2% dos portugueses já estão totalmente vacinados. Ordem dos Médicos questiona dados

Christian Bruna / EPA

O grupo etário entre os 24 e 49 anos é o que mais vacinas recebeu em Portugal até ao momento, revela o primeiro relatório de monitorização da vacinação contra a covid-19, divulgado ontem.

O documento informa que 216.105 pessoas entre os 24 e os 49 anos receberam uma ou ambas as doses da vacina, entre as quais 84.231 já receberam as duas tomas.

Estes dados refletem a prioridade que as autoridades de saúde definiram – primeiro os profissionais de saúde, depois os mais idosos. Entre a terceira idade (os grupos 65-79 e +80) houve 172.111 pessoas inoculadas, das quais 60.172 com as duas doses.

Os dados mostram ainda que 7% da população com mais de 80 anos (42.991) já recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19. Quase 80 mil pessoas desta faixa etária (12% do total) receberam a primeira dose.

A faixa etária que recebeu menos doses situa-se entre os 0 e 17 anos, sendo que apenas 71 das pessoas deste grupo estão completamente vacinadas.

O Norte é a região que mais vacinas administrou (171.789), seguido de perto por Lisboa e Vale do Tejo (168.196), estando ambas as regiões com 2% de população vacinada. Em termos percentuais é o Alentejo quem lidera (4%), graças às 43.951 doses distribuídas.

No entanto, é no Algarve que se verifica um maior atraso na vacinação: foram administradas apenas 18.681 doses, o equivalente a 1% da população algarvia.

Em Portugal continental, 199.511 pessoas receberam a vacinação completa. O país tinha recebido até ao dia 14 694.800 doses de vacinas, tendo distribuído 42.900 para as ilhas.

De acordo com as informações prestadas segunda-feira pela ministra da Saúde, o país iria receber até ao final da semana mais 197.730 doses de vacinas, da Pfizer/BioNTech e da AstraZeneca. Marta Temido disse que até ao final do primeiro trimestre são esperadas 2,5 milhões de doses, mas a Moderna avisou, entretanto, a UE de que vai entregar menos doses em fevereiro do que o esperado.

Já a Johnson & Johnson submeteu o pedido de comercialização da sua vacina à Agência Europeia de Medicamentos. Espera-se que a autorização seja concedida em cerca de um mês e que Portugal comece a receber no segundo trimestre as 1,25 milhões de vacinas (de toma única) contratualizadas.

A DGS adianta que passa a disponibilizar este documento semanalmente, às terças-feiras. O boletim, que terá como fontes o sistema VACINAS (da DGS) e o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), será publicado com dados referentes à semana anterior.

“Acho muito estranho”

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, lamenta que o novo relatório da DGS não seja mais específico, nomeadamente em relação à vacinação de grupos profissionais, questionando-se sobre quem está incluído na faixa etária entre os 24 e os 49 anos.

“A prioridade que nós decidimos, Portugal, foi a mesma que seguiu a Europa, os profissionais de saúde na linha da frente e as pessoas com 80 ou mais anos. Ora, grande parte dos profissionais de saúde, pelo menos os médicos, andava perto dos 50 anos. Com este panorama, eu acho estranho o número de pessoas vacinadas até agora que é na faixa dos 24 aos 49 anos. Acho muito estranho, a não ser que essa faixa inclua muitos médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde”, sublinha Miguel Guimarães à TSF.

Miguel Guimarães revela que a Ordem está a atualizar o levantamento para saber quantos médicos manifestaram a vontade de ser vacinados e ainda não foram.

O bastonário irá entregar o documento ao coordenador da task force que coordena o plano de vacinação.”Temos mais facilidade de proximidade com os médicos do que com a própria task force e nós estamos aqui para ajudar e dizemos, atenção que há aqui pessoas que estão a trabalhar com doentes, são profissionais de saúde e que ainda não foram vacinadas”, referiu.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

      • Talvez não fosse má ideia ter-mos contratos para comprar qualquer vacina que esteja disponível e com resultados comprovados.
        Não percebo porque é que nem sequer é levantada a possibilidade de se comprarem vacinas à China e à Rússia, quando a prioridade racional é de controlar a questão da saúde pública.
        Será que há razões políticas que impedem essa abordagem? (pergunta retórica)
        Então, e devemos legitimar esse raciocínio? Vamos vacinar mais lentamente, com vacinas mais caras e mais difíceis de manipular do que as equivalentes (e há quem diga: com melhores resultados) de outras origens que não sejam as farmacêuticas da Industria de países ‘amigos’?
        Isto é típico de mentalidades mesquinhas e tendenciosas dos que acusam os ‘adversários’ de serem corruptos, desonestos e manipuladores propagandistas, e que,…nós não somos,…
        Right!!!

  1. Conheço pessoas incluídas nos grupos prioritários (+ de 80 anos) que nem sequer foram ainda contactadas. Qualquer dia chegamos à conclusão que ainda faltam os prioritários e o resto da população está toda vacinada!

  2. A prima de uma enfermeira que trabalha num hospital onde está a minha avó de oitenta e dois anos, que foi médica noutro hospital, já foi vacinada. E também a filha da irmã da amiga de uma chefe do mesmo hospital.

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …