O céu, o inferno e o “pesadelo depois do Natal”. Portugal em destaque no El País

Mário Cruz / Lusa

Dezenas de ambulâncias com pacientes aguardam no exterior do Hospital de Santa Maria em Lisboa para deixar os doentes na urgência hospitalar.

A pandemia em Portugal está em destaque no jornal espanhol El País, que apontou o relaxamento das medidas no Natal como o principal culpado do agravamento da situação.

Portugal continua a fazer correr muita tinta pela imprensa estrangeira, mas não pelas melhores razões. Os efeitos devastadores da pandemia de covid-19 em Portugal já foram destacados em várias publicações, desde a CNN ao New York Times. Um especialista britânico também pintou um retrato da situação que Portugal atravessa, explicando por que estamos a ser atingidos tão brutalmente por este inimigo invisível.

Agora é a vez do El País, em Espanha, destacar os efeitos da pandemia cá, num artigo intitulado “Portugal, pesadelo depois do Natal”. Como o próprio nome indica, o El País também considera que as festividades natalícias provocaram o descalabro no controlo do novo coronavírus.

“O país que deu o exemplo na luta contra o vírus está na vanguarda mundial em vítimas depois de festividades quase sem restrições”, lê-se no artigo.

O jornal espanhol esteve junto à fronteira, em Vila Nova de Cerveira, onde visitou um lar que inicialmente conseguiu não registar nenhuma infeção e, agora, todos os seus utentes e funcionários infetados.

“A palavra ‘milagre’ foi a pior que podíamos usar porque foi alcançada com trabalho”, disse Aurora Viães, vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

“Os dados são pavorosos”, escreve a jornalista espanhola Sonia Vizoso. Metade das mortes por covid-19 em Portugal ocorreu em janeiro e a incidência por 100 mil habitantes em 14 dias atinge números sem precedentes: 1.438. No que toca ao número de mortes por 100 mil habitantes, Portugal também é o indesejado líder a nível mundial.

As poucas restrições no Natal são apontadas como o principal erro que levou a este panorama. “Salvar o Natal foi um grande erro; sabíamos, mas não esperávamos que fosse desta magnitude”, confessa Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública.

Portugal contabilizou, este sábado, mais 214 mortes e 6.132 casos positivos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …