Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Clonny / Flickr

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula.

Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos Alunos (APEE/RAINHA) da escola, citado pelo jornal Público, um professor de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), contratado para um horário de seis horas e cujo primeiro dia de aulas na escola ocorreu esta segunda-feira, “agrediu física e verbalmente um aluno no decorrer de uma aula, com enorme violência, de acordo com o testemunho da vítima e dos seus colegas”.

COMUNICADOConfrontada com as notícias de um episódio de agressão de um professor a um aluno do 8º ano de escolaridade,…

Publicado por APEE ES Rainha Dona Leonor em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

O Ministério da Educação anunciou que foi instaurado um processo disciplinar ao professor, tendo sido suspenso do exercício de funções de imediato. “Foi instaurado um processo disciplinar a este professor contratado, que foi de imediato suspenso do exercício de funções, em todos os estabelecimentos de ensino onde lecionava”, lê-se no comunicado. O Ministério da Educação afirma ainda que “já disponibilizou todo o apoio necessário a esta comunidade educativa” e que o “caso está entregue às autoridades”.

A Associação de Pais afirma que a PSP foi chamada a intervir e tomou conta da ocorrência no local. Os membros policiais ouviram ainda o aluno alvo das agressões e, posteriormente, três colegas como testemunhas.

“Uma segunda unidade de polícia deslocou-se à escola para registar as lesões do aluno. O docente foi identificado pela diretora do agrupamento e terá sido já ouvido pela PSP. O aluno foi acompanhado pela mãe ao hospital para observação, encontrando-se livre de perigo”, lê-se no comunicado da APEE/RAINHA.

A Associação de Pais afirma que reuniu com a diretora do agrupamento para esclarecimento da situação, sublinhando que repudia a atuação do professor e que não existe “nenhum argumento que justifique o uso de violência física e verbal por parte de um docente em sala de aula”. A APEE/RAINHA apela ao afastamento do professor da escola caso “os factos de confirmem” e afirma que irá continuar a acompanhar a situação.

“Numa escola onde a violência tem estado ausente, é com grande preocupação que a associação de pais vê um episódio violento e inadmissível acontecer dentro de uma sala de aula. Ao aluno vítima da agressão e à família, a APEE/RAINHA manifesta a sua solidariedade”, remata a Associação de Pais e comunicado.

O serviço de psicologia e orientação da escola está a acompanhar o aluno e a turma. O professor ficou detido pela PSP e será presente a tribunal esta terça-feira. Segundo uma fonte da PSP, o homem está indiciado pelos crimes de ofensa à integridade física e maus tratos a menor.

De acordo com o Público, segundo o artigo 117.º do Estatuto da Carreira Docente, o docente pode arriscar-se a uma pena de expulsão da escola por não pertencer aos quadros da escola.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Muito mal continua a ir o ensino neste país, falta de respeito por parte dos alunos que nem sequer lhes é imposto logo de inicio e depois acaba em episódios desta natureza, ou ao contrário quando são os docentes a serem vítimas. Não sei exactamente a razão, ouvi falar ter sido por causa do uso do telemóvel na aula, coisa que facilmente um governo responsável resolveria ao obrigar todo o aluno a deixar num local apropriado para o efeito o seu telemóvel enquanto as aulas durassem, desobediência a tal implicaria simplesmente uma chamada das autoridades por parte do professor e consequente penalização do aluno em causa, mas como isto é um país de brandos costumes deixa-se andar até que a situação termine da pior forma.

    • E nota-se bem que o ensino falhou no teu caso…
      É que a notícia nada tem a ver com o ensino – é sobre a detenção de um professor que agrediu um aluno!!
      O principal problema do ensino está nas casas dos alunos e não nas escolas!!

      • Tem falhado tudo, quer a educação em casa dos pais “grande parte deles” quer nas escolas onde os de boa educação em casa correm o risco de cair na má educação, é só passar junto a grupos de jovens junto das escolas e ouvir o palavreado que dali sai, daí para as acções o caminho também é curto.
        Neste caso falhou a educação, ou melhor dizendo a falta dela, o aluno foi desobediente o professor por seu lado incoerente.

        • Calma que o país não é só os subúrbios de Lisboa ou Porto…
          Essas generalizações não servem para nada a não ser para fazer “ruído” e desviar a atenção do que é realmente importante.
          A própria associações de pais fez questão de dizer isto:
          “Numa escola onde a violência tem estado ausente…”
          Eu lido com muitos estudantes e, tomara que boa parte dos adultos se comportam-se como a maioria deles…
          Neste caso, se o aluno foi mal educado, o professor foi criminoso!!
          Além disso, nem sequer havia historial de problemas, já que era o seu primeiro dia de aulas ali!

  2. Nesta país passou-se do oito para o oitenta. Não há regras de CIVILIZAÇÂO. Os alunos, com a lei de que o professor não pode bater, estão mal educados e agressivos, e os professores a seguir perdem a paciência, e eu pergunto: Onde está aqui a EDUCAÇÂO? onde está aqui o RESPEITO? Onde estão as regras de CIVILIZAÇÂO? Refiro-me de parte a parte. Para eu respeitar o aluno ele tem de me respeitar? Se o professor pediu o telemóvel ao aluno, ele só tinha de lho entregar e recupera-lo no fim da aula, ponto. Mas não, o menino tinha de “ficar por cima”, claro que agora só tem de acatar com as consequências dos seus atos e ser castigado (suspenso durante alguns dias) para tomar consciência do que fez. Tem de aprender a receber uma nega, a ser contrariado. Estes pais não têm só direitos, também têm responsabilidades neste caso, têm a obrigação de educar o seu filho.

RESPONDER

Melhorias nos edifícios e uma nova plataforma. PRR tem 45 milhões para ajudar pessoas com deficiência

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) tem 45 milhões de euros para acelerar as acessibilidades físicas para pessoas com deficiência ou incapacidades. Na terceira componente do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) disponibilizado pelo Governo, …

Siza Vieira diz que Governo está “disponível para colocar recursos públicos” na transição digital

Pedro Siza Vieira revelou estar "inteiramente disponível para colocar recursos públicos" ao serviço da transição digital e assegurou que o país "está preparado" para aproveitar fundos da UE. O ministro da Economia e da Transição Digital …

Partido de Macron impede candidata de concorrer a eleição por usar hijab

O partido do presidente francês Emmanuel Macron impediu uma mulher muçulmana de concorrer como candidata às eleições locais porque tirou uma fotografia para um panfleto de campanha usando um hijab na cabeça. Sara Zemmahi ficou famosa …

Coroa de D. Maria II arrematada por 1,3 milhões. Não vem para Portugal por falta de dinheiro

A tiara de diamantes e safiras da década de 1840, que pertenceu à rainha D. Maria II e suscitou interesse da direção do Palácio Nacional da Ajuda, foi arrematada em leilão da Christie’s por 1 …

Nova alteração no apoio à retoma. Empresas podem cortar horários em 100% em maio e junho

O Governo voltou a alterar o apoio à retoma e decidiu permitir que as empresas com quebras de, pelo menos, 75% continuem a reduzir os horários dos seus trabalhadores até 100%, no mês de maio …

É oficial. Dragão vai receber final da Champions (e com adeptos nas bancadas)

A UEFA anunciou, esta quinta-feira, que o Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, a 29 de maio. "A final da …

Nuno Mendes entra na agenda do Nápoles

Depois de ter chamado a atenção de vários clubes europeus, o clube napolitano é o mais recente interessado no jovem lateral do Sporting. Segundo o jornal Corriere dello Sport, com a qualificação quase garantida para a …

Nova ponte no Douro vai estar pronta em 2025. Vai custar 36,9 milhões de euros

A nova ponte rodoviária sobre o rio Douro custa 36,9 milhões de euros, incluindo acessos, e fica pronta em 2025, indica a proposta de lançamento de concurso que vai esta quinta-feira à reunião camarária de …

Sporting na Champions dá mais força ao regresso de Ronaldo

O internacional português pode ver com bons olhos a entrada direta do Sporting na Liga dos Campeões, numa altura em que a Juventus está cada vez mais em risco de não o conseguir. Segundo avança o …

Hospitais retomam consultas e cirurgias a todo o gás. Alguns estão melhores do que antes da pandemia

Após o cancelamento de mais de um milhão de consultas e de 150 mil cirurgias devido à covid-19, os hospitais estão a recuperar toda a atividade e alguns superaram mesmo os níveis anteriores à pandemia. Em …