Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Clonny / Flickr

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula.

Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos Alunos (APEE/RAINHA) da escola, citado pelo jornal Público, um professor de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), contratado para um horário de seis horas e cujo primeiro dia de aulas na escola ocorreu esta segunda-feira, “agrediu física e verbalmente um aluno no decorrer de uma aula, com enorme violência, de acordo com o testemunho da vítima e dos seus colegas”.

COMUNICADOConfrontada com as notícias de um episódio de agressão de um professor a um aluno do 8º ano de escolaridade,…

Publicado por APEE ES Rainha Dona Leonor em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

O Ministério da Educação anunciou que foi instaurado um processo disciplinar ao professor, tendo sido suspenso do exercício de funções de imediato. “Foi instaurado um processo disciplinar a este professor contratado, que foi de imediato suspenso do exercício de funções, em todos os estabelecimentos de ensino onde lecionava”, lê-se no comunicado. O Ministério da Educação afirma ainda que “já disponibilizou todo o apoio necessário a esta comunidade educativa” e que o “caso está entregue às autoridades”.

A Associação de Pais afirma que a PSP foi chamada a intervir e tomou conta da ocorrência no local. Os membros policiais ouviram ainda o aluno alvo das agressões e, posteriormente, três colegas como testemunhas.

“Uma segunda unidade de polícia deslocou-se à escola para registar as lesões do aluno. O docente foi identificado pela diretora do agrupamento e terá sido já ouvido pela PSP. O aluno foi acompanhado pela mãe ao hospital para observação, encontrando-se livre de perigo”, lê-se no comunicado da APEE/RAINHA.

A Associação de Pais afirma que reuniu com a diretora do agrupamento para esclarecimento da situação, sublinhando que repudia a atuação do professor e que não existe “nenhum argumento que justifique o uso de violência física e verbal por parte de um docente em sala de aula”. A APEE/RAINHA apela ao afastamento do professor da escola caso “os factos de confirmem” e afirma que irá continuar a acompanhar a situação.

“Numa escola onde a violência tem estado ausente, é com grande preocupação que a associação de pais vê um episódio violento e inadmissível acontecer dentro de uma sala de aula. Ao aluno vítima da agressão e à família, a APEE/RAINHA manifesta a sua solidariedade”, remata a Associação de Pais e comunicado.

O serviço de psicologia e orientação da escola está a acompanhar o aluno e a turma. O professor ficou detido pela PSP e será presente a tribunal esta terça-feira. Segundo uma fonte da PSP, o homem está indiciado pelos crimes de ofensa à integridade física e maus tratos a menor.

De acordo com o Público, segundo o artigo 117.º do Estatuto da Carreira Docente, o docente pode arriscar-se a uma pena de expulsão da escola por não pertencer aos quadros da escola.

ZAP //

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Muito mal continua a ir o ensino neste país, falta de respeito por parte dos alunos que nem sequer lhes é imposto logo de inicio e depois acaba em episódios desta natureza, ou ao contrário quando são os docentes a serem vítimas. Não sei exactamente a razão, ouvi falar ter sido por causa do uso do telemóvel na aula, coisa que facilmente um governo responsável resolveria ao obrigar todo o aluno a deixar num local apropriado para o efeito o seu telemóvel enquanto as aulas durassem, desobediência a tal implicaria simplesmente uma chamada das autoridades por parte do professor e consequente penalização do aluno em causa, mas como isto é um país de brandos costumes deixa-se andar até que a situação termine da pior forma.

    • E nota-se bem que o ensino falhou no teu caso…
      É que a notícia nada tem a ver com o ensino – é sobre a detenção de um professor que agrediu um aluno!!
      O principal problema do ensino está nas casas dos alunos e não nas escolas!!

      • Tem falhado tudo, quer a educação em casa dos pais “grande parte deles” quer nas escolas onde os de boa educação em casa correm o risco de cair na má educação, é só passar junto a grupos de jovens junto das escolas e ouvir o palavreado que dali sai, daí para as acções o caminho também é curto.
        Neste caso falhou a educação, ou melhor dizendo a falta dela, o aluno foi desobediente o professor por seu lado incoerente.

        • Calma que o país não é só os subúrbios de Lisboa ou Porto…
          Essas generalizações não servem para nada a não ser para fazer “ruído” e desviar a atenção do que é realmente importante.
          A própria associações de pais fez questão de dizer isto:
          “Numa escola onde a violência tem estado ausente…”
          Eu lido com muitos estudantes e, tomara que boa parte dos adultos se comportam-se como a maioria deles…
          Neste caso, se o aluno foi mal educado, o professor foi criminoso!!
          Além disso, nem sequer havia historial de problemas, já que era o seu primeiro dia de aulas ali!

  2. Nesta país passou-se do oito para o oitenta. Não há regras de CIVILIZAÇÂO. Os alunos, com a lei de que o professor não pode bater, estão mal educados e agressivos, e os professores a seguir perdem a paciência, e eu pergunto: Onde está aqui a EDUCAÇÂO? onde está aqui o RESPEITO? Onde estão as regras de CIVILIZAÇÂO? Refiro-me de parte a parte. Para eu respeitar o aluno ele tem de me respeitar? Se o professor pediu o telemóvel ao aluno, ele só tinha de lho entregar e recupera-lo no fim da aula, ponto. Mas não, o menino tinha de “ficar por cima”, claro que agora só tem de acatar com as consequências dos seus atos e ser castigado (suspenso durante alguns dias) para tomar consciência do que fez. Tem de aprender a receber uma nega, a ser contrariado. Estes pais não têm só direitos, também têm responsabilidades neste caso, têm a obrigação de educar o seu filho.

Responder a hcs Cancelar resposta

Rússia anuncia eficácia de 95% da vacina Sputnik V

A Rússia anunciou, esta terça-feira, que sua vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, tem uma eficácia de 95%, segundo resultados preliminares. Em comunicado no site oficial da vacina russa, o Centro …

Emigrantes querem votar por correio nas presidenciais

O movimento de emigrantes "Também somos portugueses" pede a alteração urgente das leis eleitorais para que possam votar por correio, no mesmo dia em que Marcelo Rebelo de Sousa, atual Presidente da República, anuncia a …

"Um objectivo histórico". Efacec leva luz a todo o Ruanda

A Efacec instalou três sub-estações de alta tensão no Ruanda, contribuindo atingir "um objetivo histórico da República do Ruanda" com "a electrificação total do país em 2023". O projecto da empresa portuguesa está orçado em …

Portugal com mais 85 mortes e 3919 casos de covid-19. Número de internados nunca foi tão alto

Portugal regista, esta terça-feira, mais 85 mortes e 3919 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3919 novos casos, 2284 …

Vésperas de feriado sem confinamento obrigatório

Nos dias 30 de novembro e 07 de dezembro, que antecedem os dois feriados, não serão aplicadas as restrições de circulação definidas para os fins de semana e feriados, embora as escolas interrompam a atividade …

Eduardo Catroga: Foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar apoio do PCP e do BE

Eduardo Catroga, antigo ministro das Finanças de Cavaco Silva, defende que foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar o apoio do PCP e do Bloco de Esquerda, partidos "anti-tudo". O ex-ministro das Finanças …

Ministra garante que situação nas prisões está "controlada". PSD diz que Governo está "sem rei nem roque"

Esta segunda-feira, a ministra da Justiça Francisca Van Dunem esteve reunida com Marcelo Rebelo de Sousa, em Belém, num encontro em que participou também a ministra da Saúde, Marta Temido. À saída de uma audiência com …

Autarcas do Norte aceitam novas restrições, mas falam em falta de preparação e coerência por parte do Governo

A maioria dos autarcas do distrito do Porto concorda que era preciso apertar mais as restrições na região norte. Os líderes da câmaras aceitam as decisões com medo da alternativa, mas deixam algumas críticas à …

Porto é o único distrito do Norte onde novos casos diminuíram. Bragança, Viana e Vila Real em crescimento

De acordo com um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte, o distrito do Porto registou, entre a segunda e terceira semana de novembro, uma diminuição de novos casos de infeção por covid-19. É …

Astrónomos detetaram milhões de sinais de uma civilização inteligente. Mas éramos nós

Uma equipa de astrónomos da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, detetou "assinaturas de tecnologia", ou emissões de rádio de baixa frequência, que podem apontar para uma possível tecnologia alienígena. No entanto, uma análise posterior …