/

Porto é o único distrito do Norte onde novos casos diminuíram. Bragança, Viana e Vila Real em crescimento

António Pedro Santos / Lusa

De acordo com um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte, o distrito do Porto registou, entre a segunda e terceira semana de novembro, uma diminuição de novos casos de infeção por covid-19. É o único onde há descida de números.

O documento reporta a evolução epidemiológica nos concelhos da região Norte entre a primeira e terceira semana deste mês, diz o Jornal de Notícias.

Dos 6 distritos abrangidos pela Administração Regional de Saúde do Norte, o do Porto passou de 13.349 novos casos na segunda semana para 12.425 novos casos na terceira semana de novembro, o que representa menos 7% de novas infeções.

Entre os 18 municípios do distrito do Porto, apenas 9 acompanharam esta tendência. Entre eles o concelho de Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Matosinhos, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Porto, Santo Tirso, Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras, sendo que estes últimos foram os primeiros concelhos do país a ficar semiconfinados.

Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras foram os que registaram uma diminuição mais expressiva, com a mesma a fixar-se nos 33%, 32% e 27%, respetivamente.

Nestes municípios o Governo determinou, desde 23 de outubro, o dever de permanência no domicílio, a proibição de quaisquer celebrações e eventos com mais de cinco pessoas, bem como a obrigatoriedade de os estabelecimentos encerrarem às 22 horas, com algumas exceções.

Segundo o relatório, o distrito de Bragança foi o que registou o maior crescimento do número de novas infeções. Com o crescimento a fixar-se nos 40%, o distrito de Bragança passou de 424 novos casos na segunda semana de novembro para 595 na terceira semana.

Dos 12 municípios do distrito de Bragança, 6 acompanharam a tendência de crescimento do número de novos casos, nomeadamente Bragança, Freixo de Espada à Cinta, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela e Vimioso.

Ao distrito de Bragança, sucedem-se os distritos de Viana do Castelo e Vila Real, que registaram um crescimento de 22% e 19%, respetivamente, do número de novos casos de covid-19. Viana do Castelo passou de 626 novos casos na segunda semana de novembro para 762 novos casos na terceira semana, enquanto Vila Real passou de 806 para 959.

Também o distrito de Braga registou um crescimento de 11% do número de novos infetados e o distrito de Aveiro de 4%. No distrito de Braga, o número de novos casos passou de 7.045 para 7.832, e no distrito de Aveiro de 2.302 para 2.405 novos casos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.