Portugal comprou mais de meio milhão de máscaras sem garantia de qualidade

José Coelho / Lusa

Hospitais, autarquias, a Marinha e a Direção-Geral da Saúde (DGS) foram algumas das instituições que compraram máscaras sem garantia de qualidade.

Com a pandemia de covid-19 a irromper pelo mundo, foi necessário tomar medidas de contenção para evitar a disseminação do novo coronavírus. O uso normalizado de máscara de proteção individual foi uma dessas medidas. Como tal, os países precisaram de reforçar os seus stocks para saciar as necessidades da população.

De acordo com o Público, a necessidade fez com que muitas instituições adquirissem máscaras falsas e com fraca qualidade ou não verificada, embora acreditassem que estavam a comprar equipamento fidedigno.

Segundo dados fornecidos pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) já foram apreendidas 627 mil máscaras FFP por não obedecerem “aos requisitos de normalização”.

O matutino reporta vários casos em que máscaras foram vendidas à administração pública usando certificados que pouco dizem sobre a sua qualidade. De 50 contratos públicos de aquisição de máscaras FFP2 e FFP3 analisados, 28 deles tinham pelo menos um documento que não foi atribuído por um organismo legalmente capacitado. Hospitais, autarquias, a Marinha e a Direção-Geral da Saúde (DGS) são algumas das instituições visadas.

“Tenho que lhe confessar: vi ali coisas que são para tapar os olhos a quem não está atento ou não tem preparação suficiente para analisar algo deste tipo com sentido crítico…”, disse o diretor-geral do Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (Citeve), Braz Costa, ao analisar os documentos recolhidos pelo Público.

Nesta altura, não é obrigatório que o equipamento tenha a indicação CE, que garante o cumprimento das normas europeias. No entanto, vendedores e compradores têm de assegurar a qualidade das máscaras.

Pela Europa começaram a surgir empresas que atribuem certificados de origem duvidosa, como por exemplo a Ente Certificazione Macchine (ECM), empresa italiana que cobra 20 mil euros aos fabricantes para atribuir certificados CE, embora não seja capacitada para o fazer.

A ECM está capacitada para atribuir certificados válidos a máquinas industriais, equipamentos de rádio e alguns dispositivos médicos, mas não a equipamento de proteção individual.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar, de acordo com o mais recente relatório do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) esta terça-feira divulgado. O …

Ryanair desregulou escalas dos trabalhadores que rejeitaram cortes em Portugal

A Ryanair desregulou o regime de escalas habitual à "pequena minoria" de trabalhadores que recusou os cortes da empresa na sequência da pandemia de covid-19, retirando-lhes qualquer direito a bónus, segundo documentos a que a …

Vieira quer oferecer Bruno Henrique a Jorge Jesus

Embora Jorge Jesus não tenha pedido a contratação de Bruno Henrique, o presidente benfiquista quer comprar o avançado brasileiro como prenda para o novo treinador. Luís Filipe Vieira está a estudar a contratação de Bruno Henrique, …

"Dimensão ética". Presidente do Novo Banco enviou uma carta a Marques Mendes a explicar o seu silêncio

Debaixo de fogo depois de serem reveladas as perdas avultadas relacionadas com a venda da carteira de imóveis do Novo Banco, António Ramalho enviou uma carta a Luís Marques Mendes, comentador da SIC, a explicar …

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …

Isabel dos Santos deixa administração da operadora angolana Unitel

A empresária angolana Isabel dos Santos anunciou esta terça-feira que vai deixar o seu lugar na administração da operadora de telecomunicações Unitel. “Após 20 anos dedicados à criação, ao desenvolvimento e ao sucesso da Unitel, optei …

Rússia regista primeira vacina contra coronavírus (e filha de Putin já a tomou)

A Rússia tornou-se esta terça-feira o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. "Esta manhã foi …