Proteção Civil diz que incêndio em Pedrógão Grande está dominado

Nuno André Ferreira / Lusa

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

O incêndio que começou, no sábado passado, em Pedrógão Grande foi dominado esta tarde, disse o comandante operacional, Vítor Vaz Pinto.

A Liga dos Bombeiros Portugueses já anunciou que vai fazer uma “análise exaustiva” sobre tudo o que se passou no combate às chamas do incêndio para corrigir eventuais falhas que se tenham verificado.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da LBP afirmou que a Liga dos Bombeiros “vai fazer um levantamento com todos os operacionais responsáveis que estiveram no terreno”, um trabalho que será feito depois da extinção do incêndio.

Jaime Marta Soares adiantou que este levantamento tem como objetivo fazer “uma análise exaustiva de toda a situação” para se saber aquilo que “foi bem feito e melhor se for possível” e detetar eventuais falhas para as corrigir no futuro.

“É uma atitude normal de quem tem responsabilidade”, sustentou.

O presidente da LBP disse também que têm que ser averiguadas as falhas de comunicação no SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal), avançando que o sistema parou várias vezes, mas desconhece durante quanto tempo.

Uma questão que, segundo Jaime Marte Soares, “a fita do tempo do incêndio” vai esclarecer ao mostrar “o tempo das falhas”.

O mesmo responsável considerou que o SIRESP “foi um contratempo” no sábado, mas “não foi uma falha que possa ter posto minimamente em causa a situação do combate”, tendo em conta que existiram outras “alternativas de comunicações”. “A operação nunca parou e nunca deixou de se atuar”, disse.

Hoje de manhã, o comandante operacional da Proteção Civil, Vaz Pinto, explicou que as falhas de comunicação do sistema SIRESP aconteceram tal como acontecem em qualquer sistema. “Estamos a falar de uma utilização massiva e, naturalmente, por vezes, temos alguns constrangimentos”, disse.

Apesar disso, sublinhou que se tratou de “falhas muito curtas, inferiores a meio ou um minuto e não têm tido influência”.

Num despacho assinado na segunda-feira, o primeiro-ministro pediu esclarecimento urgente sobre o funcionamento da rede SIRESP no incêndio de Pedrógão Grande, questionando se é passível de confirmação que “houve interrupção do funcionamento da rede SIRESP”.

Hoje, Marta Soares afirmou que o fogo teve “origem criminosa” e que o incêndio já estava ativo há cerca de duas horas quando ocorreu a trovoada seca. Entretanto, a Polícia Judiciária já anunciou que quer ouvir o responsável a propósito destas declarações.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …

Singapura é a inesperada vencedora da crise em Hong Kong

A instabilidade política está a levar uma crescente instabilidade económica em Hong Kong. Quem beneficia com isto é a Singapura, que surge como alternativa no mercado asiático. Em Hong Kong, o duelo entre os manifestantes contra …

Irão pediu vistos aos EUA para ir à Assembleia Geral da ONU "há meses", mas nenhum foi entregue

O Presidente do Irão ainda não recebeu visto de entrada nos EUA, podendo estar em risco a participação de Hassan Rohani na Assembleia Geral das Nações Unidas, noticiou esta quarta-feira a agência de notícias estatal …

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …