Professores destacados por doença chegaram mais cedo e levantam suspeitas

SESI SP / Flickr

Há vários professores preocupados e a lançarem suspeitas por causa da antecipação da colocação dos professores destacados por doença, sua ou de familiares a seu cuidado. Estes docentes, que costumam chegar em Agosto ou Setembro, chegaram este ano às escolas em Junho e há quem fale de “situações muito duvidosas”.

Em causa está o facto de estes professores, destacados por razões de saúde, estarem a ocupar horários que não serão, deste modo, colocados a concurso. Uma situação que está a indignar e a deixar desconfiados muitos docentes, noticia o Público.

O jornal reporta particularmente casos de reclamações em Coimbra e em Bragança e frisa que há professores a exigirem ao Ministério da Educação (MEC) que faça Juntas Médicas aos professores cujo destacamento por doença foi aprovado.

Estes docentes, deslocados por motivos de saúde, seja da sua parte, seja de familiares, costumavam ser colocados no fim do mês de Agosto ou já em Setembro, isto é, após a colocação dos professores. Mas, este ano, esse processo foi antecipado, o que coloca estes docentes na equação com um peso diferente e leva os professores dos quadros das escolas envolvidas a temerem uma deslocalização para outros estabelecimentos, caso não tenham turmas a quem dar aulas.

O caso agrava particularmente os destacamentos nas zonas urbanas, já que, uma vez que estão em causa pedidos de mobilidade motivados por doença, é nas maiores cidades que existem as infraestruturas hospitalares que podem prestar os cuidados necessários.

Não há dados quanto ao número de professores que pediram destacamento por doença, mas o Público fala de um “número elevado” e refere que “só em quatro agrupamentos do distrito de Bragança já foram colocados por esse motivo 260 professores”.

“Aos estabelecimentos de ensino da cidade de Coimbra chegou cerca de uma centena”, nota o jornal.

“Pelo que conhecemos das pessoas, sabemos que há situações muito duvidosas“, alerta o director do Agrupamento de Macedo de Cavaleiros, Paulo Dias, citado pelo jornal.

Perante as suspeitas, o líder da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira, sublinha que “se há situações fraudulentas que se denunciem, mas assumindo-as e concretizando-as”. “Não posso aceitar que se lance um manto de suspeição sobre todos quantos já sofrem pela doença”, refere ao Público.

José Ricardo, da Federação Nacional de Educação (FNE), considera também que “é muito perigoso levantar suspeitas sem provas quando está em causa um direito importantíssimo, o da protecção na doença”.

Do lado do MEC, garante-se que “todas as situações que configurem desconformidades serão averiguadas nos termos da lei”.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Na Secundária de Mem-Martins está lá uma com esquema desses há anos… Tem passado por várias escolas do concelho de Sintra à conta disso!

    • Se tem conhecimento de que essa “uma”, como lhe chamou, está a mentir quanto à razão que lhe permite essa situação, faça a respetiva denúncia. Assuma, em vez de levantar suspeitas ao abrigo do anonimato. Apresente queixa. Ou então, cale-se!

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …