Prisão efetiva para homem que roubou seis euros

O Tribunal Judicial de Braga condenou nesta segunda-feira a um ano e meio de prisão efetiva um homem que roubou seis euros a outro na via pública, em janeiro de 2016, naquela cidade.

O arguido vai ter ainda de devolver os seis euros à vítima e de lhe pagar uma indemnização de 250 euros por danos não patrimoniais.

Para a não suspensão da pena, o tribunal teve em conta os antecedentes criminais do arguido, já a cumprir pena de prisão à ordem de outro processo.

No julgamento, o arguido confessou o crime, mostrou-se arrependido e pediu desculpa à vítima. Disse que na altura consumia estupefacientes e que “andava desesperado” por falta de dinheiro para comprar a droga.

Segundo a acusação, o arguido abeirou-se da vítima, disse-lhe que tinha uma faca e exigiu que lhe desse o dinheiro que tinha consigo. A vítima deu-lhe a carteira, com seis euros, que o arguido retirou e levou consigo, pondo-se em fuga.

// Lusa

PARTILHAR

27 COMENTÁRIOS

  1. Lei portuguesa é um nojo .
    Matam pessoas saem em liberdade.
    Assaltam milhões ficam na maior e a desfrutar .
    Violam pessoas e ficam em liberdade.
    E roubar 6 euros Da prisão.

    Acho que a lei portuguesa é uma lei boa e prudente.
    O problema está nos criminosos que são colocados no poder … juízes policias governantes etc….

    • “Lei portuguesa é um nojo.”
      “Acho que a lei portuguesa é uma lei boa e prudente.”
      Que confusão vai nessa cabeça!…
      É que nem ler sabes – ele já estava preso:
      “o tribunal teve em conta os antecedentes criminais do arguido, já a cumprir pena de prisão à ordem de outro processo.”

    • Concordamos todos que a justiça está ao serviço do crime, mas não podemos fazer nada para alterar.
      Se houver algum Juiz que queira justiça, acontece o que vai acontecer ao Juiz Carlos Alexandre.

  2. Acho muito bem!!
    Quem faz asneira tem que ser penalizado senão cria-se um clima de impunidade que leva à desordem total.
    Agora só falta fazerem o mesmo à criminalidade mais complexa, à corrupção, etc.

      • Se está mal em algumas situações, a solução é corrigir; não é deixar os bandidos que roubam 6€ andar à vontade só porque o Salgado está em liberdade!..

    • Ah! Ah! Ah!
      E o Salgado continua na sua vivenda de luxo: venham dias, chuvam noites!
      E os comparsas, o Bava, o Granada, os outros todos na maior!
      O Engenhoso Sócrates mudou-se para um T5 de luxo na costa dourada!
      O Vara ainda quer passar o Natal com a família, antes de ir para onde deveria estar há muito!
      Isto é um país de brincadeira!
      E o Zé nem pestaneja…
      Arre burro!

  3. Eu não critico que é preso por roubar à mão armada 6 euros, segundo ouvi nas noticias já tinha tido 13 condenações antes e se foram 3 condenações nem imagino as vezes que foi apanhado. Agora critico quem desviou muito mais e não está preso, por exemplo Salgado, Oliveira e Costa, etc etc

  4. Acho que a justiça foi curta. No mínimo era encostá-lo 25 anos que é o máximo que a nossa lei permite.
    Então anda um primeiro-ministro e a sua quadrilha a roubar milhões com todo o cuidado durante décadas, em esquemas de amigos, amigos de amigos, empresas offshore,… e ficam todos soltos e depois vem este merdas roubar assim à tromba estendida 6 euros… à luz do dia! Prenda-se este bandalho e atire-se a chave em alto mar…

  5. Neste caso concreto concordo com a pena, agora falta saber se a prisão cumpre a sua função: Recuperação/desintoxicação e reinserção social.

      • O castigo é a privação da liberdade mas o tempo passado na prisão deveria ser passado a preparar o indivíduo para não voltar a cometer crimes.

        • Verdade. Mas como a escola por lá anda um tanto inquinada, acabam por sair com a licenciatura mas na área do crime. O habito de nada fazer e viver por conta, os contactos e a incapacidade de reinserção fazem o resto: meses depois estão de volta ao mesmo!

          • Não é verdade. O Isaltino foi dentro e quando saiu… saiu bem… e agora até é novamente autarca, onde supostamente terá metido a mão no pote. É um excelente exemplo de regeneração. Voltou à estaca zero. E o povo de Oeiras demonstra toda a sua inteligência ao dar uma segunda oportunidade ao obreiro Isaltino. Venha daí mais obras Isaltino… o obreiro!

  6. : “Recuperação/desintoxicação e reinserção social” – Concordo a 100%: são gastos milhões para terem as pessoas presas, mas para Educar/formação para a Cidadania, ainda está muito aquém do necessário. Falamos muito em direitos e muito pouco em obrigações, não prevenimos as causas depois não é possível resolver as consequências…

  7. Segundo a lei oculta de crimes sobre o capital só é considerado roubo tudo que seja abaixo de 1.000.000€ porque quem comete desvioa acima deste valor é considerada pessoa com poderes especiais e ininputável. Tudo que seja inferior a esse valor está sujeito a condenação onde a pena máxima corresponde ao roubo de 1€. Este roubou 6€, podia ter sido mais audacioso e a pena era inferior, tipo 100€ era condenado a 3meses.

  8. Se isto nao fosse sério até era para rir. O culpado aqui neste caso nao será o culpado??? Nao devia estar internado???? Como é possivel prender por um ano por 6 euros, quando os grandes gatunos e ladroes que roubaram milhares de milhoes estão à solta e a gozar à brava o nosso dinheiro. Como querem que os Portugueses confiem na justiça, quando dão sentenças destas. Nao bastava multa-lo e apanhar pena suspensa???

    • Para rir é a tua capacidade de leitura/interpretação!…
      Vai lá tentar ler tudo outra vez e pode ser que percebas que não foi preso por roubar “apenas” 6€… aliás, ele já está preso a cumprir outra sentença!!

  9. Para rir é a tua (falta de) capacidade de leitura/interpretação!…
    Vai lá tentar ler tudo outra vez e pode ser que percebas que não foi preso por roubar “apenas” 6€… aliás, ele já está preso a cumprir outra sentença!!

  10. respeito que tem que haver alguma coisa, como trabalho comunitario perante a situação que é, mas nada mais pois os grandes ladrões ficam cá fora é como se diz, roubas 5€ és ladrão, roubas milhões é um desvio, pouca vergonha.

  11. O problema não é os 6 euros que arrecacou, o assaltado até poderia ter na sua posse 600 ou 6000 euros. Para além de reincidente o assaltante efectuou um assalto violento, aparentemente com uma faca, e neste tipo de crime nunca se sabe como irá acabar. Não foi apenas um simples furto.

  12. Se a opção, necessidade ou o facto de estar à margem da sociedade, for roubar, deve pensar num esquema de milhões, aí não tem problema, está protegido pelas Leis e por quem julga.
    Ainda diz o nosso primeiro de que vamos ajudar os Angolanos a combater a corrupção.
    Os Angolanos que se ponham finos.

Responder a Eu! Cancelar resposta

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …