PJ pediu ajuda à Doyen para identificar Rui Pinto. Aníbal Pinto diz-se “chocado”

Rui Pinto / Twitter

Hacker Rui Pinto

Em mais uma sessão do julgamento de Rui Pinto, esta quinta-feira, o investigador da Polícia Judiciária (PJ) José Amador admitiu ter contactado um advogado da Doyen para que o fundo de investimento acelerasse uma investigação que tinha como objetivo identificar Rui Pinto.

De acordo com o jornal Público, Amador disse que o objetivo seria que o fundo pudesse interferir junto “dos russos” para identificar o endereço eletrónico que permitiria, mais tarde, identificar Rui Pinto.

Durante o julgamento, discutiu-se também o facto de Rui Pinto ter conhecimento de que a PJ tinha pedido informações sobre à Yandex, o servidor russo onde estava alojado o Football Leaks, sobre o detentor do site. José Amador disse que o denunciante sabia disto após consultar o email de Pedro Henriques, advogado que na altura representava a Doyen.

“Mas como é que Pedro Henriques teve acesso a este documento?”, perguntou a juíza Margarida Alves, à qual Amador respondeu: “Pois, não é habitual, mas era para ver se agilizava junto dos russos”.

À saída do tribunal, Aníbal Pinto, advogado que trabalhou com Rui Pinto nas negociações com a Doyen, disse ter ficado “chocado”, criticando duramente o facto de a PJ ter estado “a trabalhar” para a Doyen. Aníbal Pinto sempre acusou Pedro Henriques de ter agido como um “agente provocador” no processo.

“Mas como é que a Polícia Judiciária dá elementos de pedidos de informação internacional a pessoas interessadas no processo?”, atirou o advogado.

Relativamente ao encontro numa estação de serviço entre elementos da Doyen e Aníbal Pinto tinha uma lógica de “flagrante delito”, realça José Amador. O objetivo era que o advogado aceitasse dinheiro em troca de informações da Doyen ou que Rui Pinto marcasse presença no encontro e pudesse ser identificado e detido.

José Amador argumenta que identificou Rui Pinto com base numa “coincidência”. Ainda antes do Football Leaks, o investigador da PJ tinha estado envolvido numa disputa entre o denunciante e um banco das ilhas Caimão, em que Rui Pinto era suspeito de ter desviado 264 mil euros.

No encontro com a Doyen, quando Aníbal Pinto mencionou o seu cliente como sendo um jovem na casa dos 20 anos e com questões antigas com um banco nestas ilhas, José Amador fez a associação, escreve o Público.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Os elefantes de Aníbal não ofuscarao as tramóias destes Pintos .
    O cerco aperta-se e o salve-se quem puder já começou e o amigo de Ana Gomes ,Rui Pinto, já foi tramado prlo seu ex-advogado..

RESPONDER

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …

T-shirt reduz efeitos da menopausa

T-shirt portuguesa reduz sintomas da menopausa e ajuda quem tem cancro (e já está à venda)

A investigadora da Universidade do Minho (UM) Filipa Fernandes criou uma t-shirt que atenua os efeitos da menopausa e melhora a qualidade de vida de pacientes com cancro, graças a um tecido com um revestimento …