Hospitais “no limite”, maior taxa de mortalidade da Europa e vacinação indevida. Caos português é notícia no NYT

Mário Cruz / EPA

Hospitais sem recursos, filas de ambulâncias intermináveis, uma taxa de mortalidade que ultrapassa todos os países da Europa e vários casos de vacinação indevida. O cenário pandémico em Portugal não é animador e já é notícia do outro lado atlântico.

Para os portugueses não é novidade o caos que a pandemia de covid-19 está a instalar em todos os hospitais do país, mas a notícia também já chegou às páginas de um dos jornais mais conceituados dos EUA – o New York Times.

O jornal norte-americano Portugal evidencia a luta diária que os profissionais de saúde estão a travar e sublinha que o país tem a “maior taxa de mortalidade na Europa”, consequência dos elevados internamentos que os hospitais hospedam, sobretudo “em unidades de cuidados intensivos”.

Lisboa é tida como a cidade mais sobrecarregada. O NYT recorda que as autoridade de saúde têm pedido aos pacientes para tentarem tratar-se em casa – caso seja viável – e sublinha que o Governo português já pediu ajuda a outros países europeus (como é o caso da Alemanha, que a partir de quarta-feira reforça o SNS com profissionais, camas e ventiladores que irão ajudar no combate à covid-19).

O diário dos EUA recorda o sucesso que Portugal teve na “primavera passada” na luta contra o novo cornavírus: “Portugal foi uma das histórias de sucesso da Europa, depois de implementar um confinamento restrito que ajudou a manter o número de mortos bastante baixo, especialmente em comparação com a vizinha Espanha”.

Porém, desde o Natal, o país não tem sido exemplo para nenhum país devido ao aumento de casos e mortes que tem enfrentado nas últimas semanas, e é esta tendência menos positiva que é vincada pelo NYT.

Pedro Siza Vieira, Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, disse, em declarações ao jornal americano, que o país “prevê semanas difíceis”.

O governante português apontou “as férias de Natal” como ponto fulcral para o aumento do número de casos e mortes no país. Siza Vieira admitiu ao NYT que a maior parte dos portugueses não cumpriram as regras importas pelo Governo e isso aumentou a mobilidade em Portugal, o que consequentemente fez disparar as infeções.

Ainda assim, o jornal norte-americano nota que os novos casos estão a desacelerar em Portugal “depois de um confinamento nacional ser implementado em meados de janeiro”.

O New York Times realça o facto de Portugal ter sido, inicialmente, um dos países mais atrasados ​​na Europa a fazer a distribuição de vacinas, e destaca as polémicas dos últimos dias em torno das vacinas – com vários casos de pessoas que estão a ser indevidamente vacinadas, não cumprindo assim o plano que foi definido pelo governo.

  Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tem piada, aqui está a prova para aqueles que defendempor engano, aqui estar a situaçao boa. Pois só alguns acham.Deve ser eu que leio mal.
    Hospitais “no limite”, maior taxa de mortalidade da Europa e vacinação indevida. Caos português é notícia no NYT

RESPONDER

Ministro da Defesa não participou na organização das comemorações do Dia do Exército — onde foi vaiado

João Gomes Cravinho não participou no processo de organização do Dia do Exército, cerimónia onde foi vaiado e onde não foi tocado o hino daquela força militar. O governante foi, nas últimas 24 horas, defendido …

Recorde: Palmeiras de Abel rematou... 36 vezes num jogo

Um "massacre" da equipa de Abel Ferreira, que conseguiu uma vitória difícil contra o Sport. O Palmeiras prolongou a série positiva no Brasileirão. A equipa de Abel Ferreira chegou à terceira vitória consecutiva no campeonato, levando …

A vitória em Barcelona deve ajudar... a bilheteira do Real Madrid

O máximo que o Santiago Bernabéu registou nesta época foi 24 mil espectadores. Com condicionantes. O renovado Estádio Santiago Bernabéu já acolheu três jogos do Real Madrid nesta temporada mas muitas cadeiras ficaram vazias. O mítico palco …

Mais três mortes e 829 novos casos por covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal conta mais mais 1284 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Centro. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais três mortes e 829 casos de infecção pelo …

Operação Marquês. Relação de Lisboa obriga Ivo Rosa a admitir o recurso do MP e a ficar com os autos da não pronúncia

O Tribunal da Relação de Lisboa decidiu que o juiz de instrução criminal tem de continuar a ser responsável por parte do megaprocesso da Operação Marquês, contra a vontade do magistrado. O Tribunal da Relação de …

OE2022: Catarina Martins diz que Governo “talvez queira” uma crise política

A coordenadora do BE, Catarina Martins, acusou hoje o PS de não querer uma solução para o Orçamento do Estado, considerando que o Governo “talvez queira” uma crise política e eleições antecipadas, o que será …

Nova maternidade de Gaia entra em funcionamento em janeiro de 2022

Vila Mova de Gaia está prestes a ter uma nova maternidade. Espera-se que as obras fiquem concluídas em dezembro deste ano. O funcionamento deverá ter início em janeiro de 2022. Rui Guimarães, presidente do Conselho de …

Teste à covid-19

Investigadores descobrem marcador biológico que antecipa prognóstico de covid-19

Um grupo internacional de investigadores no qual estiveram envolvidos especialistas da Fundação Champalimaud descobriu um marcador biológico com potencial para dar prognóstico da gravidade da covid-19, com a deteção do marcador a resultar de um …

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Nem as regiões autónomas são boia de salvação. PSD Açores e PSD Madeira contra OE2022

As regiões autónomas têm historial de votar de forma diferente o Orçamento do Estado, caso seja essa a indicação da comissão política regional e se houver ganhos para a região. Desta vez, parece não ser …

Vulcão, La Palma

Mais lava em movimento. Vulcão de La Palma abre nova boca eruptiva

Um novo desabamento do cone do vulcão de La Palma (Canárias) está a fazer com que uma grande quantidade de lava se desloque, principalmente em direção ao oeste, sobre o fluxo primário de lava. Durante as …