Polónia acusa União Soviética de ter conspirado com a Alemanha nazi

nara.gov / Wikimedia

Estaline assiste à assinatura do pacto Molotov-Ribbentrop

Durante o seu discurso de comemoração do 71º aniversário da Revolta de Varsóvia, o ministro da Defesa da Polónia, Antoni Macierewicz, acusou a União Soviética de ter conspirado com a Alemanha Nazi para aniquilar o povo polaco.

“A história dos últimos 80 anos seria muito diferente se essa geração da Polónia independente não tivesse sido exterminada de forma terrível pelo gigante criminoso soviético e alemão. Varsóvia também seria diferente”, disse Macierewicz.

De acordo com o ministro, “o motor da luta” durante a Revolta de Varsóvia em 1944 foi o desejo de reestabelecer “um estado nacional polaco independente“.

Essa “era uma ideia que juntava todos os varsovianos e polacos que lutavam contra a barbárie soviética e alemã, que tinham de lutar contra dois inimigos simultaneamente que tinham conspirado contra a existência do povo polaco”, acrescentou Macierewicz.

“Esta parte da história começou com a assinatura do pacto Molotov-Ribbentrop“, e a etapa seguinte foi “a infecção vermelha e as tropas soviéticas que estavam à espera de que Varsóvia fosse aniquilada pelos carrascos alemães”, concluiu.

O pacto de não-agressão entre a Alemanha e a União Soviética, ou pacto Molotov-Ribbentrop, foi assinado a 23 de agosto de 1939. O pacto e os protocolos secretos deram liberdade de acção à Alemanha nazi, que a 1 de setembro de 1939 invadiu a Polónia e ocupou os seus territórios ocidentais – levando a Inglaterra a declarar guerra à Alemanha.

(ad)

Casamento entre Hitler e Estaline: caricatura da época satiriza o Pacto Molotov-Ribbentrop.

A 17 de setembro de 1939, as tropas soviéticas entraram na Ucrânia Ocidental e na Bielorrússia Ocidental, territórios que pertenciam na altura à Polónia. Assistiu-se então a uma partilha dos territórios polacos em zonas de influência entre a União Soviética e a Alemanha, prevista pelos protocolos secretos.

O pacto e outros acordos entre a Alemanha e a União Soviética deixaram de vigorar, de acordo com as normas do direito internacional, depois da invasão da União Soviética pela Alemanha em 22 de junho de 1941.

De acordo com os historiadores, foram mortas de 30 a 75 mil pessoas durante a Revolta de Varsóvia. A janeiro de 1944, Varsóvia foi libertada pelo Primeiro Exército das Forças polacas, formado na União Soviética.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. É um facto histórico que o pacto Molotov-Ribbentrop tinha como objectivo, entre outros, repartir a Polónia entre a Alemanha e URSS.

    Na verdade, a URSS quis fazer parte das potências do Eixo. Hitler é que não aceitou a oferta.

    • ???????????????? Nada disso. O pacto foi assinado porque o Hitler sabia muito bem que não poderia nesse momento assumir uma guerra em duas frentes, contra várias potências em simultâneo. O pacto foi posteriormente quebrado por Hitler porque pensou que melhor do que pagar pelo petróleo que vinha da região do mar cáspio, seria ser dono desta região. E assim foi furado o pacto e a Alemanha invadiu a Rússia. Grande erro, de resto. Já Napoleão o tinha cometido anteriormente. Quanto ao Estaline viu a possibilidade de ganhar dinheiro com tudo isto (vendia quantidades incomensuráveis de petróleo à Alemanha nazi) e na esperança de poder ficar com uma grande parte do leste europeu.

RESPONDER

Thomas Cook anuncia falência e obriga a repatriamento maciço de 600 mil turistas

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência depois de não ter conseguido encontrar, durante o fim de semana, fundos necessários para garantir a sua sobrevivência e, por isso, entrará em “liquidação imediata”. “Apesar dos esforços …

Dar à luz era mais fácil há 2 milhões de anos

Como humanos modernos, desenvolvemos a habilidade de caminhar em duas pernas e temos cérebros grandes. Estas características ajudam-nos a chegar à prateleira de cima e a resolver quebra-cabeças - mas vêm com um preço. As nossas …

Lotes de medicamentos para azia com possível carcinogénio retirados do mercado

O Infarmed ordenou este sábado a recolha e retirada imediata de uma série de lotes de medicamentos protetores gástricos contendo o princípio ativo ranitidina do mercado, depois de ter sido detetada a presença de uma …

Ator de Star Trek morre aos 50 anos

Aron Eisenberg, o Nog de Star Trek: Deep Space Nine, morreu este sábado, com apenas 50 anos. A causa de morte do ator ainda não foi revelada. Morreu Aron Eisenberg, ator que interpretou a personagem Nog, …

Mesmo que não beba, o seu fígado pode sofrer danos causados por álcool

A lesão hepática é uma das consequências bem conhecidas do consumo excessivo de álcool. Mas nem sempre é preciso beber para sofrer delas. Algumas bactérias intestinais produzem álcool e podem danificar o nosso fígado sem lhe …

Colisão gigante de asteróides no Espaço provocou um boom de vida na Terra

Os asteróides desempenharam um "papel divino" na história da vida na Terra. Um novo estudo sugere que um gigantesco boom de biodiversidade na Terra, há cerca de 470 milhões de anos, poderá ter acontecido devido …

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …