PJ descobre pedófilo relacionado com desaparecimento de Maddie

Crimewatch / BBC

http://www.bbc.co.uk/programmes/p01vtfjf

Maddie McCann

O pedófilo suspeito revelado hoje pelas autoridades policiais britânicas de ter atacado cinco crianças no Algarve foi investigado pela Polícia Judiciária (PJ) e está alegadamente relacionado com o desaparecimento de Madeleine McCann, em 2007.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que “a informação divulgada hoje pela Metropolitan Police corresponde à linha de investigação descoberta pela equipa da PJ liderada por Helena Monteiro”.

A mesma fonte precisou que “a reabertura do inquérito” judicial surgiu na sequência da investigação do suspeito pela PJ.

“Essa linha de investigação foi dada a conhecer à polícia inglesa e aos pais de Maddie [Gerry e Kate McCann], em reunião realizada em outubro de 2013, nas instalações da PJ, em Lisboa”, referiu.

Esclareceu ainda a fonte que “o inquérito continua aberto e a PJ prossegue a investigação com a reserva e discrição que a tem caracterizado”, acrescentando que “a identificação de cinco situações com idêntico ‘modus operandi’ permitem admitir como possível que estes crimes tenham sido cometidos pelo mesmo autor e que este possa estar relacionado com o desaparecimento de Madeleine”.

O detetive inspetor-chefe da Metropolitan Police Andy Redwood disse hoje que a polícia britânica está a investigar o desaparecimento de Madeleine McCann pelo alegado pedófilo que atacou cinco crianças no Algarve.

Um apelo transmitido nas televisões britânica, alemã e holandesa revelou vários retratos robô de homens suspeitos e apelava a informação sobre uma série de furtos a apartamentos na Praia da Luz, entre janeiro e abril de 2007.

Três famílias britânicas contactaram a Scotland Yard com informação de um intruso nas suas casas de férias no Algarve, que tinha entrado nos quartos das filhas.

Só depois a polícia britânica descobriu que outros nove casos envolvendo famílias britânicas tinham sido reportados à polícia portuguesa, que nunca descobriu o culpado, revelou o detetive inspetor chefe Andy Redwood durante um encontro com jornalistas hoje em Londres.

Ao todo, os doze casos têm em comum um intruso, que se introduziu nas casas de férias sem forçar a entrada e entrou nos quartos de meninas entre os seis e 12 anos.

Em nove dos casos, o intruso saiu sem roubar valores, o que leva os investigadores a pensar que o seu principal interesse é em “fêmeas brancas jovens britânicas”.

Maddie desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico na Praia da Luz, no Algarve.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O que na realidade têm comum é a nacionalidade dos pais desleixados que deixam crianças sozinhas em casa, para se irem enfrascar. É uma questão de cultura menor…
    Pais portugueses muito dificilmente fariam isso ou sequer fariam isso por uso e costume…

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …