“Isto é brincar à Proteção Civil”. Golas anti-fumo oferecidas às aldeias são inflamáveis

Miguel A. Lopes / Lusa

Setenta mil golas anti-fumo fabricadas com material inflamável e sem tratamento anti-carbonização, que custaram 125 mil euros, foram entregues pela proteção civil no âmbito do programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras”, avança o Jornal de Notícias nesta sexta-feira.

De acordo com o jornal, as golas anti-fumo, fabricadas em poliéster, “não têm a eficácia que deveriam ter: evitar inalações de fumos através de um efeito de filtro”.

O programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras” está a ser implementado desde 2018 em vários municípios e soma, segundo o jornal, 1507 oficiais de segurança local – a quem compete encaminhar as populações para os locais de abrigo.



Dois oficiais de segurança do distrito de Castelo Branco disseram ao Jornal de Notícias que “a gola aquece muito” e “cheira a cola”. Estes oficiais queixaram-se também do colete refletor, também feito em poliéster.

Ao jornal, um representante da Foxtrot Aventura, empresa de Fafe, no distrito de Braga, a quem a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) comprou 15 mil kits e 70 mil golas em junho de 2018 disse que considerava tratar-se merchandising e que a entidade não referiu que os equipamentos “seriam usados em cenários que envolvem fogo”.

“Se assim fosse, as golas seriam de outro material e com tratamento para suportar esses cenários [de fogo]. Juro que achei que isto seria usado em ações de merchandising”, garantiu Ricardo Peixoto ao JN.

Uma fonte da ANEPC disse ao jornal que os equipamentos não passam de um “estímulo à implementação local dos programas” e “não são um equipamento de proteção individual”. “Estes materiais não assumem características de equipamento de proteção individual, nem se destinam a proporcionar proteção acrescida em caso de resposta a incêndios”, refere a proteção civil.

O programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras” tem como objetivos, entre outros, incentivar a consciência coletiva de que a proteção é uma responsabilidade de todos, apoiar o poder local na promoção da segurança, implementar estratégias de proteção das localidades face a incêndios rurais e sensibilizar as populações para a adoção de práticas que minimizem o risco de incêndio.

A execução do programa “Aldeia Segura – Pessoas Seguras” resulta de um protocolo assinado entre a ANEPC, a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e a Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE).

“Isto é brincar à Proteção Civil”

“Isto é brincar à Proteção Civil”, condenou o presidente da Associação de Proteção e Socorro (APROSOC), João Paulo Saraiva, que comentava o caso em declarações à TSF. O responsável fala de “um programa falacioso que não acrescenta segurança, mas antes uma falsa sensação de segurança”.

“É necessário preparar com equipamento adequado, formar e treinar as pessoas. E isto ainda não está a ser feito”, acrescentou, condenando ainda que o Governo tenha ignorado as recomendações da APROSOC e de outras associações.

Entretanto, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, mostrou-se indignado em relação às críticas feitas à Proteção Civil sobre os kits distribuídos às populações.

“É absolutamente irresponsável e alarmista responsabilizar um programa que envolve 1600 aldeias e autarcas por todo o país. Para que saiba quais são os abrigos, quais são os comportamentos de risco”, disse o governante à TVI 24.

“[O senhor jornalista] tem material inflamável consigo. Vamos ser responsáveis, vamos ter um sentido de responsabilidade, e a autoridade da Proteção Civil tratará de dar os esclarecimentos sobre matérias que são da sua competência”, replicou Eduardo Cabrita sobre a composição das golas fornecidas às populações.

Eduardo Cabrita recusou-se a responder sobre o objetivo da distribuição destas golas com material inflamável, bem como o que as populações devem fazer com elas, remetendo para o esclarecimento já feito pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Confesso que fartei-me de rir. Se não fosse tão grave isto seria hilariante e divertidíssimo! Enfim, para estes Senhores que nos governam e que torraram mais 125.000 dos nossos impostos, o fogo combate-se com adereços. E isto é tudo uma gigantesca brincadeira. Sim, sim, votem neles!!! Ah!Ah!Ah!Ah! Brutal!

  2. considerava tratar-se merchandising?????
    a entidade não referiu que os equipamentos “seriam usados em cenários que envolvem fogo”????
    os equipamentos não passam de um “estímulo à implementação local dos programas” e “não são um equipamento de proteção individual”?????
    Juro que achei que isto seria usado em ações de merchandising”???? Jura??????????

    15000 kits e 70000 golas?????

    Dinheiro para os amigos do costume, obviamente, para além de andar verdadeiramente a brincar à protecção civil…..

    É o deboche total, já nem têm o pudor de fazer as coisas pela calada, è às claras………

  3. Não morre da doença, morre da cura.
    Isto é mais uma demonstração das capacidades e competências dessa gente que está no poleiro.

  4. Oh Costa!, não tiveste agora vontade de rir com mais esta incompetência?

    Este é mais um exemplo da má aplicação dos nossos impostos – em que o Estado já arrecadou nestes primeiros 6 meses de 2019 mais cerca de 1,3 mil milhões do que em igual período de 2018, e que continuam a ter o descaramento de dizer que não houve aumento de impostos.

    E, assim, vai o país, a cantar e a rir….

  5. – Já estão todos equipados e prontos com o kit fornecido?
    – Sim, senhor comandante!
    – Então, podem tirar que vem aí o fogo!!

  6. onde andam os comunistinhas agora??? nao leram esta noticia, estão mais preocupados com as noticias sobre presidentes do outro lado do atlantico.
    Deiam maioria absoluta a essa canalhada toda.

  7. Já prenderam alguém? O Ministro ainda está solto?

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …