Prémio para profissionais do SNS exclui quem está agora na covid-19

Caroline Blumberg / EPA

O prémio para profissionais do SNS exclui quem está agora na covid-19, visando apenas aqueles que exerceram atos diretamente relacionados com a doença no primeiro estado de emergência.

A atribuição de prémios de desempenho aos profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que estiveram no combate à pandemia na primeira fase foi aprovada em Conselho de Ministros este sábado. Sindicatos de enfermeiros e médicos defendem que vai criar desigualdades e que quem está agora na covid-19 fica de fora.

O diploma aprovado por unanimidade define que seria atribuído a todos os profissionais do SNS que, durante o estado de emergência de 18 de março, exercessem atos diretamente relacionados com covid-19.

Consiste na atribuição de 50% da remuneração base mensal do trabalhador, pago uma só vez, de um dia de férias por cada período de 48 horas de trabalho suplementar realizado e um dia de férias por cada período de 80 horas de trabalho normal.

“Só vão receber o prémio quem daqueles 45 dias esteve, pelo menos, 30 dias a trabalhar de forma direta com doentes com covid-19 infetados ou suspeitos em enfermarias, cuidados intensivos e áreas dedicadas a testes à covid-19, profissionais de saúde pública e do INEM envolvidos no transporte de covid”, diz a dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, Guadalupe Simões, citada pelo jornal Público.

Guadalupe Simões entende que “atribuir o prémio só aos profissionais que estiveram em áreas dedicadas à covid-19 significa muito poucas pessoas”. A sindicalista realça que todos estiveram envolvidos na resposta do SNS e lamenta que não abranja os 170 mil profissionais de saúde.

“O prémio foi aprovado durante a primeira vaga. Hoje a situação é de maior gravidade, o número de enfermeiros em áreas covid-19 e intermédias é muito maior. O prémio vem fora de tempo e não abrange todos os profissionais. Atribuir o prémio só à primeira vaga é um presente envenenado e a forma como o está a gerir, mais envenenado vai ser”, argumenta, por sua vez, a presidente da Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros, Lúcia Leite.

O presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, partilha a opinião de que o prémio deveria ser transversal a todos os profissionais de saúde. “O SNS é uno e todos trabalharam com o objetivo de responder à pandemia, levando a que uns trabalhassem na retaguarda para outros poderem estar na linha da frente”, explica o representante dos médicos.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …

"Deixa os homens cantar". Ex-paraquedistas vaiam e pedem demissão do ministro da Defesa

Centenas de ex-paraquedistas vaiaram e pediram hoje a demissão do ministro da Defesa e do Chefe do Estado Maior do Exército durante a cerimónia militar nas comemorações do Dia do Exército, em Aveiro. A iniciativa, que …

Portugal com mais quatro óbitos e 604 casos de covid-19

Portugal regista hoje mais 604 novos casos de covid-19 confirmados e quatro óbitos pela doença, assim como mais 243 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, segundo o boletim oficial. De …

Retrato de Monsieur Lavoisier e a sua esposa Marie-Anne-Pierrette Paulze.

Análise revela composição secreta debaixo de retrato de Lavoisier

Um icónico retrato do químico francês Antoine-Laurent de Lavoisier e da sua esposa, Marie-Anne, mostrou ter uma composição escondida debaixo dele. Antoine-Laurent de Lavoisier foi um químico francês fundamental para a revolução deste campo científico no …

Combustíveis: governantes "não fizeram o trabalho de casa"

A presidente executiva da OZ Energia, Micaela Silva, defendeu que o “Governo devia intervir menos” no mercado dos combustíveis, porque é liberalizado e não tem margens excessivas de comercialização, mas é “muito penalizado” pela quantidade …