Pedro Dias “rezou” por Liliane e chorou “como um bebé” quando ela morreu

Paulo Novais / Lusa

Pedro Dias, suspeito de um duplo homicídio em Aguiar da Beira

Pedro Dias, conhecido como o homicida de Aguiar da Beira, fez “novenas” por Liliane Pinto, a mulher que terá sido vítima dos seus disparos, e chorou “como um bebé” quando ela morreu. A garantia foi dada em tribunal pela irmã do arguido.

Na Guarda, entra na recta final o julgamento de Pedro Dias, acusado das mortes de Aguiar da Beira, com a expectativa de que o arguido fale ao tribunal, na sessão desta terça-feira.

A manhã foi dedicada às testemunhas da defesa de Pedro Dias, entre as quais a sua irmã Andreia Susana que garantiu que “quando a Liliane morreu, ele desabou”. “Fazia novenas por ela”, disse, ainda, conforme cita o Correio da Manhã.

Andreia Susana também sublinhou que viu o irmão “chorar como um bebé quando a Liliane morreu”. Contudo, assumiu que nunca o viu a rezar por Liliane e que foi ele que lhe disse que o tinha feito, conforme refere o Observador.

Já um amigo de Pedro Dias, António Miguel Monteiro, outra das testemunhas da defesa, assegurou que o arguido é “muito religioso” e que lhe pediu “para rezar pela Liliane”.

“Ele queria que a Liliane falasse, que ela contasse o que aconteceu. Só ela podia dizer a verdade”, apontou, ainda, esta testemunha, frisando que Pedro Dias se sentia “muito perseguido pela GNR”.

Foi pai na cadeia e ainda não conhece o filho

A irmã de Pedro Dias também revelou ao tribunal que o irmão foi pai, já depois de ter sido preso, e que “não conhece o filho mais novo”. “Recusa-se a conhecer o bebé por um vidro”, notou Andreia Susana, salientando que “nunca tocou” no filho.

Andreia Susana ainda mencionou a “bondade excessiva” do irmão, realçando que “ajudava todos”, e que tinha receio de ser morto pela GNR, razão pela qual não se entregou mais cedo às autoridades.

“O meu irmão não é um monstro. É o irmão que todos querem ter, o filho que os pais querem ter. É muito paciente e não faz nada sem razão”, apontou também a irmã de Pedro Dias.

Sessão interrompida por gritos de mãe e protesto do arguido

A marcar a sessão matinal do julgamento estão, ainda, duas interrupções, uma perpetrada por Pedro Dias e outra pela mãe de Liliane Pinto.

A jovem assassinada em Aguiar da Beira completaria nesta terça-feira, 28 anos de idade e os pais marcaram presença na audiência. “Ele matou os meus filhos”, disse, a dada altura, a mãe de Liliane, durante o testemunho da irmã de Pedro Dias. A mulher já tinha revelado que considerava o genro, também alegadamente assassinado pelo arguido, com um filho.

Noutro momento da audiência, foi Pedro Dias quem soltou um desabafo, numa altura em que um dos advogados das famílias das vítimas questionava uma das testemunhas da defesa sobre o tipo de estudos que o arguido teria.

“Senhor juiz, é muito difícil estar aqui com estas perguntas”, disse Pedro Dias, levantando-se, conforme reporta o Observador.

Espera-se que, ainda hoje, Pedro Dias apresente ao tribunal a sua versão dos factos. Esse cenário foi admitido pela sua advogado, Mónica Quintela, antes do início da sessão de julgamento. “Vamos ver”, disse a advogada.

Se ficar concluída nesta terça-feira a produção de prova, Pedro Dias deverá usar da palavra. Ele responde por três crimes de homicídio qualificado sob a forma consumada e três crimes de homicídio qualificado sob a forma tentada. É, ainda, acusado de crimes de sequestro, de roubo de automóveis, de armas e de dinheiro, e de detenção e uso de armas proibidas.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Este criminoso tem a sorte de ter nascido num país onde esta seita é mais protegida do que o honesto cidadão, por várias mortes irá apanhar no máximo 25 anos pena por um crime os outros nada contam e possivelmente porque sabe ser um grande artista na cantilena ainda sairá antes, pena de morte ou perpétua seria a dose adequada a tamanha besta.

  2. Tenho a certeza de que esta criança inocente nunca irá querer conhecer o seu progenitor, quer por vergonha, quer por repúdio. Digo progenitor porque para ele ser pai tinha de ter um pingo de amor (por ele e pelos outros), quem não gosta dos outros não gosta de si, quem não respeita os outros não se respeita a si. Esta criança está mais segura longe desse monstro, animal, psicopata. Espero que os juízes tenham a cerenidade de condenar este “animal”, pois como não haje civilmente é um “animal”, a pena máxima, e pena é que não haja pena de morte nestes casos. Era feita JUSTIÇA para a família das vítimas, e a paz para os restantes.

  3. Que fazia a policia de madrugada naquele ermo ???????????????
    O Pedrocas só estava a dormitar um pouco segundo se consta, né ????????
    Então, os 2 armados chegam ao pé de 1 a dormir e é este que bocejando, ainda mata 1 e desarma o outro ??????????
    Cheira-me a que aqui falta alguma coisa …………………………………………

RESPONDER

Prejuízos na TAP agravam-se e podem afastar Neeleman. Governo já procura novo comprador

A TAP apresentou prejuízos de cerca de 119 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, um agravamento de 29 milhões relativamente a 2018. São os resultados negativos mais elevados desde a privatização da companhia …

"Deixem as vacas em paz!" Marcado mega churrasco de protesto na Universidade de Coimbra

Continuam a chover críticas à Universidade de Coimbra depois da decisão de banir a carne de vaca das cantinas. Associações do sector da produção bovina apelam a que se "deixem as vacas em paz" e …

Parte do programa do PDR é literalmente igual ao do PSD

O programa eleitoral do PDR para as legislativas de 6 de outubro é "exactamente igual" ao programa do PSD. São parágrafos inteiros e medidas exactamente iguais, diz o Público. Os programas eleitorais do Partido Democrático Republicano, …

Cofina chega a acordo com Prisa. TVI vendida por 255 milhões de euros

A Cofina SGPS anunciou este sábado ter chegado a acordo com a espanhola Prisa para comprar a totalidade das ações que detém na Media Capital, valorizando a empresa em 255 milhões de euros. Em comunicado enviado …

BE é feminista porque "isso é querer igualdade e segurança" (e não queima pontes)

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda assumiu sexta-feira o partido como feminista, explicando que "isso é querer igualdade e segurança" para ambos os sexos, e que é preciso "mudar as regras do jogo em …

O mistério da origem do estanho da Idade do Bronze foi finalmente resolvido

A origem do estanho usado na Idade do Bronze tem sido um dos maiores enigmas da pesquisa arqueológica. Agora, investigadores resolveram parte do quebra-cabeças. Um grupo de arqueólogs da Universidade de Heidelberg e do Centro de …

Votos postais dos portugueses no Reino Unido estão a ser devolvidos aos remetentes

Os correios britânicos estão a investigar "com urgência" a razão pela qual os envelopes com os votos postais dos portugueses residentes no país estão a ser devolvidos aos remetentes, informou hoje uma fonte oficial à …

Fuligem da poluição do ar encontrada na placenta de mulheres grávidas

Manchas de fuligem expelidas de motores de automóveis e centrais de combustíveis fósseis podem ser encontradas no lado fetal da placenta. Uma equipa liderada por cientistas da Universidade Hasselt, na Bélgica, estudou as placentas após o …

Mosquitos geneticamente modificados libertados no Brasil estão a reproduzir-se

O inesperado aconteceu: mosquitos geneticamente modificados estão a reproduzir-se no Brasil. A empresa responsável pela criação destes insetos mutantes realça que não há perigo para a saúde das pessoas. O plano para reduzir a população local …

Em 1816 não houve verão. A culpa foi de um vulcão na Indonésia

https://vimeo.com/361354585 Em 1815, o vulcão Monte Tambora, na Indonésia, explodiu - e terá sido a maior erupção nos últimos 1.500 anos. Há muito que se suspeita que o evento causou o chamado "ano sem verão" na …