Profissionais de saúde infetados com covid-19 têm cortes no salário

Hugo Delgado / Lusa

Mais de 4.000 profissionais de saúde, infetados com o novo coronavírus, terão tido um corte no salário na ordem dos 30%.

A situação é denunciada esta sexta-feira pelo Correio da Manhã, que avança que mais de 4.000 profissionais de saúde, infetados com covid-19, terão tido um corte no salário na ordem dos 30%.

Os enfermeiros representam a maior fatia do total de profissionais infetados (cerca de 26%), seguidos dos assistentes operacionais (24%) e médicos (15%).

De acordo com o diário, está em causa o facto de a baixa médica por doença não ser paga a 100%, mas a 70%, ainda que a grande maioria destas infeções tenha sido contraída em ambiente profissional.

O CM dá conta de que, perante esta situação, um enfermeiro ou um médico não especialista, ambos infetados, de baixa médica durante um mês, levam para casa menos 270 euros.

“Há uma contradição muito grande, porque se eu tiver um contacto com um doente infetado, sou considerado alto risco e, por isso, vou para casa em isolamento profilático durante 14 dias. Se não tiver qualquer sintoma não faço teste, mas isso é totalmente indiferente, porque ainda assim vou receber sempre a totalidade do meu vencimento. Por outro lado, se contrair a doença, já sofro cortes“, disse ao matutino o vice-presidente da Ordem dos Enfermeiros, Luís Barreira.

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, considera que esta situação é “altamente injusta” e que o elevado número de profissionais infetados começa com um erro “grosseiro” numa norma da Direção-Geral da Saúde a respeito da testagem dos profissionais.

“Mas alguém entende que os profissionais na primeira linha de combate não sejam testados? Penso que o Governo pouparia uns bons trocos se testasse os trabalhadores periodicamente, em vez de os mandar para casa, a receber a 100%, sempre que há um contacto suspeito”, criticou.

A Ordem dos Enfermeiros concorda com a posição de Miguel Guimarães e diz já ter pedido a alteração desta norma. “Já fez um mês que a DGS nos respondeu a dizer que iria alterar. Ainda estamos à espera“, contou Luís Barreira.

O Correio da Manhã tentou contactar o Ministério da Saúde e a Direção-Geral da Saúde, mas não obteve resposta.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se for verdade eu pergunto,então o melhor presidente do mundo segundo as sondagens feitas cá no sítio,não faz nada?então estes profissionais que estão a dar o ”litro” para ajudar os Portugueses são assim tratados.Francamente,é melhor não dizer mais nada porque o Zap,não gosta.

  2. É revoltante se isso for verdade. Não justo que se tire a quem deu a mais, deveriam era aumentar ainda mais 30% no mínimo a esses profissionais da saúde.

  3. Vocês estão preocupados com o médico e o enfermeiro? Então e assistente operacional que só recebe o ordenado mínimo? Quanto é que acham que vai levar de corte por estar de baixa? E vocês ainda estão com a treta da linha da frente? A linha da frente somos todos NÓS!!!! O covid está em todo lado! Bem no meio da nossas casas!… A diferença é que nas urgências e internamentos de covid lá andam com equipamento especial…. Mas a linha da frente é responsabilidade de cada um de nós!!!!!

RESPONDER

Vice-presidente do Zimbabué demite-se após acusações de abuso sexual

O vice-presidente do Zimbabué, Kembo Mohadi, acusado de assédio sexual, anunciou esta segunda-feira a sua demissão do cargo, tendo reafirmado a sua inocência. "Demito-me do cargo de vice-presidente da República do Zimbabué com efeito imediato", escreveu …

Variante inglesa em 29 países europeus. Estirpe do Brasil mais transmissível (e ilude sistema imunitário)

A variante britânica do SARS-CoV-2, presente em 29 países da União Europeia, é responsável por mais de metade das infeções totais. A estirpe detetada no Brasil, apesar de pouco prevalecente na Europa, pode ter uma …

EUA extraditam pai e filho acusados de ajudar Ghosn a fugir do Japão

Dois norte-americanos, pai e filho, procurados por ajudar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, a escapar do Japão numa caixa, foram entregues à custódia japonesa esta segunda-feira. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Michael …

Até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão", diz António Lacerda Sales

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, admitiu, em entrevista ao SAPO24, que foram cometidos erros desde o início da pandemia e defendeu que até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão". Um …

Trabalhar no Interior. Benefícios fiscais tiveram impacto de 27 milhões (e programa deve ser prorrogado)

Os benefícios fiscais previstos no Programa de Valorização do Interior (PVI) tiveram um impacto de cerca de 27 milhões de euros em 2020, revelou o Ministério da Coesão Territorial, destacando a aprovação de projetos …

Regulador da aviação trava construção do aeroporto do Montijo

O parecer negativo das câmaras do Seixal e da Moita e a não emissão por Alcochete levaram a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) a recusar emitir um parecer prévio de viabilidade do aeroporto do …

França aprova vacina da AstraZeneca para maiores de 65 anos. Única dose das vacinas reduz hospitalização nos mais idosos

O Governo francês alargou a idade de toma da vacina da AstraZeneca, que estava reservada para pessoas entre os 50 e os 64 anos. A partir de agora, pessoas com até 75 anos também vão …

OMS diz que é prematuro e "não realista" pensar-se que a pandemia acaba este ano

O diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da OMS diz que é prematuro pensar-se que a pandemia termina até ao fim do ano, mas que é possível é reduzir as hospitalizações e as transmissões …

A escolha de Moedas para Lisboa (ou de como Marcelo puxou os cordelinhos no PSD)

Rui Rio foi forçado a confirmar o nome de Carlos Moedas como candidato do PSD à Câmara de Lisboa depois de ter havido uma fuga de informação para a imprensa. E há quem especule que …

Duterte demite embaixadora no Brasil filmada a agredir funcionária

Esta segunda-feira, Rodrigo Duterte anunciou ter assinado a demissão da embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro. O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, demitiu a embaixadora no Brasil, depois de esta ter sido filmada a agredir …