/

Portugal regista duas mortes e 612 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou duas mortes associadas à doença covid-19 e 612 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, mais de metade na região de Lisboa e Vale do Tejo, divulgou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que tem mais novos casos confirmados, com 340 dos 612 registados no período em análise.

A região Norte registou 151 novas infeções por SARS-CoV-2, num total de 341.380 casos de infeção e 5.356 óbitos desde o início da crise pandémica. Na região Centro foram registados mais 49 casos, perfazendo 120.143 infeções e 3.025 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 19 novos casos de infeção, totalizando 30.276 contágios e 971 mortos desde o início da pandemia. Na região do Algarve, ocorreram mais 30 novos casos, num total de 22.423 contágios pelo SARS-CoV-2 e 363 óbitos.

A região Autónoma da Madeira contabilizou dois novos casos, somando 9.756 infeções e 69 mortes por covid-19 desde o início da pandemia. Já nos Açores foram registados 21 novos casos, o que eleva para 5.563 o número total de contágios desde o início da pandemia, mantendo-se o número de óbitos em 33.

Relativamente aos internamentos em enfermaria, os dados da DGS indicam que não houve qualquer alteração em relação ao dia anterior, ou seja, permanecem hospitalizados 265 doentes.

Já nas unidades de cuidados intensivos (UCI), estão 52 pacientes, mais um doente em relação à véspera.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que estão ativos mais 353 casos, para um total de 23.715, e que 257 pessoas foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 811.897 recuperados. A maior incidência de casos confirmados verifica-se nos grupos etários entre os 20 e os 59 anos.

Nas últimas 24 horas, o número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde manteve-se inalterado face à véspera, situando-se nos 25.398.

O índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal mantém-se em 1,08 e a taxa de incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias está nos 69,8. Os dados do Rt e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Desde o início da pandemia morreram em Portugal 17.034 pessoas e 852.646 casos de infeção foram diagnosticados. O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos. Do total de vítimas mortais, 8.946 eram homens e 8.088 mulheres.

DGS

Pandemia matou 3,72 milhões de pessoas no mundo

A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 3.723.381 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias francesa AFP a partir de fontes oficiais. Mais de 172.873.850 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia do SARS-CoV-2.

Os números são baseados em relatórios diários das autoridades de saúde de cada país até às 11:00 em Lisboa, e excluem revisões posteriores de agências estatísticas, como ocorre na Rússia, Espanha e Reino Unido.

A OMS estimou que, considerando o excesso de mortalidade direta e indiretamente ligado à covid-19, os resultados da pandemia podem ser duas a três vezes superiores aos registados oficialmente.

No sábado, 10.020 novas mortes e 403.621 novos casos foram registados em todo o mundo.  Os países que registaram o maior número de novas mortes em seus levantamentos mais recentes são Índia com 2.677 novas mortes, Brasil (1.689) e Colômbia (532).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 597.377 mortes para 33.357.240 casos registados, de acordo com o levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 472.531 mortes e 16.907.425 casos, a Índia com 346.759 óbitos (28.809.399 casos), o México com 228.754 mortes (2.432.280 casos) e o Peru com 186.073 óbitos (1.980.391 casos).

A Europa totalizou hoje 1.141.892 mortes para 53.211.826 casos, a América Latina e Caribe 1.177.972 mortes (33.872.153 casos), os Estados Unidos e Canadá 623.083 mortes (34.748.020 casos), a Ásia 502.761 mortes (37.355.325 casos), o Médio Oriente 144.520 mortes (8.725.622 casos), a África 132.049 mortes (4.911.526 casos) e a Oceania 1.104 mortes (49.379 casos).

Esta avaliação foi realizada com base em dados recolhidos pela AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial de Saúde.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE