//

Picanha, cerveja e piropos: estrangeiros contam o português que aprenderam no Mundial

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Com o fim da Copa do Mundo, o Brasil agora despede-se em definitivo da legião de estrangeiros que, com a sua simpatia, conquistou os seus anfitriões.

Cerca de 700 mil turistas estrangeiros estiveram ao Brasil durante o mês de junho. Além de assistir a muito futebol, conheceram as cidades, a cultura e até um pouco da língua portuguesa.

A BBC conversou com alguns destes estrangeiros em São Paulo e Brasília e perguntou-lhes quais foram as palavras favoritas que aprenderam em português.

Aprenderam, claro, “algumas palavras más, que não podiam dizer na TV”. Mas “Obrigado” é a palavra mais vezes referida.

Algumas outras óbvias são “cerveja“, “beleza”, “caipirinha”, “beijo” e “isso, isso”, uma palavra fantástica que, não opinião de um dos entrevistados, “nos permite ir a qualquer lado e dizer isso, isso, isso e as pessoas percebem o que queremos dizer”.

E “gosto do brijo dos seus olhos”. Um dos piropos que qualquer estrangeiro no Brasil tem que aprender. Isso e “onde é que você mora?”.

Uma peculiar adepta diz que gosta mesmo é do nome de uma estação de metro, que diz na perfeição: Anhangabaú. Não é para qualquer um.

E até nem faltou um adepto francês que aprendeu a dizer “a copa é nossa”. Não foi.

ZAP / BBC

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.