PS, PSD e CDS chumbam todos os projetos para restringir glifosato

chafermachinery / Flickr

Aplicação de pesticida glifosato num terreno agrícola

Propostas para restringir ou banir o glifosato, um herbicida que poderá ser cancerígeno, foram hoje rejeitadas no parlamento com os votos do PS, PSD e CDS-PP.

Bloco de Esquerda (BE) e o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) levaram a plenário da Assembleia da República projetos de lei sobre a matéria, mas foram todos rejeitados pelos três partidos, com o PCP a abster-se nuns e a votar também contra noutros.

Os projetos dos dois partidos sobre a obrigatoriedade de análise da água destinada a consumo humano, para ver se tem o produto, que é largamente usado no país, foram chumbados pelo PS, PSD e CDS-PP, com PCP a abster-se e os restantes partidos a votarem a favor.

BE e PAN levaram ainda a plenário dois projetos para proibir o uso de glifosato para usos não profissionais, mas PS, PSD e CDS-PP rejeitaram os projetos, o mesmo fazendo o PCP. O Iniciativa Liberal (IL) absteve-se.

O BE apresentou ainda outro projeto de lei sobre a mesma matéria, este que pretendia proibir a aplicação de produtos contendo glifosato em zonas urbanas, zonas de lazer e vias de comunicação, mas os mesmos deputados (PS, PSD, CDS-PP e PCP) voltaram a votar contra, com o IL a abster-se.

Com os votos contra do PS, PSD, CDS-PP e IL foi ainda chumbado um projeto de resolução do partido ecologista Os Verdes que pedia ao Governo para tomar medidas para erradicar o uso do glifosato.

O glifosato já foi detetado em análises de rotina a alimentos, ao ar e à água, bem como à urina, ao sangue e ao leite materno.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já alertou que o glifosato pode ser cancerígeno. Nos projetos os partidos salientam o perigo do glifosato para a saúde humana.

Há estudos que indicam que há uma relação entre o herbicida e um tipo de cancro no sangue que é o “Linfoma não Hodgkin”.

A empresa Bayer, que comprou em 2018 a Monsanto, fabricante do herbicida “Roundup” (glifosato), anunciou no final de outubro que enfrenta 42.700 processos judiciais nos Estados Unidos por causa do produto da sua filial norte-americana.

A Bayer foi já condenada três vezes a indemnizar californianos doentes com cancro.

Em Portugal algumas autarquias têm vindo a anunciar o abandono do glifosato, como a câmara do Porto ou a câmara do Funchal. A Áustria já baniu a utilização do glifosato.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse com qualquer povo lúcido, que não apoiasse os partidos acriticamente como quem apoia o seu clube de futebol, estes três partidos, só por uma posição destas, nunca mais elegeriam deputados à Assembleia.

  2. “poderá ser”???

    está mais que provado que o é, até em tribunal nos EUA.

    esta cambada cada vez mais a quero ver bem longe, infelizmente tenho de aturar as suas decisões idiotas e criminosas.

RESPONDER

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados rebatizar dezenas de genes humanos por causa do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é parecida com fogo florestal, não com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …

Procuradora-geral de Nova Iorque quer dissolver NRA após investigação de fraude

A procuradora-geral de Nova Iorque anunciou, esta quinta-feira, ter movido um processo judicial contra a National Rifle Association (NRA), depois de uma investigação que mostra que os seus dirigentes desviaram milhões de dólares para benefício …

MP abre inquérito sobre surto em lar de Reguengos de Monsaraz

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 num lar em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, que já provocou 18 mortos. Questionada pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) …

Ciclista Fabio Jakobsen já saiu do coma induzido

O ciclista holandês saiu do coma induzido, dois dias depois de uma violenta queda na primeira etapa do Tour da Polónia, que o deixou em estado grave e obrigou a uma cirurgia de cinco horas. "Temos …