Costa segura Centeno. CDS ameaça queixa-crime

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno, repudiou esta quinta-feira as acusações do CDS-PP relativas à omissão de informações sobre a CGD e acusou o partido de truncar factos para produzir uma “vil tentativa de assassinato” do seu caráter.

Numa declaração escrita, o gabinete de Mário Centeno afirma ter enviado informação ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) à Caixa Geral de Depósitos (CGD), que “o CDS-PP escolheu omitir na conferência de imprensa que deu esta quinta-feira sobre esta matéria.

Segundo o gabinete do ministro, ao fazê-lo o CDS “truncou pois, os factos para produzir uma vil tentativa de assassinato do caráter do ministro das Finanças”.

O ministro “repudia com veemência a insultuosa e torpe estratégia do PSD e CDS-PP de tentarem enlamear a sua honorabilidade e o trabalho que tem sido desenvolvido para solucionar os problemas do sistema financeiro, herdados da governação dos referidos partidos”, lê-se na declaração.

Segundo o Jornal Económico, o CDS-PP pode avançar com uma queixa-crime contra o ministro das Finanças junto do Ministério Público. “O senhor ministro tem a oportunidade de se retratar. Se não o fizer, nada está excluído, o que não afasta uma participação-crime”, disse o deputado Nuno Magalhães.

O CDS-PP alertou ontem o ministro das Finanças para as “consequências penais” de mentir a uma comissão de inquérito, na sequência da polémica com o antigo presidente da CGD António Domingues.

O porta-voz dos democratas-cristãos e coordenador do partido na comissão de inquérito, João Almeida, lembrou um pedido efetuado em novembro para aceder a correspondência e comunicação trocada entre António Domingues e a tutela, ao qual o Ministério das Finanças respondeu, em janeiro, que “inexistem trocas de comunicações com as características descritas”.

O deputado admitiu perguntar ao ministro das Finanças “se quer voltar atrás na resposta que deu” e prometeu não deixar de “voltar a chamar António Domingues para dizer se existem ou não documentos que até ao momento o ministério e o Governo têm dito que não existem”.

João Almeida lembrou a possibilidade de Centeno “cair na moldura penal de perjúrio“, uma vez que os inquéritos parlamentares têm “poderes idênticos aos dos processos judiciais”.

Demissão está “fora de questão”

Esta sexta-feira, António Costa reafirmou a sua confiança no ministro das Finanças e afirmou que a sua eventual demissão, já pedida pela oposição, “está fora de questão”.

“Por isso, confiança no ministro das Finanças, admiração de todo o país pelo trabalho que tem vindo a ser feito, não vou perder tempo a dedicar-me àquilo que são tricas, e sobretudo vamos fazer aquilo que temos que fazer que é termos uma CGD forte e bem administrada”, afirmou o primeiro-ministro, que falava depois de uma visita a uma fábrica de produção de componentes de automóveis, em Vila Real.

Nós não podemos perder tempo com tricas, temos de nos concentrar no essencial e o que é essencial é termos uma CGD forte, continuar a reduzir o défice, aumentar as exportações e o emprego”, frisou o Governante.

António Costa acrescentou que “quando ouvem essas tricas sobre o ministro das Finanças” o que as pessoas verdadeiramente “veem no ministro das Finanças é um referencial de confiança”.

“Ele conseguiu o menor défice de sempre da nossa democracia, honrou o nosso compromisso de virar a página da austeridade e está a criar condições para que as empresas possam investir”, acentuou.

António Costa elencou ainda o “excelente trabalho” de Centeno “relativamente a um desafio que tinha sido adiado pelo anterior Governo e que tem a ver com a estabilização do sistema financeiro”.

“Uma após outra, serenamente, cada uma das instituições financeiras tem vindo a encontrar a boa solução. Ainda esta semana foi concluída com sucesso a OPA do BPI, a semana passada tinha sido concluída a operação de capitalização do Millennium, a CGD tem hoje autorização da União Europeia para podermos capitalizar de forma a ser um banco 100% público e um referencial de estabilidade”, afirmou.

E frisou ainda que a CGD tem “hoje uma administração que cumpre a lei, as regras da transparência e que está concentrada na execução do plano de negócios da CGD”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente, Mário Centeno não precisa da ajuda de ninguém para ver o seu carácter fortemente… beliscado!
    Como se costuma dizer “mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo”:

    «Mário Centeno desobrigou António Domingues e a equipa de administradores da Caixa Geral de Negócios de entregarem as declarações de rendimentos e património no Tribunal Constitucional, de acordo com a correspondência trocada entre os dois, enviada por Domingues à Comissão Parlamentar de Inquérito e revelada esta quarta-feira pelo jornal online “ECO”»
    http://expresso.sapo.pt/politica/2017-02-08-Acordo-entre-Centeno-e-Domingues-desobrigava-administradores-da-CGD-de-mostrarem-rendimentos

  2. Isto é a politica portuguesa no seu melhor. O que realmente conta, é derrubar os adversários políticos, sobretudo quando eles fazem um trabalho melhor, porque o seu sucesso ofusca e faz sentir diminuída a oposição. O interesse do país…? Que se lixe…!

    • E também porque certamente não tem ninguém que o queira substituir e dar a cara quando as coisas começarem a descarrilar (já não deve faltar muito).

  3. O CDS a intentar uma queixa crime contra Centeno? Devem estar enganados, a queixa crime , se algum sentido faz, seria contra o IRREVOGÁVEL pois, esse sim , mentiu e continuou a mentir despudoradamente. E então quem mente, entre outras, a uma criancinha, dizendo que nunca ia retirar o 13º mês a ninguém o que merece ? a masmorra ou o cadafalso.
    Senhoras e senhores do CDS enxerguem-se. O mesmo se aplica ao DO PSD

  4. O senhor Centeno com apoio certamente do senhor Costa criaram aqui uma novela da qual têm que sair certamente beliscados pois ninguém vai acreditar que não houve um acordo quanto mais não fosse verbal com o senhor Domingues, portanto quando o escândalo rebentou o melhor que teria feito era ter reconhecido ter feito um acordo precipitado à margem da lei e mostrar o seu arrependimento, com arrogância e baseando-se no cargo que ocupa procurando agora atirar culpas a terceiros não me parece ser a melhor forma de sair do atoleiro onde se meteu.

  5. Olha o Partido do Paulinho das Feiras a chamar mentirosos ao outros!…
    Só rir!…
    Como tem sido hábito, o CDS não deve ter nada de mais útil para apresentar ao país!…

  6. O défice ficou abaixo de todas as previsões é preciso abater o ministro!
    É que se o Ministro continua neste caminho, quando é que nós, laranjas & Cª voltamos a governar?
    Não havendo muito por onde pegar, vamos lá aproveitar esta questão, até fritar os miolos aos portugueses..
    Vá lá pessoal, Simplório, Hibernou, Eu, Vasco…

    • Sarcástica:
      O défice…
      Sabe como foi possível à dupla Costa/Centeno chegar a um défice de 2,3%?

      – Cativações de 445 milhões de euros… o que na prática significa adiar despesas e pagamentos.
      (Faça uma pesquisa no Google por “cativações” e veja os seus efeitos na economia ou ainda no sistema nacional de saúde).

      – O perdão fiscal (PERES) que em receita extra para impostos totalizou 512,7 milhões de euros… e para a Segurança Social 92 milhões de euros.

      – A venda de aviões F-16 à Roménia pelo valor de 70 milhões euros.

      – A devolução de 264 milhões de euros por parte do fundo de resgate do euro.

      – 106,9 milhões de euros previstos entregar à Grécia pelo Orçamento de Estado para 2016 e que não foram entregues.

      – A receita do imposto sobre o tabaco que em 2016 rendeu mais 302,3 milhões de euros do que em 2015.

      – Ou o imposto sobre veículos (ISV) que este ano aumentou 98,3 milhões de euros.

      – Ou ainda o imposto sobre produtos petrolíferos (ISP) que em 2016 aumentou em 1142,2 milhões de euros.

      – Terminando a minha modesta lista, o adiamento da polémica recapitalização em 2700 milhões de euros da CGD.

      Assim, não admira que o défice tenha chegado a esse valor mas o pior será como manter esse défice em 2017 com as despesas do Estado a subir, a dívida a aumentar ainda depressa do que no tempo de Sócrates e os juros da dívida também a subir revelando a falta de confiança dos investidores em Portugal. Juros que estão duas e três vezes mais altos do que os pagos por Itália e Espanha!

      • O défice desceu, o desemprego desceu, os problemas deixados na banca estão finalmente a ser resolvidos etc, etc.
        A sua “modesta lista” é de facto extensa, mas listas extensas também as teve o anterior governo.
        Agora o que lá vai lá vai, 2017 está aí e a ver vamos. A previsão para 2016 era péssima e foi o que foi. Talvez o impossível aconteça este ano outra vez, para quê sofrer antecipadamente?
        Anime-se Simplório!
        Deixe de ser Simplório e assuma-se antes aquilo que na realidade é um “Sabido” a puxar a brasa à sua sardinha…

          • Eu estou com o simplório. E sou mesmo simplório.
            Muito do que este governo está a conseguir ainda resulta do excelente trabalho do governo anterior. Essa é a verdade. Este governo está a governar em condições bem melhores e com todo o trabalho difícil praticamente feito pelo governo anterior. Porém, o défice deste ano não pode ser dado como exemplo, porque enferma de grandes vícios de contabilidade nacional. Parte é cosmética; a outra parte é aumento da receita fiscal em alguns impostos o que se traduz num esforço fiscal insustentável para empresas e trabalhadores. Qualquer relatório comprova isto.

  7. É sempre curioso este jogo polítiqueiro. Expõe o ridiculo da falta de argumentos de alguns partidos e representa, por vezes, autênticas piruetas na apregoada “moralidade” dos mesmos.
    Gostaria imenso que o CDS, sempre tão expedito no mexerico, explicasse porque razão perde tempo com estas questões de “chacha”, tipicas de revista cusca, e não explica e/ou justifica, porque razão o seu antigo líder, o tal “irrevogável” (episódio vergonhoso, de alguém moralmente desonesto, tipicamente irresponsável pondo os seus interesses, pessoais e do partido acima do interesse do país, visto que criou instabilidade interna e externa relativamente a nós) , na qualidade de ministro da defesa, antes de sair, decidiu trazer um conjunto de documentos do ministério referentes ao negócio dos submarinos, que lesou o país em centenas de milhões, amplamente noticiado na época.
    A diferença entre uma coisa e outra é gigante.

  8. Este folhetim criado pela oposição PSD/CDS, não tem qq interesse para Portugal e para os Portugueses. Apenas serve para alimentar o orgulho ferido destes deputados, e prejudicar ainda mais estes partidos, que com os líderes que tem, arriscam a perder os seus lugares no parlamento, e diria mesmo desaparecerem como é o caso do CDS.Neste último caso, o Joãozinho terá que se refugiar no colinho dos Papás, pois não foi coerente na sua forma de actuar em relação a alguns casos que aconteceram em Portugal, com graves prejuízos para o país, por ex. o dos submarinos (por falar nisto já apareceu o processo Joãozinho???).
    Penso que já será tempo dos políticos perceberem, que em Portugal neste momento os eleitores exigem mais dos eleitos, e já não toleram políticos que elegem como prioridades os seus interesses pessoais e do partido, menosprezando quem os elegem.
    Senhores políticos, meditem nestas palavras, pois evitam situações como as verificadas nas ultimas legislativas, em que o Partido que ganhou não governou.Acreditem que custa muito ter que votar em outros Partidos,quando o que simpatizamos não apresenta soluções e ideias interessantes para melhorar a situação dos Portugueses e de Portugal.
    Por fim esse Antonio Domingues e amigos, não queriam apresentar o comprovativo de rendimentos/património pq motivo.Tinham alguma coisa a esconder???Alguém sabe o que lhes aconteceu??Para mim e para 99% dos Portugueses, não quero saber.
    CPS

  9. Mas alguém acredita que os dois não sejam cúmplices em tudo isto? epá deixem de ser anjinhos… não deixem que vos atirem areia para os olhos… ACORDEM… deixem de ser otários…

RESPONDER

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …

O que esperar da noite eleitoral, com base nas sondagens

Para além do poder local, muito está em jogo nas próximas eleições autárquicas, com algumas direções nacionais a fazerem depender seu futuro do resultado alcançado no domingo. Enquanto as urnas não abrem, uma ronda pelas …

Vulcão, La Palma

Vulcão nas Canárias com períodos mais explosivos já devastou 240 hectares

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (Canárias) mantém-se ativo, apresentando períodos mais explosivos e tendo já devastado cerca de 240 hectares de terrenos num perímetro de cerca de 16 quilómetros. Dados também fornecidos …

IVAucher só poderá ser utilizado em 1% dos restaurantes e hotéis

A apenas uma semana do início da segunda fase do IVAucher, só 1.500 empresas de restauração, alojamento e cultura, de um total de 118 mil, estão inscritas no programa. Até ao fim de agosto, os consumidores …

"Ganhámos com a covid-19". Depois do "ridículo", Secretário de Estado explica-se

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, entrou na campanha eleitoral pelos piores motivos. Tudo porque disse que "ganhámos com a covid". Uma frase que já veio explicar depois de ter sido arrasado, …

Fora dos planos de Jesus, Gabriel pode estar de saída para o Qatar

O Al-Gharafa quer Gabriel por empréstimo com duração de uma temporada. O negócio está perto de se concretizar e envolve uma opção de compra de 6 milhões de euros. O Benfica continua à procura de solução …

Ex-presidente da Catalunha detido em Itália (e pode vir aí mais uma derrota para Espanha)

Carles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha, foi detido em Itália, na Sardenha. O também eurodeputado era alvo de um mandado internacional e vai tentar, mais uma vez, escapar à extradição para Espanha. Fontes contactadas pela agência …