Presenças-fantasma. César desafiou e Negrão acusou-o de não ter moral para falar

Manuel de Almeida / Lusa

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão

O líder parlamentar do PSD não gostou de ouvir o presidente da bancada do PS a dizer que deputado seu com uma falsa presença não se manteria no grupo. Negrão ripostou com o caso das viagens às ilhas.

Fernando Negrão admitiu que a deputada Mercês Borges, que esta quinta-feira se demitiu dos cargos na bancada social-democrata, teve um “comportamento menos adequado” após as notícias de que votou no Orçamento por Barreiras Duarte. Mas remeteu para o Conselho de Jurisdição Nacional do PSD a decisão sobre o mandato de deputada.

“Sobre a renúncia, só ela pode dizer”, respondeu Negrão, citado pelo Observador, em relação à manutenção de Mercês Borges como deputada. A decisão é “do Conselho de Jurisdição, a direção da bancada não o pode fazer”, disse o deputado que não “prevê outros casos” da mesma natureza na sua bancada embora “não possa garantir a 100%” que isso não venha a acontecer.

A decisão de Mercês Borges de se afastar dos cargos que tinha na bancada parlamentar foi iniciativa da deputada, confirmou Negrão, que disse que a social-democrata “achou que havia razões” para se demitir. “Não seria eu a contrariar porque também acho que, a confirmar-se, houve aqui um comportamento menos adequado e, por isso, aceitei a demissão”, acrescentou.

Negrão contra-ataca César com viagens às ilhas

Esta quinta-feira, o socialista Carlos César veio comentar o caso, condenando os deputados que “têm comportamentos fraudulentos”.

“Nos casos em que os deputados têm comportamentos fraudulentos, que felizmente são poucos, entendo que não pode deixar de haver alguma atitude sancionatória. Se se colocasse no nosso caso alguma das situações de que tenho ouvido falar, acho que essas pessoas não tinham o direito de permanecer no âmbito do Grupo Parlamentar do PS”, disse o líder parlamentar socialista.

Fernando Negrão não gostou de ouvir estas palavras e, quando confrontado pelos jornalistas com as declarações do socialista, o líder da bancada do PSD ressuscitou o caso das viagens dos deputados das ilhas que acumularam compensações do Parlamento com o reembolso dos bilhetes de avião para irem a casa.

“É muito curioso. Parece que só há um problema na Assembleia da República a respeito destes comportamentos irregulares, que são as questões das passwords. Mas há também a questão das viagens para as regiões autónomas”, recordou Negrão que atirou a César: “Todos nós sabemos que Carlos César tem um problema ainda não esclarecido quanto ao reembolso das viagens”. “Se nós aplicarmos o princípio por ele enunciado, o deputado Carlos César, presidente do grupo parlamentar do PS, já não seria deputado”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que cómico esse Negrão, a comparar algo totalmente diferente.
    O que o tipo do PS fez não é ilegal e está previsto nas regras da assembleia da republica, não acho que seja correto, mas não é ilegal.
    Por outro lado, o que os inúmeros deputados do PSD fizeram é ilegal e está a ser investigado pelo MP de forma a serem constituídos arguidos.
    Parece-me que esse Negrão não percebeu bem a gravidade dos actos que os seus colegas deputados tiveram, e não foi inadvertidamente como foi dito pelos mesmos, ninguém faz uma votação ou uma validação de presença inadvertidamente, não gozem com os Portugueses, assumam ao menos as suas responsabilidades!

  2. Receber mais 500 € por semana para pagar uma viagem de menos de 200 €, que raramente acontece a alguém que ganha por mês mais de 3500 € base, parece-me bastante ilegal. A regra que permite isso parece-me bastante ladra. E os deputados defendem que repor a ética passa pelo aumento de salários dos próprios. Negrão à beira de César é um rebelde adolescente.

RESPONDER

Encontrados misteriosos "vasos da morte" numa floresta remota do Laos

Investigadores descobriram 15 locais no país do Laos, no Sudeste Asiático, que continham mais de cem enormes jarros de pedra de há cerca de mil anos. Acredita-se que os potes tenham sido usados ​​para armazenar …

Vem aí um Verão histórico. Ondas de calor e temperaturas de 43 graus

Este vai ser um Verão escaldante em Portugal. A previsão é de especialistas meteorológicos e aponta que a partir de Junho a temperatura vai começar a subir até atingir valores históricos. Os portugueses devem preparar-se …

Ter como religião a canábis. Freiras feministas controlam negócio milionário

Não há missas nem cânticos, nem tão pouco uma religião específica. Apesar disso, as "Irmãs do Vale" vestem hábitos de freiras e gerem um negócio de produção e venda de canábis para fins medicinais. E …

IRS. 3.000 contribuintes ricos pagam tanto como quase um milhão com rendimentos mais baixos

O número de contribuintes com rendimento superior a 250 mil euros por ano aumentou em 2017, de acordo com os dados da Autoridade Tributária (AT). Os contribuintes mais ricos são agora 3.125, mais 422 do …

José Sena Goulão / Lusa

Europeias: Com Rio chocado e Rangel emocionado, Marques encostou-se aos pesos-pesados

No rescaldo de mais um dia de campanha eleitoral para as europeias de domingo, apareceu Paulo Portas e com Rui Rio indignado com a RTP por causa da sondagem que dá vantagem ao PS, dois …

Estivadores de Setúbal atrasaram a economia portuguesa

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), as "ações sindicais no porto de Setúbal, em novembro e dezembro, restringiram as exportações de automóveis". A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) culpa …

Portugal tem a eletricidade mais cara da União Europeia

Mais de metade do valor que os portugueses pagam pela eletricidade corresponde a impostos e taxas. Só a Dinamarca nos ultrapassa no que diz respeito ao preço da eletricidade. No segundo semestre de 2018, Portugal teve …

Fundação José Berardo em risco de falência

A sobrevivência da Fundação José Berardo "está dependente de apoio financeiro" do fundador, devido ao passivo de quase mil milhões de euros e que equivale às dívidas que três bancos tentam cobrar ao empresário madeirense. A …

Instituto aceitou que professora suspeita avaliasse exame de Português em 2017

O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) sabia que havia suspeitas que recaíam sobre a professora Edviges Ferreira quando, no verão de 2017, aceitou que fosse ela a avaliar o exame de Português do 12.º ano …

EUA investigam possível ataque químico de Assad na Síria

Os Estados Unidos suspeitam que o presidente sírio, Bashar al-Assad, foi responsável por um ataque com armas químicas na fronteira da província de Idlib, na Síria. Armas químicas poderão estar a ser usadas para combater os …