Polícia investiga disputa entre cursos na morte de três alunos da U. Minho

Renata F. Oliveira / Flickr

Enterro da Gata na Universidade do Minho, em Braga

Enterro da Gata na Universidade do Minho, em Braga

A PSP está a investigar a hipótese de a morte de três estudantes da Universidade do Minho, na queda de um muro esta quarta-feira em Braga, ter ocorrido após uma disputa amigável entre alunos.

Estudantes da Universidade do Minho relataram à Lusa que o muro cedeu após “uma guerra de cursos entre universitários de Engenharia Informática e de Medicina”.

Segundo estes relatos, no seguimento de um despique amigável e das provocações entre os universitários dos dois cursos, os alunos de Engenharia Informática subiram pelas caixas de correio embutidas no muro, no topo do qual se encontravam os estudantes de Medicina, e a estrutura cedeu.

Contactada pela agência Lusa, fonte da PSP disse que essa “é uma hipótese que está a ser investigada” pela polícia.

O Presidente da Associação Académica da Universidade do Minho disse apenas à Lusa que é preciso aguardar as averiguações das autoridades para se apurar o que se passou.

“Vamos aguardar o resultado das averiguações da polícia antes de fazer mais comentários para evitar conclusões precipitadas”, afirmou Carlos Videira, recusando-se a dar pormenores sobre o que motivou o acidente.

A queda do muro junto à Universidade do Minho, em Braga, matou três estudantes e feriu três, segundo a Proteção Civil, que anteriormente tinha apontado a existência de quatro feridos.

O acidente registou-se às 19:44.

Muro que ruiu vai ser objeto de peritagem

O muro que ruiu, provocando a morte dos três estudantes e ferindo outros três, vai ser alvo de uma peritagem técnica esta quinta-feira para averiguar as causas do acidente, informou o presidente da Câmara, Ricardo Rio.

Segundo o autarca, a peritagem será realizada por técnicos do departamento de engenharia da Universidade do Minho.

O presidente da Câmara Municipal de Braga disse ainda que até agora não existem relatos que apontem para uma eventual insegurança do muro.

A estrutura que ruiu é uma espécie de “muro falso” que servia de suporte a caixas de correio de moradores na zona.

A Proteção Civil avançou que as vítimas são todas do sexo masculino com idades entre os 18 e 21 anos.

Os familiares das vítimas estão a receber apoio psicológico do INEM.

A PSP disse à Lusa que está a investigar a hipótese de a morte de três estudantes da Universidade do Minho, na queda de um muro hoje em Braga, ter ocorrido após uma disputa amigável entre alunos.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …