Presidente da Associação Zoófila acusada de fazer “negócios consigo mesma”

Ana Fernandes / Facebook

A presidente da Associação Zoófila Portuguesa, Ana Fernandes

Ana Fernandes, presidente demissionária da Associação Zoófila Portuguesa (AZP), foi alvo de uma queixa-crime, por parte do Conselho Fiscal da própria associação, por ter “negócios consigo mesma”.

Segundo o Diário de Notícias, que avançou a notícia, a presidente do Conselho Fiscal da AZP, Luísa Coelho, apresentou na semana passada uma queixa-crime contra a presidente da instituição, Ana Fernandes, por alegado abuso de confiança.

“Há uma sensação de impunidade. Não podemos aceitar estes comportamentos. Uma pessoa que está a gerir o dinheiro dos outros não pode agir assim. Que podemos fazer para que a senhora deixe de achar que a associação é ela?”, disse Luísa Coelho.

Ana Fernandes, que presidia à associação desde 2009, está demissionária tal como toda a restante direção desde 20 de junho. Segundo o mesmo jornal, Ana Fernandes é “suspeita de ter feito “negócios consigo mesma“.

Em causa estarão irregularidades imputadas à presidente da associação e deputada municipal do PAN em Odivelas, que tem em seu nome uma empresa, a Izumix, que prestava serviços à associação.

Entre as irregularidades estão ainda a compra de um telemóvel por 843 euros sem decisão colegial prévia e a aquisição, em fevereiro de 2017, de mais de três mil euros de ração fora de prazo de uma marca de que a sua empresa detinha a representação.

Ana Fernandes, em declarações ao DN, disse que “nunca tomou decisões sem respaldo da restante direção” e lembra que “as contas foram sempre aprovadas por sucessivos conselhos fiscais, incluindo o que a acusa de abuso de confiança”.

A presidente demissionária não nega que a empresa de que é proprietária desde 2011 cobrou serviços à AZP, salientando que os membros da direção sabiam da sua relação com a empresa.

“Faturas foram entregues, seguiram circuitos administrativos normais, passaram por várias pessoas e foram validadas pela tesouraria. O nome da empresa aparece nos balancetes. Não só nunca escondi que a empresa era minha como disse, em várias oportunidades, que tinha uma empresa. Além de ser informação pública”, disse.

“O potencial conflito de interesses foi avaliado pelos órgãos sociais e aceite dados os benefícios que trazia à AZP”, rematou.

“Versão pindérica do caso Raríssimas”

Eurico Pinto, que desempenhava funções como tesoureiro na direção que saiu no início do ano, disse ao DN: “Alguém me disse que isto é a versão pindérica da Raríssimas e concordo. A presidente tomava decisões, omitia informação aos membros da direção, punha e dispunha”.

Mas Eurico Pinto, de 55 anos, por quem passavam todas as autorizações de pagamento, conhecia o nome Izumix desde que Ana Fernandes propôs a contratação de uma pessoa para fazer “a gestão da dívida” à AZP, ou seja, para tentar cobrar junto dos clientes devedores.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. É melhor deixar a dita cuja negociar à sua vontade… se a incomodam muito pede uma indemnizaçao e o povinho tem que desembolsar uns cobres valentes para a cuja dita!

  2. O que dizer acerca desta noticia. A SER VERDADE é mais uma vergonha, falta de respeito e um encher os “bolsos” á custa da desgraça alheia. Fala-se e critica-se tanto o dinheiro ganho por criadores de cães e de quem os compra e eis que temos gentalha que se armam em humanos bonzinhos a defender os animais e só querem encher a carteira. Se calhar é por estas situações que não há dinheiro para pagar um bem essencial: ÀGUA. ATÉ ONDE ESTÁ A CHEGAR A POBREZA DE ESPIRITO? Até onde vai a sem vergonhice? É por isso que quando se pede ajuda para compra de ração e medicamentos há pessoas que desconfiam se é para isso mesmo ou para pagar as contas de alguém

  3. O problema é que o Correio da Manhã foi desenterrar a faturação da empresa dela e vejam só:
    Associação paga 130 mil euros a dirigente
    29.06.2018 08:31 por CM 0
    Faturação de 2015 e 2016 apresenta valores idênticos de 54 185 euros.

    Por Correio da Manhã

    A Izumix, empresa constituída em novembro de 2011 por Ana Fernandes, presidente demissionária da Associação Zoófila Portuguesa (AZP) e deputada municipal do PAN de Odivelas, faturou mais de 130 mil euros entre 2014 e 2016.

    Esta é a empresa que está na origem de uma queixa-crime, por abuso de confiança, feita contra Ana Fernandes, pela presidente do Conselho Fiscal da AZP, Luísa Coelho. Segundo noticiou o ‘Diário de Notícias’, vários membros e funcionários da AZP acusam a gestora de realizar “negócios consigo própria”.

    De acordo com os relatórios de contas a que o CM teve acesso, referentes aos três últimos anos de prestação de contas, a Izumix faturou 22 216 euros em 2014, e em 2015 e 2016 registou uma faturação idêntica de 54 185 euros.

    Acresce que nestes três anos não declarou gastos com pessoal. A única sócia é Ana Fernandes. Não há no Portal da Justiça registo de qualquer alteração desde a sua constituição.

    A empresa alegadamente recebe da AZP por serviços de manutenção ao hospital veterinário.

    O CM enviou questões à AZP, mas até à hora de fecho não obteve resposta.

  4. Associação paga 130 mil euros a dirigente
    29.06.2018 08:31 por CM 0
    Faturação de 2015 e 2016 apresenta valores idênticos de 54 185 euros.

    Por Correio da Manhã

    A Izumix, empresa constituída em novembro de 2011 por Ana Fernandes, presidente demissionária da Associação Zoófila Portuguesa (AZP) e deputada municipal do PAN de Odivelas, faturou mais de 130 mil euros entre 2014 e 2016.

    Esta é a empresa que está na origem de uma queixa-crime, por abuso de confiança, feita contra Ana Fernandes, pela presidente do Conselho Fiscal da AZP, Luísa Coelho. Segundo noticiou o ‘Diário de Notícias’, vários membros e funcionários da AZP acusam a gestora de realizar “negócios consigo própria”.

    De acordo com os relatórios de contas a que o CM teve acesso, referentes aos três últimos anos de prestação de contas, a Izumix faturou 22 216 euros em 2014, e em 2015 e 2016 registou uma faturação idêntica de 54 185 euros.

    Acresce que nestes três anos não declarou gastos com pessoal. A única sócia é Ana Fernandes. Não há no Portal da Justiça registo de qualquer alteração desde a sua constituição.

    A empresa alegadamente recebe da AZP por serviços de manutenção ao hospital veterinário.

    O CM enviou questões à AZP, mas até à hora de fecho não obteve resposta.

RESPONDER

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …

Milhares fugiram, mas Sakae Kato ficou. O homem que salva gatos abandonados em Fukushima há 10 anos

Durante a última década, um homem em Fukushima, no Japão, tem salvado todos os gatos na área abandonada de onde milhares de pessoas fugiram durante o desastre da central nuclear - e ainda continua a …

Governador de Nova Iorque "reescreveu relatório" para esconder mortes em lares

  Assistentes do governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, terão reescrito um relatório das autoridades de saúde locais, no verão de 2020, que apontava para um número de mortes por covid-19 nos lares de idosos muito …

"Europa vai andar para trás". Pandemia faz "descarrilar conquistas de igualdade"

Empregos perdidos, horários de trabalho reduzidos e violência doméstica crescente provam que o impacto da pandemia foi mais forte nas mulheres e fez “descarrilar as conquistas de igualdade”, alerta o Instituto Europeu para a Igualdade …