PS, PSD e CDS chumbam todos os projetos para restringir glifosato

chafermachinery / Flickr

Aplicação de pesticida glifosato num terreno agrícola

Propostas para restringir ou banir o glifosato, um herbicida que poderá ser cancerígeno, foram hoje rejeitadas no parlamento com os votos do PS, PSD e CDS-PP.

Bloco de Esquerda (BE) e o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) levaram a plenário da Assembleia da República projetos de lei sobre a matéria, mas foram todos rejeitados pelos três partidos, com o PCP a abster-se nuns e a votar também contra noutros.

Os projetos dos dois partidos sobre a obrigatoriedade de análise da água destinada a consumo humano, para ver se tem o produto, que é largamente usado no país, foram chumbados pelo PS, PSD e CDS-PP, com PCP a abster-se e os restantes partidos a votarem a favor.

BE e PAN levaram ainda a plenário dois projetos para proibir o uso de glifosato para usos não profissionais, mas PS, PSD e CDS-PP rejeitaram os projetos, o mesmo fazendo o PCP. O Iniciativa Liberal (IL) absteve-se.

O BE apresentou ainda outro projeto de lei sobre a mesma matéria, este que pretendia proibir a aplicação de produtos contendo glifosato em zonas urbanas, zonas de lazer e vias de comunicação, mas os mesmos deputados (PS, PSD, CDS-PP e PCP) voltaram a votar contra, com o IL a abster-se.

Com os votos contra do PS, PSD, CDS-PP e IL foi ainda chumbado um projeto de resolução do partido ecologista Os Verdes que pedia ao Governo para tomar medidas para erradicar o uso do glifosato.

O glifosato já foi detetado em análises de rotina a alimentos, ao ar e à água, bem como à urina, ao sangue e ao leite materno.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já alertou que o glifosato pode ser cancerígeno. Nos projetos os partidos salientam o perigo do glifosato para a saúde humana.

Há estudos que indicam que há uma relação entre o herbicida e um tipo de cancro no sangue que é o “Linfoma não Hodgkin”.

A empresa Bayer, que comprou em 2018 a Monsanto, fabricante do herbicida “Roundup” (glifosato), anunciou no final de outubro que enfrenta 42.700 processos judiciais nos Estados Unidos por causa do produto da sua filial norte-americana.

A Bayer foi já condenada três vezes a indemnizar californianos doentes com cancro.

Em Portugal algumas autarquias têm vindo a anunciar o abandono do glifosato, como a câmara do Porto ou a câmara do Funchal. A Áustria já baniu a utilização do glifosato.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse com qualquer povo lúcido, que não apoiasse os partidos acriticamente como quem apoia o seu clube de futebol, estes três partidos, só por uma posição destas, nunca mais elegeriam deputados à Assembleia.

  2. “poderá ser”???

    está mais que provado que o é, até em tribunal nos EUA.

    esta cambada cada vez mais a quero ver bem longe, infelizmente tenho de aturar as suas decisões idiotas e criminosas.

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …