PS perto da maioria absoluta e de dispensar a geringonça

-

Se as eleições fossem hoje, o PS somaria 42% dos votos dos portugueses – um cenário que coloca os socialistas perto da maioria absoluta e sem necessidade da aliança com Bloco de Esquerda e PCP.

Os dados foram apurados numa sondagem Correio da Manhã/Aximage e são divulgados pelo jornal, neste sábado, dando ainda indicações de um ligeiro crescimento do PSD.

Depois dos 42% do PS, o PSD continua a ser o segundo partido mais votado, mas após quase um ano em queda, o partido revela uma pequena subida, somando 26,4% das intenções de voto. Em Janeiro deste ano, na anterior sondagem, o PSD somava 25,1%.

Nesta mesma tendência de subida dos sociais-democratas, verifica-se ainda uma subida de Passos Coelho na tabela de líderes, embora continueo último da lista. António Costa mantém-se na frente e continua com vantagem sobre Passos quanto à confiança dos portugueses para o lugar de primeiro-ministro.

Entre os aliados do PS na “geringonça”, destaca-se a queda do Bloco de Esquerda, que desce dos 9,1% para os 8,4%. Já a CDU sobe de 6,9% para 7,9%.

Em queda está ainda o CDS-PP que passa dos 6,8%, contados em Janeiro, para os 5%.

O CM destaca porém que a sondagem não tem ainda em conta o “reacender da polémica” sobre a Caixa Geral de Depósitos, com as acusações contra Mário Centeno, ministro das Finanças.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. O êxito/estabilidade do atual governo acontece porque o mesmo, liderado por António Costa, tem o apoio dos partidos PCP, BE e PAN. O PS não pode de modo algum ser influenciado pelas sondagens porque, independentemente de atingir uma maioria absoluta o mérito não é só do PS mas também dos outros partidos que apoiam o governo, muito do que foi feito não seria possível sem a colaboração dos seus parceiros por isso cuidado, os portugueses não sem podem alhear desta realidade, se o fizerem, na hora, os inimigos atacariam o PS acusando-o de arrogância e jamais haveria credibilidade do PS, perante os eleitores.

RESPONDER

"Contra tudo e contra todos". Moedas fez história em Lisboa

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, afirmou hoje ter vencido “contra tudo e contra todos”, porque “a democracia não tem dono”, agradeceu o “voto de confiança” e comprometeu-se …

Ventura admite que “vitória não foi total” ao falhar objetivo de ficar em terceiro

O líder do Chega admitiu hoje que a “vitória não foi total” nas autárquicas de domingo, ao falhar o objetivo de ser a terceira força política, mas defendeu que se “fez história” em Portugal, recusando …

Liveblog Autárquicas. Carlos Moedas ganha Lisboa

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Medina assume derrota em Lisboa. "É uma indiscutível vitória de Carlos Moedas"

Fernando Medina acaba de assumir a derrota nas eleições autárquicas, felicitando Carlos Moedas pela vitória na Câmara de Lisboa. "É uma indiscutível vitória pessoal e política de Carlos Moedas", sublinha Medina. "Foi um privilégio servir esta …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …