e a “entrega”, depois de esmagarem a classe média, empobrecerem o país durante 4 anos e aumentarem a dívida, seria muito perto dos 5% de deficit. É obra!

  4. Cá para mim , (Zé Povinho), se a anterior administração, até acabou tendo que entregar as declarações e, o objectivo da recapitalização da Caixa está conseguido, (coisa que antes era impossível), se M. C. mentiu, ou não mentiu ou omitiu, QUE SE LIXE! Mas enfim, eu sou apenas ” o Zé Povinho” e já deu para perceber que a oposição que temos, não está minimamente interessada, nos interesses do Zé Povinho ou de Portugal …
    Agora terem que andar todos a reboque desta “Grande CAUSA” do PSD/CDS é que já não dá para acreditar…
    Não haverá mesmo mais nada, para debater?

    • Zé Povinho? Desculpe, eu não autorizei quem quer que seja a representar-me e eu também sou parte do “Zé Povinho”. Quando muito, pode ser uma parte do, não o “Zé Povinho”. Depois, enquanto parte desse tal “Zé Povinho”, também eu quero ver esclarecido, esse, eventualmente outros assuntos de interesse Nacional. Pretendo ser esclarecida de todos os actos que se tornem dúbios, e este é um deles, a partir do momento em que um cidadão é avisado de que deve entregar um documento e o não faz, deve esclarecer porque o não faz – o mínimo que deve fazer. Esteja no poder, PS, PSD, BE, PCP, CDS, ou o Zé da esquina.

      • E já agora Maria de Lurdes Alves, o desempenho do ministro Mário Centeno na obtenção de bons resultados da nossa economia, diz-lhe alguma coisa ou não conta para nada nada?

        • Pois, pelos vistos, não interessa à Maria de Lurdes. Só lhe interessa as questões laterais, o essencial, que é aquilo que verdadeiramente tem impacto nas nossas vidas. O país cumprir os compromissos, estar a crescer, embora ainda pouco, as pessoas terem um bocadinho mais para viver a nível de rendimentos, ser o ministro que conseguiu o mais baixo deficit de sempre, o governo menos despesista, estar haver uma baixa no desemprego, enfim, tudo isto,é secundário para alguns.

        • E a boleia que vem de trás? Esqueceu-se dela? É mais fácil arrumar uma casa se no dia anterior já se arrumou grande parte, do que começar tudo de início. De 11% para 3% não lhe diz nada. De 3% para 2,6% à custa do aumento de receita extraordinária é um feito. Enfim…

  5. Também estou de acordo com os 3 (?) comentadores anteriores.
    Acho que mentir ou dizer a verdade é só um pormenor; acho que ter carácter é totalmente irrelevante, ainda para mais quando é preciso governar e avançar com uma revolução; acho que há coisas bem mais importantes para debater, como por exemplo se o cartão de cidadão não deverá chamar-se cartão de cidadania; acho que se o Centeno não quer que se apure a verdade é porque é muito humilde e não quer envergonhar os outros (que outra razão poderia existir?); acho que na pior das hipóteses se alguém estiver a mentir, o que duvido, certamente foi a primeira e a última vez que tal aconteceu e podemos estar totalmente descansados que sempre nos irão contar a verdade e nunca nos irão enganar, nem alterar leis propositadamente, nem publicar essas leis às escondidas, nem fazer negociatas. Enfim, com tudo isto qualquer dúvida que tinha acerca da maneira de trabalhar deste governo desvaneceu-se.
    Já não há razões ter dúvidas acerca de quem nos governa…

    • Tens muita piada, mas pouco conteúdo com tanta ironia!
      Obviamente que existiram negociações, e obviamente que o objetivo era isentar os administradores da caixa de apresentarem as suas declarações de rendimentos. Óbvio e de acordo com isso!
      Como sabes, os administradores do banco publico têm deveres e salários diferentes dos administradores da banca privada. O que tentaram fazer foi igualar os deveres e salários de forma a que houvesse oportunidade de dotar CGD de profissionais com grande experiência na banca, levando com isso o banco a bom porto. Não quero dizer com isto que não tenhamos pessoas competentes que aceitassem as condições limitadas que existiam, mas não é justo discriminar e com isso arriscar a hipótese de contratar profissionais com competências inferiores.
      Sabes porque motivo o Centeno tentou de alguma forma esconder a negociação? sim, porque acredito que tenha existido essa tal negociação, e daí? Porque os oportunistas dos partidos de direita iriam usar isso como arma de arremesso, porque criticam sempre tudo. Parece quando a caravana passa, sempre ladram os cães, sempre!
      Mas a questão de fundo, é o ridículo a que chega esta palhaçada política de tentar escrutinar numa comissão de inquérito, que foi criada para outros fins, os sms’s que foram enviados e se existiu acordo prévio ou não!
      Por amor de deus… Portugal é mais importante que esse interesse partidário!

    • Mentir, ou dizer a verdade é só um pormenor?!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      Desde quando?
      Mentir é mentir. Ponto. O antónimo da mentira é a VERDADE. E o POVO Português merece saber a VERDADE.
      Eu quero saber a verdade para ser esclarecida convenientemente, e na hora da escolha, o possa fazer livre e conscientemente.

      Abaixo a mentira, a corrupção, a trafulhice e tudo o que serve para enganar o POVO!

      • Verdade Maria de Lurdes Alves, Verdades há muitas!
        Há a verdade dos corruptos, há a verdade dos ladrões, há a verdade dos ricos, há a verdade dos pobres, etc.
        Acha (por exemplo), que a verdade dos trabalhadores sujeitos ao ordenado mínimo é a mesma que a verdade daqueles que só no pequeno almoço gastam mais do que o aumento que propuseram a esses trabalhadores para o mês inteiro?
        A verdade neste caso É QUE ESTE MINISTRO DAS FINANÇAS TEM ESTADO A FAZER UM BOM TRABALHO E POR ISSO É PRECISO SEGURA-LO NO CARGO para que continue a obra.
        Essa é aqui a verdade que importa!

  6. Completamente de acordo com o comentário do Senhor Rui Esteves. Obviamente que a oposição (PSD/CDS) não está interessada no progresso do País nem lhes importa muito os resultados conseguidos pela atual governação. Diz o ex-presidente da Comissão de Inquérito à Caixa que não podia pactuar com atitudes que violam a lei. Dói não dói?.. Desde quando uma minoria aprova quaisquer documentos contra a vontade da maioria? O que está a passar-se desde novembro de 2015 não é o mesmo que se passou desde junho de 2011 até outubro de 2015? Ressabiados, ainda pensam que são governo e que têm a maioria no parlamento, a prová-lo está o uso do pin da Bandeira Nacional na lapela. Demiti-vos todos e emigrai, já mamastes muito e tão cedo não ides ao pote!!!

  7. Aconselho vivamente o PSD e CDS a continuarem nesta senda patriótica. Estou certo que assim serão cada “menos” oposição (isto é menos votos, menos deputados, menos relevantes, menos tachos). De facto o nível dos dirigentes destes partidos é cada vez mais baixo. Bem se podem juntar ao Sr de Boliqueime que não tem mais capacidade do que escrever livros de intrigas sobre conversas de Estado privadas e começar a preparar a nova telenovela da RTP1.
    Pena é que alguns jornalistas lhes continuem a dar ampla cobertura…

  8. Realmente os deputados do PSD/CDS se preocupam-se tanto com a legalidade e com a forma correcta de estar na politica mas o seu líder esteve vários anos sem pagar as contribuições para a segurança social, dizendo que não sabia que tinha de pagar, e só pagou segundo dizem uma parte quando um jornalista lhe comunicou que ia publicar a noticia. Na mesma altura esse fulano era o PM do governo que mais impulsionou as penhoras por dividas fiscais e a SS. Não os vemos a pedir que se demita, em nome da ética na politica, tenham vergonha bando de parasitas.

    • Não continuas a acreditar na marilu swap e no seu irrevogável inimigo que gosta que lhe arrombem a porta dos fundos? Se estás, porque não acreditares em quem diz a verdade e está fazendo tudo para transformar a pocilga em que eles deixaram Portugal num Paìs credivel aos olhos do mundo.

      • O seu português é no mínimo estranho. Parece o Jorge Jesus. E as ideias também… mas ainda piores. Se um governo que reduz de 11% para 3% é um mau governo então esperemos para ver, se daqui a 3 ou 4 anos, o atual governo nos deixa um superavit de 5%. Estou ansioso! Entretanto, procure ter aulas de português e regresse também à escola porque os seus comparsas devem estar para criar umas novas oportunidades para passar qualquer um de 4ª classe a doutorado de um dia para o outro… ou num qualquer domingo. Venha também o aeroporto que isso também vai dar umas comissões valentes aos do costume. Enfim, o circo voltou e os palhaços já lá estão e ao que tudo indica também andam por aqui.

  9. O desepero é total. Vale tudo para alimentar este “não assunto”.
    A inversão da importância das coisas começa a ser patológica neste PSD/CDS.
    Se mentiu, não devia, porque é incorrecto mas, fazer disso um folhetim, procurando descredibilizar a pessoa Mario Centeno e ofuscar os resultados atingidos como ministro das finanças, já é canalhice, é vergonhoso e sobretudo revela desespero e ânsia de satisfação de “apetites” pessoais e partidários mas não, seguramente, do País e dos portugueses.
    Para mim, isto é como disse no inicio, um “não assunto”, que revela a pobreza de argumentos face a situações e factos de governação verdadeiramente interessantes e repercutórios nas nossas vidas, como portugueses. Um governo que conseguiu atingir e ultrapassar expectativas em muitos dominios, desde a quebra no desemprego, ao crescimento, ainda que moderado, á melhoria, embora ainda ligeira, do rendimento disponível das pessoas, sem contudo se verificar descontrolo na despesa, um aumento de déficit ou mesmo incumprimento dos nossos compromissos. Só pode ser muito “grunho” que remete isto para 2° plano e releva a questão em análise para 1° plano. Ė dar importância ao lateral e desvalorizar o essencial, ou seja, aquilo que verdadeiramente nos interessa e nos afecta como portugueses.
    Esta cambada de chulos, incompetentes, oportunistas e ressabiados, devia esconder a cara cada vez que aparecem a falar mal deste ministro, o unico até hoje e desde há 42 anos a atingir um déficit tão baixo, o responsável pelo menor despesismo de sempre e um dos unicos, senão mesmo o unico, a cumprir o orçamento sem recorrer a rectificativos, o que significa que é competente e que trabalhou com rigor.
    O ridiculo e desespero da cambada é de tal forma exuberante, que até criticam o que defendem ideológicamente, ou seja, a cambada, tradicional e ideológicamente, costuma criticar os governos de esquerda por serem despesistas e por fazerem muito investimento publico mas agora, que o governo foi o menos gastador de todos e cortou no investimento publico, também o criticam. É cómico e irónico!
    O país e os portugueses primeiro. A corja oportunista que se dedique á pesca ou vá trabalhar!

  10. Fala-se aqui muito de Carácter! Carácter uma ova! Hipocrisia é o que por aqui abunda!
    Já toda a gente percebeu que M. C. não é propriamente “um relações públicas”. mas que na área que lhe compete tem estado a fazer muito bem o seu trabalho.
    É isso que incomoda a oposição.
    È por isso é que persiste no assunto sem se importar que a sua posição ainda venha a provocar a 3ª GUERRA MUNDIAL!
    Mentiras graves e com graves consequências já o Zé povinho teve de suportar em outras governações.

    • E roubos e negócios e licenciaturas às três pancadas e megalomanias num país sem dinheiro (e agora vem aí mais um aeroporto). A mim também me dava jeito um à porta de casa. Consegue-me arranjar isso aí com os seus superiores?

  11. Parece que voltaram os tempos da “outra senhora”. Como alguém disse: “quem está no poder come; quem não está cheira”. Foi assim, continua assim.
    Se lessem as actas ou houvesse memória da velha Assembleia Nacional, veriam que “o tempo mudou e ela voltou”. A atitude, prepotência e arrogância de “quem come” são iguais. Só faltam os empurrões na Assembleia. Há, apenas, uma pequena/enorme/significativa diferença: nesse tempo, havia quem mandava!
    Era um, mas mandava. Agora todos mandam, todos ralham e parece que todos têm razão. Ninguém mente, ninguém rouba… É mesmo a casa onde não há pão! Que faz tanta gente naqueles salões e corredores?
    Paga e aguenta, Zé! Mas não vivas de saudades.

  12. Não consigo entender a razão de tantos protestos vindos da pocilga do PSD/CDS/PP, tudo o que fazem é só atrapalhar, complicar o que de bom se esta fazendo. Tenham juizinho porque o TIRO pode sair pela culatra.

    • “…complicar o que de bom se esta fazendo” mas o senhor está a falar de quê? É do Benfica? Do Sporting? Do Porto? O seu fórum não é aqui. Mude de praia porque disto decididamente não percebe nada. Fique pela bola.

  13. Como o diabo não vem eles querem fazer as vazas do dito mas não tem pinta pra isso. mal, por mal aprendizes de mumia escritora. Eu pensava que só o chefe passas é que curtia umas de relvas que dizem dá umas mokas f.d.d.s chegando a atrofiar 50% dos neurónios quando o portador é stéreo se for mono é morte certa, mas já toda a quadrilha está tão viciada na turfa como estiveram no passado recente nos mercados que hoje já não contam pra nada.

  14. De um extremo ao outro, só vejo fanatismo e algazarra político-partidária!
    Alguns, dizem que não são deste nem daquele partido, mas defendem-no de forma doentia…
    Cada um puxa a brasa para a sua sardinha, porque não a quer comer encruada.
    Uns quantos, armam-se em entendidos e tentam formar, liderar e orientar grupinhos, que se colam à esquerda ou à direita.
    Parecem todos extremistas de uma ponta à outra!
    Como se diz em França; os extremos parecem-se.
    Alguns, dizem em alto e bom tom que não são deste nem daquele partido, mas defendem-no de forma doentia e que dá para duvidar da imparcialidade da pessoa em questão.
    Até parece que estais comprados pelos partidos que defendeis.
    Comprados, ou dentro do sistema…

RESPONDER

-

Fugitivo de Caxias está escondido em Israel

O luso-israelita, que fugiu da prisão de Caxias com dois chilenos, está escondido em Israel e por lá continua sossegado porque as autoridades do país não estão a colaborar. Esta terça-feira, completam-se cem dias desde …

Anne Hidalgo, Presidente da Câmara de Paris

Festival "afro-feminista" gera polémica em França

Um festival planeado para este verão em Paris e reservado principalmente às mulheres negras desencadeou uma polémica, com a presidente da Câmara da capital francesa a defender a proibição de um evento "interdito aos brancos". Programado …

-

Mulheres são as maiores vítimas de assédio no trabalho, mas homens também sofrem

As mulheres são as principais vítimas tanto de assédio moral (16,7%) como de assédio sexual (14,4%) no local de trabalho, uma perseguição que também atinge os homens, segundo um estudo que será debatido hoje na …

Luaty Beirão, músico luso-angolano

Luaty denuncia Angola ao "abandono" com vídeo de grávida a dar à luz na rua

O músico e activista político angolano Luaty Beirão critica os responsáveis do poder, no seu país, com a divulgação de um vídeo que mostra uma mulher grávida a dar à luz no meio da rua …

-

Estado português é o segundo na Europa que mais tempo demora a pagar

O Estado português leva 95 dias a pagar as suas faturas, ocupando a segunda posição entre 29 países europeus estudados, segundo divulgou esta segunda-feira a consultora Intrum Justitia. O relatório conclui que a Grécia é o …

-

Afinal, tarifa bi-horária de luz pode estar a prejudicar milhares de famílias

Há um universo de 1,34 milhões de consumidores que permanecem no mercado regulado de electricidade e 60% deles têm tarifas bi-horárias e tri-horárias que podem estar a penalizar as suas contas mensais. O alerta surge no …

-

Imobiliária "despachou" em dois dias 7 imóveis e 2 Porsches para fugir a penhora de 1.1 milhões

Uma imobiliária conseguiu vender a terceiros, em apenas dois dias, sete imóveis de que era proprietária na zona de Lisboa, colocando-os a salvo de uma penhora de que foi alvo, cujo valor ascende já …

O antigo presidente do PSD, Luis Marques Mendes

Centeno está "deslumbrado e a oferecer-se" ao Eurogrupo

Mário Centeno está "deslumbrado" e em "campanha de auto-promoção" para se tornar presidente do Eurogrupo. É Luís Marques Mendes quem o refere, criticando o ministro das Finanças por estar a "oferecer-se" para o cargo. Em declarações …

O Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

Angola confirma que José Eduardo dos Santos está em Espanha por motivos de saúde

O Presidente de Angola está em Espanha por razões médicas, confirmou esta segunda-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros do país. Em declarações à rádio francesa RFI, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Georges Chikoti, confirmou que o Presidente …

A chanceler alemã, Angela Merkel

Merkel sugere que os europeus já não podem contar com EUA e Reino Unido

A chanceler alemã instou, no domingo, os países da União Europeia a manterem-se unidos e a tomarem as rédeas do seu destino, considerando que já lá vai o tempo em que se podia confiar totalmente …