Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Clonny / Flickr

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula.

Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos Alunos (APEE/RAINHA) da escola, citado pelo jornal Público, um professor de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), contratado para um horário de seis horas e cujo primeiro dia de aulas na escola ocorreu esta segunda-feira, “agrediu física e verbalmente um aluno no decorrer de uma aula, com enorme violência, de acordo com o testemunho da vítima e dos seus colegas”.

COMUNICADOConfrontada com as notícias de um episódio de agressão de um professor a um aluno do 8º ano de escolaridade,…

Publicado por APEE ES Rainha Dona Leonor em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

O Ministério da Educação anunciou que foi instaurado um processo disciplinar ao professor, tendo sido suspenso do exercício de funções de imediato. “Foi instaurado um processo disciplinar a este professor contratado, que foi de imediato suspenso do exercício de funções, em todos os estabelecimentos de ensino onde lecionava”, lê-se no comunicado. O Ministério da Educação afirma ainda que “já disponibilizou todo o apoio necessário a esta comunidade educativa” e que o “caso está entregue às autoridades”.

A Associação de Pais afirma que a PSP foi chamada a intervir e tomou conta da ocorrência no local. Os membros policiais ouviram ainda o aluno alvo das agressões e, posteriormente, três colegas como testemunhas.

“Uma segunda unidade de polícia deslocou-se à escola para registar as lesões do aluno. O docente foi identificado pela diretora do agrupamento e terá sido já ouvido pela PSP. O aluno foi acompanhado pela mãe ao hospital para observação, encontrando-se livre de perigo”, lê-se no comunicado da APEE/RAINHA.

A Associação de Pais afirma que reuniu com a diretora do agrupamento para esclarecimento da situação, sublinhando que repudia a atuação do professor e que não existe “nenhum argumento que justifique o uso de violência física e verbal por parte de um docente em sala de aula”. A APEE/RAINHA apela ao afastamento do professor da escola caso “os factos de confirmem” e afirma que irá continuar a acompanhar a situação.

“Numa escola onde a violência tem estado ausente, é com grande preocupação que a associação de pais vê um episódio violento e inadmissível acontecer dentro de uma sala de aula. Ao aluno vítima da agressão e à família, a APEE/RAINHA manifesta a sua solidariedade”, remata a Associação de Pais e comunicado.

O serviço de psicologia e orientação da escola está a acompanhar o aluno e a turma. O professor ficou detido pela PSP e será presente a tribunal esta terça-feira. Segundo uma fonte da PSP, o homem está indiciado pelos crimes de ofensa à integridade física e maus tratos a menor.

De acordo com o Público, segundo o artigo 117.º do Estatuto da Carreira Docente, o docente pode arriscar-se a uma pena de expulsão da escola por não pertencer aos quadros da escola.

ZAP //

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Muito mal continua a ir o ensino neste país, falta de respeito por parte dos alunos que nem sequer lhes é imposto logo de inicio e depois acaba em episódios desta natureza, ou ao contrário quando são os docentes a serem vítimas. Não sei exactamente a razão, ouvi falar ter sido por causa do uso do telemóvel na aula, coisa que facilmente um governo responsável resolveria ao obrigar todo o aluno a deixar num local apropriado para o efeito o seu telemóvel enquanto as aulas durassem, desobediência a tal implicaria simplesmente uma chamada das autoridades por parte do professor e consequente penalização do aluno em causa, mas como isto é um país de brandos costumes deixa-se andar até que a situação termine da pior forma.

    • E nota-se bem que o ensino falhou no teu caso…
      É que a notícia nada tem a ver com o ensino – é sobre a detenção de um professor que agrediu um aluno!!
      O principal problema do ensino está nas casas dos alunos e não nas escolas!!

      • Tem falhado tudo, quer a educação em casa dos pais “grande parte deles” quer nas escolas onde os de boa educação em casa correm o risco de cair na má educação, é só passar junto a grupos de jovens junto das escolas e ouvir o palavreado que dali sai, daí para as acções o caminho também é curto.
        Neste caso falhou a educação, ou melhor dizendo a falta dela, o aluno foi desobediente o professor por seu lado incoerente.

        • Calma que o país não é só os subúrbios de Lisboa ou Porto…
          Essas generalizações não servem para nada a não ser para fazer “ruído” e desviar a atenção do que é realmente importante.
          A própria associações de pais fez questão de dizer isto:
          “Numa escola onde a violência tem estado ausente…”
          Eu lido com muitos estudantes e, tomara que boa parte dos adultos se comportam-se como a maioria deles…
          Neste caso, se o aluno foi mal educado, o professor foi criminoso!!
          Além disso, nem sequer havia historial de problemas, já que era o seu primeiro dia de aulas ali!

  2. Nesta país passou-se do oito para o oitenta. Não há regras de CIVILIZAÇÂO. Os alunos, com a lei de que o professor não pode bater, estão mal educados e agressivos, e os professores a seguir perdem a paciência, e eu pergunto: Onde está aqui a EDUCAÇÂO? onde está aqui o RESPEITO? Onde estão as regras de CIVILIZAÇÂO? Refiro-me de parte a parte. Para eu respeitar o aluno ele tem de me respeitar? Se o professor pediu o telemóvel ao aluno, ele só tinha de lho entregar e recupera-lo no fim da aula, ponto. Mas não, o menino tinha de “ficar por cima”, claro que agora só tem de acatar com as consequências dos seus atos e ser castigado (suspenso durante alguns dias) para tomar consciência do que fez. Tem de aprender a receber uma nega, a ser contrariado. Estes pais não têm só direitos, também têm responsabilidades neste caso, têm a obrigação de educar o seu filho.

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …