Professores e médicos investigados por suspeitas de atestados falsos

worldbank / Flickr

O Ministério da Educação confirma que há professores que estão a ser chamados a juntas médicas, após terem surgido suspeitas com o elevado número de destacamentos por doença. Na Ordem dos Médicos, há também processos disciplinares em curso.

Neste ano lectivo, a colocação dos professores por destacamento por doença aconteceu mais cedo do que é habitual e, perante o elevado número de casos verificados em alguns agrupamentos, levantaram-se suspeitas.

“Na sequência de queixas apresentadas e da incidência geográfica de elevado número de pedidos de mobilidade por doença, a DGAE (Direcção Geral de Estabelecimentos Escolares), em articulação com a IGEC (Inspecção Geral da Educação e Ciência), procedeu a uma análise de diversas situações”, esclarece o Ministério da Educação numa nota enviada ao Diário de Notícias.

“Na sequência desta averiguação prévia, aquelas que suscitam dúvidas serão sujeitas a acção da junta médica da ADSE”, acrescenta-se na mesma comunicação.

Não são divulgados dados quanto ao número de professores que vão ser alvo destas juntas médicas.

Mas o DN apurou que, apenas no distrito de Bragança, foram colocados 360 professores ao abrigo dos denominados destacamentos por condição específica (DCE).

A publicação frisa ainda o caso de uma única médica que terá passado “dezenas de atestados a docentes”.

Situação que, por si só, não prova que os atestados “sejam falsos”, conforme destaca o bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, ao mesmo jornal.

Este elemento confirma, contudo, que “houve de facto alguns [médicos] que emitiram um número elevado [de atestados]”.

“O ministério enviou-nos a comunicação com os nomes de vários médicos que terão passado um número significativo de atestados. Enviámos isso para os conselhos disciplinares, pedindo uma análise”, esclarece o bastonário.

Do lado dos docentes, a Federação Nacional de Educação, pela voz de João Dias da Silva destaca que “não deve pagar o justo pelo pecador, aproveitando-se esta situação para pôr em causa a lei” e os direitos das pessoas.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Seria relevante perceber porque motivos estão os professores a adoecer, e procurar os erros do sistema educativo – ao invés de andar a por em causa o sistema de saúde.

RESPONDER

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …