Portugal pode mesmo ter de acabar com mudança da hora

Se a proposta da Comissão Europeia for aprovada, cada país decide qual a hora que quer adotar, mas não será possível mudar o regime de acordo com a sazonalidade.

Esta semana, em entrevista à TVI, António Costa defendeu que Portugal deve continuar a ter a hora de verão, salientando o que, até agora, foi expresso pela “entidade competente”, o Observatório Astronómico de Lisboa.

“O que foi expresso até ao momento é o entendimento de que em Portugal devemos manter este regime bi-horário, com hora de verão e hora de inverno. Não vejo razão para que se contrarie a ciência e se faça algo de forma discricionária”, afirmou.

O primeiro-ministro salientou ainda não ser “nem contra, nem a favor” do fim da mudança da hora, mas considerou que “há matérias sobre as quais não vale a pena ter doutrinas políticas”. “Vale a pena seguir o que é a informação da ciência. Se a ciência entende que o regime horário mais adequado é este, quem sou eu para dizer o contrário?”.

No entanto, adianta o Diário de Notícias, se a proposta da Comissão Europeia for aceite – ainda tem de passar pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho Europeu – os Estados-Membros deixam de adiantar e atrasar o relógio em 2019.

Caso a diretiva de Bruxelas seja aprovada, cada país decidirá qual o horário que quer adotar – se o de verão, o de inverno, ou até outro -, mas não será possível mudar a hora de acordo com a sazonalidade.

“Está na decisão de cada país escolher a hora legal regular que o País tem. Mas a escolha do país de ter ou não hora de verão não está na sua própria determinação”, diz ao jornal Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).

Em agosto, a Comissão Europeia anunciou que vai propor formalmente o fim da mudança de hora na União Europeia, depois de um inquérito não vinculativo feito a nível comunitário, no qual a grande maioria das respostas (84%) manifestou-se a favor.

Em Portugal, a situação ideal é manter a mudança da hora, de acordo com um estudo elaborado por Rui Agostinho, a pedido do Governo no âmbito da discussão europeia sobre o tema. E vai ser essa a posição que Portugal vai defender perante os Estados-Membros.

“Desaparecendo o horário de verão, escolhe-se um regime para o país, que será constante durante o ano inteiro”, explica Rui Agostinho. Ao longo dos últimos anos, Portugal já teve períodos em que experimentou com a hora UTC e outros com UTC+1. “O ideal é o país ter uma hora que seja próxima da solar“.

Para ser mais adequada, refere o diretor do OAL, deveria ser UTC-30 minutos. “Mas nunca tivemos nenhum Governo que tomasse essa decisão”, até porque, como refere Rui Agostinho, é mais prático para os cidadãos contar horas inteiras quando querem comparar as horas entre países.

De acordo com o documento elaborado pelo OAL, “mantendo a hora UTC todo o ano, ter-se-ia o sol a nascer perto das 05h00 na altura do verão, ou seja, uma madrugada de sol desaproveitada seguida dum final de tarde com menos uma hora de sol, fatores que não são positivos nas atividades da população; mantendo a hora UTC+1 todo o ano, o sol nasceria entre as 08h00 e as 09h00 durante quatro meses do ano, no inverno, com impactos negativos”.

ZAP //

PARTILHAR

43 COMENTÁRIOS

  1. Pois, vá lá que a temos a CE a zelar, mais uma vez, pelos interesses dos cidadãos portugueses, que quem nos “governa” parece ter outra agenda.
    Ainda bem que estamos na CE e assim as decisões que se tomam são democráticas, com base no interesse e na vontade expressa da população. De outro modo teríamos que levar com a opinião de um cidadão, que é a voz da “ciência” segundo a opinião de outro cidadão, e que nos diz que somos ignorantes e que quando dizemos que preferimos a hora de verão todo o ano afinal estamos enganados e o que devíamos dizer é que afinal preferimos tudo como está, mesmo que não o saibamos…

    • Não sou advogado de defesa do Prof. Rui Agostinho, mas a opinião do cidadão a que você se refere, é a de um cientista, um homem que é professor do Departamento de Física e director do OAL, Docente Universitário, coisa que você nem deve saber o que é. Se ele afirma que Portugal não deve mudar de regime horário, com bases científicas para o nosso País, concordo com ele.

      • Oh meu amigo, deixe de ser ingénuo e de agir como um pacóvio!
        O que não faltam são cientistas aldrabões, pouco inteligentes e sem ética. Alguém minimamente atento já reparou nisso há muito, de tal modo que os exemplos são abundantes, mas tal nem era preciso, pois alguém minimamente inteligente sabe que ser cientista e dono da verdade não são a mesma coisa.
        O cidadão Rui Agostinho é isso mesmo, um cidadão, como outro qualquer. Não queira eu que faça vénias cegas a esse cidadão só porque você as faz.
        Não me venha também com argumentos de autoridade que esses não colhem proveito em mentes pensantes. O argumento vale por ele próprio e não por quem o emite.
        E, já agora, o cidadão Rui Agostinho nem sequer tem qualquer currículo na área relativa aos argumentos que utilizou. Provavelmente e a julgar pelo que disse sabe tanto como alguém que faz uma pesquisa de 5 minutos no Google e emite uma opinião enviesada por ideias pré-formadas e pessoais.
        E, já agora, eu tenho currículo em ciência, precisamente na área dos argumentos usados pelo cidadão Rui Agostinho, mas não é preciso ciência para saber o que as pessoas preferem, basta ouvir as próprias pessoas, e foi isso que a CE fez, ao contrário do chefe de fila desta geringonça!

        • Uma resposta insultuosa revela muito mais do que alegações de competência não divulgadas.
          O que as pessoas “querem” descobre-se num referendo APÓS a experiência feita, seja ela qual for. No Cavaquismo, tivemos a hora de espanha, tã nossa amiga, tivemos quase o sol-da-meia-noite no Verão e não deixou saudades.Por isso voltou tudo para trás. Mas antes quase ninguém se opôs. A verdade extrai-se da vivência de factos, não de vernaculo abusivo em troca de nada, revelador de uma família com bastante a desejar.

          • Pois, eu gostei do tal sol-da-meia-noite.
            Entre o horário atual e o do tempo do Cavaco, mil vezes o do tempo do Cavaco. E na altura fazia parte dos jovens estudantes, os tais que na voz dos adultos (já de si é revelador da veracidade deste argumento….) não gostavam de tal horário.
            Manter sempre a hora de verão terá sobre o horário do Cavaco a vantagem da hora não mudar. De resto, ambos os horários são excelentes e não nos deixam às escuras às 5 da tarde (para não falar dos dias em que há nevoeiro cerrado e tal acontece ainda mais cedo)!

          • Wilma, no tempo do Cavaco a decisão de ajustar ao horário “de Espanha” foi tomada com bases econômicas, somos uma nação dependente da europa, mas o que a Wilma tem de intender é que a hora não é espanhola mas sim da europa central, nós somos o único pais em UTC, toda a europa trabalha em UTC+1 (CET).
            O sol da meia noite a que se refere, acontecia porque em UTC+1 ou CET, quando no verão entra o DST (Day-Light Saving Time) e acrescenta uma hora, o que significa UTC+2. Este horário não esta agora em discussão, ou ficamos como estamos agora no verão o ficamos com o horário de Inverno o que significa menos uma hora no verão, la se vai o sol de quase 11 da noite.

            Na altura, não se acabou com o DST, apenas mudamos para CET, agora não se coloca ajustar a hora em toda a europa central, mas sim acabar com a alteração de hora duas vezes por ano, o que na realidade pode originar que a Europa central fique com 2 horas de gap entre países, ou 4 horas se pensarmos em países como Bulgaria.

            • “nós somos o único pais em UTC, toda a europa trabalha em UTC+1 (CET).”
              Errado!!
              Tal como nós (Portugal), também a Irlanda e o Reino Unido usam UTC no Inverno e UTC+1 no Verão.
              É o mais correcto e natural e Espanha também o devia usar (e já o pediram várias vezes, principalmente a Galiza)!

            • Estão e estarão – a não ser que consigam mover a ilha lá para os lados das Américas!…
              Além disso, a Irlanda continuará na UE e no euro (e, vamos ver o que acontece na Escócia)…

        • Já cá faltava um pacóvio com um suposto ” currículo em ciência precisamente na área em questão ” e fiel seguidor da múmia, e ainda por cima identifica-se como POIS … Caro senhor o Cavaquistão já foi chão que deu uvas … a azia derivada da geringonça é uma coisa tramada. Ganhe juízo e mostre lá esse diploma …

      • E os outros cientistas do resto da Europa que defendem um horário único são uns “asnos” é isso que quer dizer? Este pseudo cientista português apenas se vale da sua posição para afirmar e forçar a sua opinião. Isto não tem nada a ver com “ciência” meu caro.

      • este cientista esta correctissimo e alem do mais nao e preciso ser cientista para se ver isso, uma pessoa normal sabe isso. e estupido termos de nos levantar ainda de noite isso e contra o metabolismo corporal humano e fara muito mal aos humanos. conforme esta e optimo para o nosso pais a europa ezsta errada. temos que seguir a hora de inglaterra

        • Caro Agostinho, se ficarmos em horário de inverno (ou seja ou nosso horário base sem DST), esse problema não se coloca.

          A europa, os seus cidadãos e os seus cientistas discordam do que dis o nosso grande cientista Artur Agostinho, a mudança de horário produz efeitos muito negativos no ser humano nos primeiros dias após a alteração horária, uma especie de “Jet Lag”, duas vezes por ano.

          A maioria dos cidadãos votaram para acabar com alteração horária, assim que em democracia seguimos essa maioria, não é culpa da Europa que o nosso governo, tal como os Portugueses, não tenham dado importância ao referendo e não tenham debatido enquanto era tempo, mas agora temos de seguir a regra.
          Portugal, ao que parece tem de abandonar o DST e ficar com uma hora todo o ano, assim que teremos de decidir UTC ou UTC+1, pessoalmente prefiro UTC para não ter o problema de manhas nocturnas no inverno.

          • “A maioria dos cidadãos votaram para acabar com alteração horária”
            Votaram?!
            Quando/onde?!
            Essa sua “maioria” é um pouco estranha já que, na verdade, nem 1% dos europeus votaram!!

            • Tu andas sempre aqui a ler notícias e a comentar, escapou-te a notícia do inquérito? A sério?!
              Eu vi a notícia e votei!
              Manter horário de verão para sempre!
              Fim à mudança anti natural da hora!!!!

            • A maioria que votou, que se deu ao trabalho de estar informada, que deu a sua opinião no momento devido, sim, essa maioria votou para acabar com a alteração da hora.

              Eu votei, tu não ? não tinhas opinião na altura?
              Então agora aguentas o que a maioria dos votantes decidiram.

          • Mau… eu vou escrever outra vez para ver se nos entendemos:
            Quando (e onde) é que a maioria dos europeus votaram para acabar com a “alteração horária”?!
            Na votação noticiada, votaram APENAS 4,6 milhões de europeus!!
            Que eu saiba, a UE tem mais de 500 milhões de habitantes…
            “Menos de 1% dos europeus votaram e decidiram abolir a hora de inverno”
            https://rr.sapo.pt/video/182386/menos-de-1-dos-europeus-votaram-e-decidiram-abolir-a-hora-de-inverno
            .
            Sim, eu sabia da votação; e?!
            Onde é que eu disse se era a favor ou contra?
            Apenas contesto veementemente que digam que a maioria dos europeus votaram, quando nem 1% o fez!
            Eu NÃO votei porque a mudança da hora “não me aquece nem arrefece”!!
            E, embora eu preferisse não mudar a hora duas vezes por ano, ainda não decidi qual é o hora “melhor”, se é a de Verão ou a de Inverno – embora eu esteja ligeiramente inclinado para a hora de Inverno!
            Mais: essas teorias dos “transtornos psicológicos” devido à mudança da hora, só deve acontecer a quem já tem outros problemas psicológicos!…

            • A maioria, significa a maioria dos que se deram ao trabalho de votar.
              esses representam os Europeus que não se deram ao trabalho de votar ou estavam demasiados ocupados para isso.

              A votação não era sobre hora de inverno ou verão, isso deve de ser decidido por cada estado membro.
              Pessoalmente acho que o nosso governo ao invés de falar com especialistas, que só por acaso não chegam a consenso, sobre mudar ou não mudar de hora (que aparentemente já esta fora do nosso controlo) devia de promover um referendo sobre manter a hora de inverno ou a hora de verão, e dar espaço ao debate publico com especialistas para que todos possamos tomar uma decisão com base em factos sobre hora de verão ou inverno, mas que vamos ter uma só hora, acho que já é irreversível.

              PS: Tal como tu, também prefiro a hora de inverno.

    • O seu comentário é de uma estupidez atroz e não fale por mim. Eu votei contra, mas é bom lembrar que mais de 10 dos 10.3 milhões de portugueses não votaram em coisa nenhuma.

  2. Quem manda em Portugal quem é?. CE com certeza e mais nada, vejam o caso das pescas outras mais.
    E MAIS NADA, ESTA TUDO DITO, PENSO EU.

  3. Aborrece-me ajustar os relógios a cada 6 meses. Aborrece-me o período de adaptação. A mudança de hora foi inventada no século 18 para se poupar energia e ter os trabalhadores durante mais tempo nas fábricas. As coisas são diferentes agora. As poupanças quase não existem. A mudança de hora só serve para criar um Jet lag artifical que nos estraga a vida durante uma semana. Acabem com esta treta duma vez.

  4. “Se a ciência entende que o regime horário mais adequado é este, quem sou eu para dizer o contrário?”- A ciência também diz que não se pode viver sem alimentos e medicamentos no entanto o estado cobra impostos absurdos sobre os mesmos e deixa instituições como as lotas venderem o peixe “500x” mais caro que compram aos pescadores. Raios partam aos políticos e as bocas cheias de mentiras.

  5. Perante o suicídio cultural colectivo da Europa com esta imigração em massa e o risco iminente de islamização da Europa, estes burocratas patetas estão preocupados em alterar o regime dos horários

  6. Ponham a hora do sol e comecem a trabalhar mais cedo, em vez de se começar a trabalhar as 9 comecem as 8 e tudo fica resolvido, a maioria dos cientistas so dizem mentiras e besteiras e outros nem sabem o que dizem.

    • “a maioria dos cientistas so dizem mentiras e besteiras e outros nem sabem o que dizem.”
      E os palermas que usam as tecnologias descobertas/inventadas pelos cientistas para expor toda a sua estupidez e ignorância?!
      Pois!…

  7. Isto é só para ir habituando o Povinho a acatar as ordens dos estrangeiros no seu Território. começam com coisinhas pequenas sem importancia e vão avançando para mais Importantes. Como foi possivel que os traidores à Pátria tenham vendido a Nossa Independencia sem o Aval dos Portugueses? já não faltará muito para acabarem com o país Portugal. Vão transformar-nos numa Província. Não Há Nada que a Europa tenha que pague a nossa Independencia de Séculos que custou muito sangue, suores e Lágrimas aos nossos ante-passados. Não abram os olhos não…. e depois não se queixem do que os Políticos traidores vão fazer a Portugal. Aos pouquinhos a Desunião Europeia vai retirando Soberania e Instituições ds países membros para se tornar num Estado centralizado. Portugueses Abram os OLHOS….. Estão assassinando Portugal. A União Europeia Soviética, avança devagar, mas avança e irá alcançar esse objectivo rapidamente, e estão a aproveitar-se de Trump e Putin para andar mais depressa. Apartir de 2022 já não teremos águas territoriais e nem zona económica exclusiva e os seus recursos. Passarão tudo para as mãos de Bruxelas. E já estão preparando estes pontos ( Alguns já são realidade) 1- um ministro das finanças para a União Europeia. 2- Um Orçamento Europeu 3- Um Ministro das Finanças Europeu 4- Policia de Fronteiras comuns ( Frontex) 5- Um Exército europeu 6- Um Governo Europeu que substitua a Comissão Europeia 7- Um FBI Europeu. 8 – Um ministro dos negócios estrangeiros europeu 9- Uma Moeda Única 10 – União Bancária, etc… Aínda faltam mais coisas que andam a preparar nas costas do Povinho

    • Pessoalmente gostaria de ver um governo europeu, com os países a governar como estados.
      Uma especie de Estados Unidos da Europa, acabar assim com tanta corrupção e favoritismo. (ainda existiria mas em menor escala e a nível europeu)
      Acho que ficaríamos melhor do que manter esta opção actual de vem um governo e so olha para a parte financeira, vem outro e so olha para a parte social, andamos nisto á décadas e não aprendemos a ter um balanço. Precisamos que venham os adultos e nos governem, isto não acaba com a democracia, simplesmente a expande.

  8. Venha a hora de inverno e que se mantenha durante todo o ano, no verão as pessoas começarão a trabalhar mais cedo podendo fugir um pouco mais ás horas de calor intenso. Quanto a cientistas poderão dormir até à hora que quiserem e quando forem trabalhar o carro tem ar condicionado e no emprego também, ao contrário da maioria dos cidadãos.

  9. Eu votei e votei pela manutenção da hora de Verão. Apesar de reconhecer que é uma aberração face à hora solar, mas no entanto aquela que mais favorece o estilo e ritmo de vida actual.
    Com os anos criámos hábitos e fomo-nos desviando do sol.
    Para sermos fiéis ao sol, deveríamos começar a trabalhar às 6h e sair às 15h. Almoçavamos lá para as 10h.
    Isto era alinhar da vida com as horas solares.
    Ora, como ninguém (a sociedade civil, as escolas, as empresas, etc….) não estão para isso, temos que corrigir de forma artificial, devolvendo algumas horas de luz ao final do dia.
    Ter luz antes de acordar é um desperdício. Assim, “trazemos” a luz para o fim da tarde e podemos aproveitar para passear/brincar com os filhos, cozinhar o jantar ou fazer o jogging de fim de dia, ainda com luz.
    Os únicos realmente interessados com o horário de Inverno são os comerciantes de electricidade que facturam muito mais assim.

  10. Esse suposto cientista de renome diz que não é benéfico manter o mesmo horário o ano inteiro, mas, em 2016 (assim como actualmente), o presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono, Sr. Miguel Meira Cruz, diz-nos exactamente o contrário: https://www.dn.pt/sociedade/interior/especialistas-do-sono-alertam-para-riscos-da-mudanca-da-hora-na-saude-9211532.html
    Creio que o especialista da medicina do sono terá mais credibilidade do que um cientista físico… E a saúde da população está em primeiro lugar, pelo que sou a favor que acabem com esta mudança de hora a cada 6 meses…

  11. A hora a que começam as aulas, os empregos ou qualquer outra tarefa, não está escrita na pedra. Os horários podem ser alterados. E, se fazer as coisas de noite fosse assim tão prejudicial, não existiam aulas em horário pós laboral, nem existiam os trabalhos por turnos. Ou querem dizer agora que se estão a cagar para a saúde dos trabalhadores estudantes, senhores do lixo, padeiros, etc? Façam-me o favor de se lembrarem que existem mais pessoas no Mundo e a capacidade de pensar fora da caixa é um sinal de inteligência.

  12. Quando começarmos a levar as crianças à escola durante a noite, se calhar ficamos a perceber melhor as consequências de mais uma imposição de Bruxelas. Já para não falar no aumento dos gastos em electricidade que o Estado e as empresas vão ter com esta imposição. Isto, se tal acontecer. Se calhar estamos todos a pôr o carro à frente dos bois, ainda vai ter que passar por vários crivos. Mas preocupa muito, que até numa questão meramente administrativa, venham dizer que não temos escolha. Temos sempre escolha! Somos um país soberano… Ou se calhar, já não somos… E mais, que universo foi usado nesta consulta? Que validade tem realmente? Nenhuma!

    • Agora não levas as crianças á escola de noite?
      Se mantiveres o horário na hora de inverno e não adiantares a hora, fica tudo na mesma.

      O universo foi um referendo europeu, em que puderam participar todos os cidadãos europeus, a imposição não vem de Bruxelas mas sim da maioria que votou no referendo.

  13. O universo são pessoas que foram informadas e que têm acesso a um computador e a internet. Ao que parece quase ninguém participou, por isso não é nada representativo, representa apenas a opinião das pessoas que participaram e nada mais que isso. A mim, não me representa e parece que à maior parte dos cidadãos europeus, também não, porque nem sequer sabiam que havia este inquérito (é o melhorzinho que se pode chamar a isto).

    Se é esta a ideia de democracia que a UE tem, sem nenhuma discussão ou debate prévio, nem a mínima preocupação de uma ampla participação, estamos bem tramados. Espero que isto não se torne numa imposição. Para já o governo português agiu bem, oxalá agisse com igual independência de Bruxelas, em questões mais importantes.

  14. Esse sr. Rui Agostinho é um poço de contradições e bastante avesso à… realidade. Por um lado, defende acerrimamente o actual sistema bi-horário, hora de Inverno UTC/hora de Verão UTC+1, que foi criado em 1916 e que nunca existiu durante milénios. Ou seja, não é uma hora nada científica (porque cria uma descontinuidade temporal duas vezes por ano) e muito menos “tradicional”. É completamente artificial, tendo sido criada por decisões políticas, completamente extemporâneas, por pessoas ignorantes na matéria, durante a 1ª Guerra Mundial, supostamente, para uma duvidosa poupança energética.

    Por outro lado, vem dizer que: «Para ser mais adequada, [a hora legal] deveria ser UTC-30 minutos. Mas nunca tivemos nenhum Governo que tomasse essa decisão, até porque é mais prático para os cidadãos contar horas inteiras quando querem comparar as horas entre países.» Então, se é avesso à hora de Inverno UTC durante todo ano, porque no Verão o sol nasceria às 5:00 UTC em vez das 6:00 UTC+1, acha que a hora mais adequada seria a mais próxima da hora solar, UTC-0:30? Se assim fosse, no Verão, o sol nasceria ainda mais cedo, às 4:30, e no Inverno pôr-se-ia às 16:35 em vez das 17:05. Realmente, tem razão, a hora mais adequada e verdadeira para Portugal Continental deveria ser a hora UTC-0:30, durante todo o ano, à semelhança do que acontecia até 31-12-1911, em que a hora legal era a hora local de Lisboa, UTC-0:36:44,68. Mas já que isso parece ser pouco provável, dada a ignorância e indiferença dos nossos políticos nesta matéria, o melhor mesmo é que se mantenha a hora de Inverno UTC durante todo o ano, já que é aquela que está mais próxima da hora solar UTC-0:30. A hora de Verão UTC+1 está 1h30 adiantada em relação à nossa hora solar, e corresponde à hora solar dos países da Europa Central situados na longitude 15ºE (Suécia, Alemanha, Polónia, Chéquia, Áustria, Itália)

  15. Em Londres, com hora UTC semelhante à sua hora solar, em Dezembro sol nascente às 8:06 UTC e poente às 15:51 UTC, em Junho sol nascente às 3:42 UTC e poente às 20:21 UTC.

    Em Berlim, com hora UTC+1 semelhante à sua hora solar, em Dezembro sol nascente às 8:17 e poente às 15:52 UTC+1; e em Junho sol nascente às 3:42 e poente às 20:33 UTC+1.

    Se em Portugal a hora legal fosse UTC-0:30 (igual à hora solar), em Lisboa, em Dezembro, sol nascente às 7:24 e poente às 16:44 UTC-0:30; e em Junho, nascente às 4:41 e poente às 19:35 UTC-0:30.

    Na Europa, como se vê, o sol nasce CEDO e põe-se CEDO, tanto no Inverno como no Verão. Esta é a realidade. A VERDADE natural que o Dr. Rui Agostinho & Cª Internacional têm ocultado a todo o transe, há mais de um século. A VERDADE, como se vê, é muito mais interessante do que a MENTIRA da batota horária, de horas legais falsas e de “horas de Verão”!

RESPONDER

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …