2% dos portugueses já estão totalmente vacinados. Ordem dos Médicos questiona dados

Christian Bruna / EPA

O grupo etário entre os 24 e 49 anos é o que mais vacinas recebeu em Portugal até ao momento, revela o primeiro relatório de monitorização da vacinação contra a covid-19, divulgado ontem.

O documento informa que 216.105 pessoas entre os 24 e os 49 anos receberam uma ou ambas as doses da vacina, entre as quais 84.231 já receberam as duas tomas.

Estes dados refletem a prioridade que as autoridades de saúde definiram – primeiro os profissionais de saúde, depois os mais idosos. Entre a terceira idade (os grupos 65-79 e +80) houve 172.111 pessoas inoculadas, das quais 60.172 com as duas doses.

Os dados mostram ainda que 7% da população com mais de 80 anos (42.991) já recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19. Quase 80 mil pessoas desta faixa etária (12% do total) receberam a primeira dose.

A faixa etária que recebeu menos doses situa-se entre os 0 e 17 anos, sendo que apenas 71 das pessoas deste grupo estão completamente vacinadas.

O Norte é a região que mais vacinas administrou (171.789), seguido de perto por Lisboa e Vale do Tejo (168.196), estando ambas as regiões com 2% de população vacinada. Em termos percentuais é o Alentejo quem lidera (4%), graças às 43.951 doses distribuídas.

No entanto, é no Algarve que se verifica um maior atraso na vacinação: foram administradas apenas 18.681 doses, o equivalente a 1% da população algarvia.

Em Portugal continental, 199.511 pessoas receberam a vacinação completa. O país tinha recebido até ao dia 14 694.800 doses de vacinas, tendo distribuído 42.900 para as ilhas.

De acordo com as informações prestadas segunda-feira pela ministra da Saúde, o país iria receber até ao final da semana mais 197.730 doses de vacinas, da Pfizer/BioNTech e da AstraZeneca. Marta Temido disse que até ao final do primeiro trimestre são esperadas 2,5 milhões de doses, mas a Moderna avisou, entretanto, a UE de que vai entregar menos doses em fevereiro do que o esperado.

Já a Johnson & Johnson submeteu o pedido de comercialização da sua vacina à Agência Europeia de Medicamentos. Espera-se que a autorização seja concedida em cerca de um mês e que Portugal comece a receber no segundo trimestre as 1,25 milhões de vacinas (de toma única) contratualizadas.

A DGS adianta que passa a disponibilizar este documento semanalmente, às terças-feiras. O boletim, que terá como fontes o sistema VACINAS (da DGS) e o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), será publicado com dados referentes à semana anterior.

“Acho muito estranho”

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, lamenta que o novo relatório da DGS não seja mais específico, nomeadamente em relação à vacinação de grupos profissionais, questionando-se sobre quem está incluído na faixa etária entre os 24 e os 49 anos.

“A prioridade que nós decidimos, Portugal, foi a mesma que seguiu a Europa, os profissionais de saúde na linha da frente e as pessoas com 80 ou mais anos. Ora, grande parte dos profissionais de saúde, pelo menos os médicos, andava perto dos 50 anos. Com este panorama, eu acho estranho o número de pessoas vacinadas até agora que é na faixa dos 24 aos 49 anos. Acho muito estranho, a não ser que essa faixa inclua muitos médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde”, sublinha Miguel Guimarães à TSF.

Miguel Guimarães revela que a Ordem está a atualizar o levantamento para saber quantos médicos manifestaram a vontade de ser vacinados e ainda não foram.

O bastonário irá entregar o documento ao coordenador da task force que coordena o plano de vacinação.”Temos mais facilidade de proximidade com os médicos do que com a própria task force e nós estamos aqui para ajudar e dizemos, atenção que há aqui pessoas que estão a trabalhar com doentes, são profissionais de saúde e que ainda não foram vacinadas”, referiu.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

      • Talvez não fosse má ideia ter-mos contratos para comprar qualquer vacina que esteja disponível e com resultados comprovados.
        Não percebo porque é que nem sequer é levantada a possibilidade de se comprarem vacinas à China e à Rússia, quando a prioridade racional é de controlar a questão da saúde pública.
        Será que há razões políticas que impedem essa abordagem? (pergunta retórica)
        Então, e devemos legitimar esse raciocínio? Vamos vacinar mais lentamente, com vacinas mais caras e mais difíceis de manipular do que as equivalentes (e há quem diga: com melhores resultados) de outras origens que não sejam as farmacêuticas da Industria de países ‘amigos’?
        Isto é típico de mentalidades mesquinhas e tendenciosas dos que acusam os ‘adversários’ de serem corruptos, desonestos e manipuladores propagandistas, e que,…nós não somos,…
        Right!!!

  1. Conheço pessoas incluídas nos grupos prioritários (+ de 80 anos) que nem sequer foram ainda contactadas. Qualquer dia chegamos à conclusão que ainda faltam os prioritários e o resto da população está toda vacinada!

  2. A prima de uma enfermeira que trabalha num hospital onde está a minha avó de oitenta e dois anos, que foi médica noutro hospital, já foi vacinada. E também a filha da irmã da amiga de uma chefe do mesmo hospital.

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …