Professores destacados por doença chegaram mais cedo e levantam suspeitas

SESI SP / Flickr

Há vários professores preocupados e a lançarem suspeitas por causa da antecipação da colocação dos professores destacados por doença, sua ou de familiares a seu cuidado. Estes docentes, que costumam chegar em Agosto ou Setembro, chegaram este ano às escolas em Junho e há quem fale de “situações muito duvidosas”.

Em causa está o facto de estes professores, destacados por razões de saúde, estarem a ocupar horários que não serão, deste modo, colocados a concurso. Uma situação que está a indignar e a deixar desconfiados muitos docentes, noticia o Público.

O jornal reporta particularmente casos de reclamações em Coimbra e em Bragança e frisa que há professores a exigirem ao Ministério da Educação (MEC) que faça Juntas Médicas aos professores cujo destacamento por doença foi aprovado.

Estes docentes, deslocados por motivos de saúde, seja da sua parte, seja de familiares, costumavam ser colocados no fim do mês de Agosto ou já em Setembro, isto é, após a colocação dos professores. Mas, este ano, esse processo foi antecipado, o que coloca estes docentes na equação com um peso diferente e leva os professores dos quadros das escolas envolvidas a temerem uma deslocalização para outros estabelecimentos, caso não tenham turmas a quem dar aulas.

O caso agrava particularmente os destacamentos nas zonas urbanas, já que, uma vez que estão em causa pedidos de mobilidade motivados por doença, é nas maiores cidades que existem as infraestruturas hospitalares que podem prestar os cuidados necessários.

Não há dados quanto ao número de professores que pediram destacamento por doença, mas o Público fala de um “número elevado” e refere que “só em quatro agrupamentos do distrito de Bragança já foram colocados por esse motivo 260 professores”.

“Aos estabelecimentos de ensino da cidade de Coimbra chegou cerca de uma centena”, nota o jornal.

“Pelo que conhecemos das pessoas, sabemos que há situações muito duvidosas“, alerta o director do Agrupamento de Macedo de Cavaleiros, Paulo Dias, citado pelo jornal.

Perante as suspeitas, o líder da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira, sublinha que “se há situações fraudulentas que se denunciem, mas assumindo-as e concretizando-as”. “Não posso aceitar que se lance um manto de suspeição sobre todos quantos já sofrem pela doença”, refere ao Público.

José Ricardo, da Federação Nacional de Educação (FNE), considera também que “é muito perigoso levantar suspeitas sem provas quando está em causa um direito importantíssimo, o da protecção na doença”.

Do lado do MEC, garante-se que “todas as situações que configurem desconformidades serão averiguadas nos termos da lei”.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Na Secundária de Mem-Martins está lá uma com esquema desses há anos… Tem passado por várias escolas do concelho de Sintra à conta disso!

    • Se tem conhecimento de que essa “uma”, como lhe chamou, está a mentir quanto à razão que lhe permite essa situação, faça a respetiva denúncia. Assuma, em vez de levantar suspeitas ao abrigo do anonimato. Apresente queixa. Ou então, cale-se!

RESPONDER

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …