“Ministro da propaganda.” PSD arrasa Eduardo Cabrita

O PSD acusou o ministro da Administração Interna de atuar como “um ministro da propaganda” e exigiu ao Governo que mande “de imediato” recolher as golas em material inflamável que foram distribuídas às populações.

Esta sexta-feira, o Jornal de Notícias avançou que 70 mil golas antifumo, fabricadas com material inflamável e sem tratamento anticarbonização, foram entregues pela Proteção Civil no âmbito dos programas Aldeia Segura e Pessoas Seguras. O ministro Eduardo Cabrita classificou a notícia como “irresponsável e alarmista”.

“A reação do Governo é tão inacreditável como a situação em si. O senhor ministro culpa os autarcas por fazerem o seu trabalho, fica incomodado com perguntas dos jornalistas, quando a irresponsabilidade do que aconteceu é entregar material inflamável a pessoas supostamente para as proteger””, criticou o deputado do PSD Duarte Marques, em declarações à Lusa.

O deputado sublinha que “o Governo gastou quase 200 mil euros numa manobra de marketing”, defendendo que esse dinheiro seria “muito melhor aplicado” dando meios aos bombeiros, que ainda têm verbas em atraso para receber.

Temos um ministro da propaganda, que devia ser ministro da Administração Interna, que é um perigo para os portugueses, porque este material é altamente inflamável, não pode ser usado pelas pessoas no fogo”, reiterou.

Por esse motivo, o PSD exige que “de imediato” o Governo esclareça se já mandou recolher estes lenços em material inflamável e que garanta que “não voltarão a ser usados”, considerando que “são um perigo para as pessoas”. “Se foi uma manobra de marketing ou merchandising, foi uma manobra muito infeliz e muito irresponsável.”

Para o PSD, acrescentou, “mais do que acusar ou responsabilizar, a primeira prioridade é garantir que este material é recolhido pelo Governo”. “O senhor ministro da Administração Interna, que devia ser o principal responsável pela segurança das pessoas, anda literalmente a brincar com o fogo e isso não é admissível em Portugal”, disse ainda Duarte Marques.

O ministro Eduardo Cabrita disse, quando confrontado com os factos avançados pelo JN, que a notícia é “verdadeiramente irresponsável e alarmista”, considerando que revela “desconhecimento de questões técnicas que a Autoridade Nacional de Proteção Civil já esclareceu”.

O ministro sublinhou a importância do programa que está em curso em mais de 1600 aldeias do país, assegurando que a distribuição das golas antifumo não põe em causa nem o projecto nem a segurança das pessoas.

Por sua vez, Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, disse ao Público que este caso “é gravíssimo” e pediu ao Ministério da Administração Interna que abra um “inquérito rigoroso” para apurar responsáveis.

Além disso, reiterou que as golas e coletes devem ser recolhidos “imediatamente”, até porque dão uma falsa ilusão de proteção a quem os use – quando, na verdade, “pode estar a pôr em risco a vida das pessoas”.

Em comunicado enviado às redações, a Proteção Civil garante que os kits distribuídos “não são materiais de combate a incêndios nem equipamentos de proteção individual” e refere que esta campanha tem como intuito a “sensibilização para as boas práticas” a adotar em caso de incêndio.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pela cara deste ministro vê-se logo que o gajo é um autêntico anjinho. Distribuir às populações golas e coletes altamente inflamáveis só se é para acabar de vez com as populações desses territórios ardidos. Isto é inqualificável, vindo de um governante do país. Este artolas não tem categoria nem condições para estar aonde está. Tem que se demitir ou ser demitido. O povo dos territórios ardidos que faça uma manifestação global, com essa exigência. Estamos fodricados com esta tralha. E ainda por cima, cagada após cagada, o estado de graça subsiste. Quando começará a baixar ?

  2. Milhares de euros para o lixo de uns milhares de peças destas (propandísticas) encomendadas ao marido de uma presidente de junta socialista de Guimarães. Seria conveniente que o Ministério Público investigasse esta jogatana partidária.

  3. O povo Português gosta é de festa e bola a rolar , enquanto os ilusionistas estiverem a dar o espetáculo tudo é possível.

  4. As golas anti fumo ardem se expostas à chama. Por favor digam-me, que eu não entendo, como estarão os portadores das ditas golas quando as chamas lhes chegarem à cara. Se se tratasse de golas antifogo, percebia os protestos, assim, isto é apenas a tentativa de criar um problema em véspera de eleições, para terem mais uns papelinhos nas urnas.

RESPONDER

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …