Riscos do crowdfunding. É impossível saber quem pagou greve dos enfermeiros

Rodrigo Antunes / Lusa

O parecer da Procuradoria-Geral da República que considerou a greve dos enfermeiros ilegal é muito claro a alertar para os riscos que a actual lei do crowdfunding acarreta, já que não permite identificar quem apoiou financeiramente o protesto. Em causa estão eventuais práticas ilícitas como o branqueamento de capitais.

A TSF revela o teor do parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) que considerou que a greve dos enfermeiros, financiada através de donativos efectuados numa plataforma online num sistema conhecido por crowdfunding, é ilegal.

A PGR destaca que é impossível saber quem financiou a greve cirúrgica por causa de um artigo do Regime Jurídico do Financiamento Colaborativo que regula o crowdfunding e que foi publicado em 2015. Este artigo assinala que as plataformas online que recolhem estes donativos estão obrigadas a preservar a confidencialidade dos dados de quem contribui com o dinheiro.

Esta circunstância levanta muitos problemas, já que “é possível que ocorram donativos que integrem práticas ilícitas, como o branqueamento de capitais ou concorrência desleal”, destaca a PGR.

“Não abdicando estes do anonimato, os beneficiários da operação não têm possibilidade de conhecer a sua identidade, o que não lhes permite controlar a origem dos donativos“, acrescenta o organismo, vincando os perigos do crowdfunding.

No caso concreto da greve dos enfermeiros, a PGR destaca que na “constituição de um Fundo de Greve através de uma operação de crowdfunding, estamos perante um processo de obtenção de financiamento com riscos de instrumentalização das organizações sindicais e dos trabalhadores em greve”, o que põe em causa a independência e autonomia dos Sindicatos.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Então porque não se altera esse lei? A quem está a beneficiar senão ao crime organizado? Que porra de “justiça” é esta que existe neste País que apenas carrega sobre os mais indefesos, os mais carenciados, ao arrepio da CRP (será que ainda se encontra em vigor)?

    • Quando a fizeram em 2015 ninguém pensou nisso? (devem ser incompetentes)
      E de 2015 até 2019 nunca foi um problema?
      Ou só agora é que se torna um problema por permitir ir contra o governo??????

      • O problema é que as leis neste país são feitas à medida dos interesses instalados pelos partidos do poder – todos eles, sem excepção -, sem ter em conta a verdadeira justiça, imparcialidade e no doa a quem doer… Todos os partidos com assento na AR são culpados, porque apenas o que os diferenciam são as suas cores partidárias.

  2. Pois, agoranque se viu que aparece dinheiro para contrariar a políotica, já é um problema.

    Vem aí mais uma ameaça (lei) à liberdade, estejamos atentos.

  3. Lendo a noticia com atenção, parece-me que não é bem assim – isto é, os sindicatos não podem conhecer a identidade de quem deu dinheiro para o crowdfundig (porque as empresas de crowdfundig são obrigadas a respeitar o anonimato dos dadores), mas não vejo nada dizendo que as autoridades, com um mandato, não podem saber a identidade dos beneficiários.

    E quanto à conversa de crime organizado, lavagem de dinheiro, etc. , vamos lá ver – mudava alguma coisa se os beneficiários pudessem conhecer a identidade dos doadores? Em principio, num esquema de lavagem de dinheiro, o suposto beneficiário já sabe quem está a dar o dinheiro (já que no fundo é ele próprio ou alguém associado a ele – é essa a essência da lavagem de dinheiro).

  4. Se alguém pagou algum benefício tirou, sabendo-se os benefícios pouco falta para saber quem pagou, é uma questão de “fazer as contas”.

RESPONDER

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …

Pelo menos três mortos em tiroteio em supermercado no Oklahoma

Pelo menos três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio num supermercado da cadeia Walmart em Duncan, cidade do Estado norte-americano Oklahoma. O responsável da polícia de Duncan, Danny Ford, citado pela televisão local TNN-ABC, indicou que …

Benfica tem 125 jogadores com contrato profissional. Sporting tem 123 e o FC Porto só 80

O Benfica tem assinado contratos profissionais com cada vez mais jogadores, ao longo dos últimos anos. Actualmente, o clube da Luz tem contrato com 125 atletas. O Sporting está lá perto, com vínculos profissionais com …

Rússia está a negociar a troca de espiões ao estilo do que acontecia na Guerra Fria

A Rússia, a Noruega e a Lituânia realizaram recentemente uma troca de espiões, garantindo o retorno de vários agentes capturados aos seus países de origem. De acordo com chefe da contrainteligência lituana, citado pelo Moscow Times, …

"Totalmente depauperado". Bruno de Carvalho pede dispensa das sessões de julgamento

O ex-presidente do Sporting, que disse ser comentador desportivo, pediu dispensa das sessões, alegando não ter meio de transporte e estar completamente "depauperado". Arrancou, esta segunda-feira, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, o julgamento de 44 …

Nike deixa de vender produtos através da Amazon

A marca desportiva Nike vai deixar de vender as suas peças de roupa e calçado diretamente através da Amazon, acabando com um contrato firmado em 2017, no qual concordava em vender uma variedade limitada de produtos …

Marco António Costa apoia Pinto Luz. Cavaco também era “improvável e desconhecido”

O antigo vice-presidente do PSD declarou, esta segunda-feira, o seu apoio ao candidato Miguel Pinto Luz, afirmando que, em 1985, Cavaco Silva também foi um vencedor "improvável e desconhecido". "Em maio de 1985, o Governo de …

Veneza com "centenas de milhões" de euros de prejuízo por causa das cheias

A cidade de Veneza, com inundações nos últimos dias, voltou este domingo a registar uma maré alta, mas de menor magnitude, tendo as chuvas intensas que afetam Itália levado a alertas para as cidades de …