Prisão efectiva para autarca que pagou cruzeiro, jantares e dívidas com dinheiro da Junta

(dr)

Fausto Santos, ex-presidente da Junta de Freguesia de Campolide

Um autarca que fez um cruzeiro pelas ilhas gregas com a mulher, às custas da Junta de Freguesia que presidia, foi condenado a cinco anos de prisão efectiva. Há suspeitas do desvio de mais de 25 mil euros, incluindo o pagamento de jantares, compras pessoais e até de um livro que nunca existiu.

O caso é reportado pelo Público que dá conta da condenação a cinco anos e meio de prisão efectiva e ao pagamento de uma multa de 1.800 euros de Fausto Santos, ex-presidente da junta de freguesia de Campolide, em Lisboa.

O ex-autarca eleito pelo PSD foi considerado culpado por seis crimes de peculato, dois de falsificação de documentos, um de prevaricação e outro de abuso de poderes.

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa considerou-o culpado do desvio de quase 25.200 euros dos cofres da Junta a que presidiu entre 2005 e 2009, considerando que o autarca teve “pouco sentido de responsabilidade e de ética, fraca interiorização dos seus deveres enquanto eleito local” e “ligeireza no exercício do cargo”, cita o jornal.

Em causa está, concretamente, um cruzeiro que fez pelas ilhas gregas, em 2008, com a mulher, o tesoureiro da Junta e a mulher deste e duas crianças, no valor de 4.710 euros. A Junta pagou 1.900 euros daquele valor, “mais 707,31 de ajudas de custo ao presidente”, reporta o jornal.

O ex-tesoureiro também foi condenado a um ano e quatro meses de prisão, com pena suspensa.

O Tribunal considera ainda que Fausto Santos gastou mais de nove mil euros da Junta em 120 jantares para “proveito pessoal”, mencionando nomeadamente um jantar “com 37 pessoas” que custou 720 euros, outro com “Helena Roseta e staff” no valor de 442,80 euros e uma refeição com “membros da assembleia municipal” por 332 euros.

“Tinha todo o direito de o fazer” porque foram “encontros de trabalho”, defende-se no Público o ex-autarca, notando que foram jantares com elementos da autarquia ou da Junta.

O Tribunal condena o autarca também pelo alegado “apoio” financeiro prestado pela Junta à delegação de Benfica do Rotary Clube de Lisboa, a que Fausto Santos presidiu. Estão em causa 5.282 euros que saíram da Junta mas apenas apareceu o rasto de 1.500 euros que correspondiam a uma “dívida pessoal do autarca ao Rotary Clube”.

O ex-presidente é ainda acusado de meter ao bolso 6.150 euros do dinheiro pago por reformados de uma viagem feita, através da Junta, aos Açores, e de ter comprado um iPhone, uma máquina fotográfica, um computador, um GPS e outros aparelhos tecnológicos com dinheiros públicos, mas para proveito próprio.

Fausto Santos também deu ordem para gastar 7.150 euros no apoio a uma amiga jornalista que estaria a escrever um livro sobre “a vida de um judeu que sobreviveu ao Holocausto e vive em Portugal”. Um livro que nunca chegou a ser publicado.

O autarca diz ao Público que vai recorrer da sentença e acusa os juízes que o condenaram de serem “completamente irrealistas”. “Não cometi crime nenhum”, diz ainda, falando de “uma perfeita conspiração” contra si e o seu executivo.

Fausto Santos queixa-se ainda de que “o tribunal não quis ouvir” as suas explicações. “Qualquer pessoa que entre lá está condenada antes de ir. E não é o Estado que tem de provar a culpa, é o cidadão que tem de dizer que não é culpado. Isto é uma autêntica subversão”, lamenta.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. É só foi apanhado e condenado apenas um neste país?
    Existem “milhares” neste jardim plantado a beira mar…(que se está a transformar em terra queimada…)!

    • Não…. tu é que, pelos vistos, andas a dormir!…
      .
      Em relação a esta condenação, acho muito bem e fazem falta mais destas para ver se esta gente se começa a comportar correctamente!!

      • Os próximos vai ser os teus colegas de partido…mas, não te preocupes! Há-de chegar à tua vez…não penses em fugir!

        • Coitado… isso está mesmo mau…
          Eu não tenho “colegas de partido” e muito menos me dou com vigaristas!
          O que claramente fugiu foi a tua inteligência!…

    • Não acho Sr. H. Neto, este foi mais um. Então o que dizer de Isaltino, de Macário Correia, de Vasques Neto, dos outros muitos e inumeros acusados que os processos correm? Inclusivamente do ex-1º Ministro? Grão grão a galinha….! Todo o Perú tem o seu natal, inclusivê o super calado Chefe dos submarinos terá também o seu tempo. Esperemos,… há ainda muitos compadres que vão descobrir as comadres. Os ex-BES por exemplo, ( e muitos outros) têm na gaveta um saco que no seu tempo vão de certeza abrir. Esperemos.

      • Tem razão…caro Comentador!
        Já me esquecia destes…mas ainda existem “muitos” outros que se encontram à espera da prescrição!
        Pois a Justiça…distingue os que tem dinheiro ou não! Como… o caso de um esfomeado que roubou uma galinha congelada de um supermercado…e foi parar à cadeia!

  2. Toda a gente sabe que um autarca que rouba, tem que fazer! Vem logo na primeira página princípio do manual. Este, é claro que não leu as instruções.

  3. coitadinho…. ele diz que “Não cometi crime nenhum”… e deve ser verdade!!!, ajudem com uma petição para o libertar e crowdfunding para pagasr as custas do tribunal…. 😉

  4. Estamos a começar a chega à Islândia ????????????????????
    Depois de solto volta a concorrer não é verdade ???????????????

RESPONDER

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …

Cães podem ter consciência corporal tal como os humanos

Os cães podem não ser capazes de se reconhecer em frente a um espelho, mas isso não significa que não tenham um certo nível de autoconsciência. De acordo com o site Science Alert, um novo estudo …

Moratórias de crédito à habitação terminam a 31 em Março. Famílias terão de procurar opções

Todas as moratória públicas para o crédito à habitação terminam a 30 de Setembro, mas a dos bancos expira já no próximo mês. Uma das soluções para quem não consegue cumprir os pagamentos é a …

Finanças: Mais dinheiro para a TAP só com novo acordo com Bruxelas

O Ministério das Finanças refere que, enquanto não houver a luz verde de Bruxelas ao plano de reestruturação, não há mais apoio público à companhia aérea.  A TAP só garante a liquidez até final de março, …