Núncio “confessou responsabilidade” (e o país “deve-lhe muito”)

José Sena Goulão / Lusa

O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

O PCP considerou hoje que a “confissão” do ex-secretário de Estado Paulo Núncio no caso das transferências para ‘offshore’ responsabiliza não só o CDS, mas também o PSD e o anterior Governo.

O antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Paulo Núncio assumiu no sábado a “responsabilidade política” pela não publicação de dados relativos às transferências de dinheiro para ‘offshore’, pedindo o abandono das suas funções atuais no CDS-PP.

Na noite de sexta-feira, o antigo diretor-geral do fisco Azevedo Pereira garantiu ter por duas vezes solicitado autorização ao ex-secretário de Estado para publicar dados relativos às transferências de dinheiro para ‘offshore’, mas “em nenhum dos casos” esta lhe foi concedida.

“Esta confissão do Dr. Paulo Núncio confirma a responsabilidade do PSD e do CDS nesta questão das ‘offshores’, mas confirma também a política de dois pesos e duas medidas do Governo PSD/CDS”, disse à Lusa João Oliveira.

O anterior Governo “esmagou os trabalhadores e o povo com aumentos de impostos com cortes de direitos, com o empobrecimento forçado”, diz João Oliveira, ao mesmo tempo que fazia vista grossa a 10 mil milhões que saíam do país sem controlo por parte do Governo relativamente ao cumprimento de obrigações fiscais”.

O líder da bancada parlamentar do PCP considerou, por isso, que não é apenas Paulo Núncio e o CDS que devem ser responsabilizados, mas o PSD, o CDS e o seu Governo, “por esta política de dois pesos e duas medidas”.

“Portugal deve muito a Paulo Núncio”

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, disse hoje que Paulo Núncio, ao assumir a sua “responsabilidade política” pela não publicação de dados relativos às transferências de dinheiro para ‘offshore’, revela “uma grande elevação de caráter“.

“Esta atitude mostra com clareza que Paulo Núncio está disponível para todo os esclarecimentos e demonstra elevação de carácter”, defendeu Assunção Cristas em declarações aos jornalistas em Gouveia.

A líder centrista considera que “o país deve muito a Paulo Núncio em matéria de combate à fraude e evasão fiscal”.

Assunção Cristas sublinha que a não publicação das estatísticas das transferências para paraísos fiscais não implica, necessariamente, uma perda de receita fiscal.

“Não há nenhum montante perdido. Se há possibilidade de recuperar algum montante isso deve-se ao aumento do prazo de quatro para 12 anos para recuperar o dinheiro”, ressalvou a antiga ministra.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Deve ser deve.
    Na semana passada dizia a Dona Cristas que o ministro das finanças tinha mentido e por isso tinha falta de carácter. Este mentiu com os dentes todos e mais que uma vez ( primeiro disse que não sabia de nada, depois já sabia mas a culpa era do director geral das finanças e, á terceira, lá assumiu) e, segundo a Dona Cristas, é uma pessoa com grande elevação de carácter. É mesmo passar atestados de burrice ás pessoas. Deve considerar-nos uns mentecaptos concerteza.
    O país não lhe deve nada, pagámos-lhe o salário e todas as mordomias para ele fazer o seu trabalho de forma competente, não o fez e ainda deu prejuízo a todos nós.
    Por fim, tenho sérias duvidas que seja o unico responsável. Isto é obra de patamar superior. Para mim, ele demitiu-se, dando o “corpo ás balas” e arcando com as responsabilidades de outros acima dele, para ver se encerra de vez o assunto. Se os partidos de esquerda forem mexer nisto vai haver descobertas da “careca” a muita gentinha, ai vai, vai.

  2. O país deve-lhe muito, ou ele é que deve ao país uns milhões que deixou que fossem para os offshores?
    Erros de ofício?… Ou o país não lhe pagou o salário?

  3. Eu não devo nada a estas pessoas, eles e que devem muito ao país por serem remunerados com altos salários, face à sua grande incompetência para os cargos que ocupam. Mais uma vez dirigentes do CDS, são suspeitos em actos que envolvem milhões, e os processos desaparecerem. Lembram-se do processo dos submarinos do Paulinho???? Será coincidência, ou trata-se de grupos organizados??????Basta de Portugal aguentar todos estes casos com intervenção de políticos e seus partidos, e todos saírem ilesos, sem sofrerem consequências, para prejuízo dos Portugueses e do País.
    Lembro o que Antonio Costa disse na campanha eleitoral, que foi que o País iria saber de muitas histórias e factos do anterior governo PSD/CDS. Aí está mais um.
    Não sou simpatizante do PCP, mas que fazia falta ao nosso País um governo do PCP para acabar com esta forma, fazia , fazia.

  4. “o país deve muito a Paulo Núncio em matéria de combate à fraude e evasão fiscal” ?
    Então não deve?
    Os vendedores de bolas de Berlim nas praias que o digam.

RESPONDER

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação, no âmbito do concurso externo imposto ao Estado pela União Europeia. Mais de 800 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através …

Após saída do primeiro-ministro, Macron faz remodelação governamental e muda ministros-chave

O Presidente francês Emmanuel Macron aproveitou a mudança de primeiro-ministro para levar a cabo uma profunda remodelação do seu Governo. Anunciada na segunda-feira, a grande mudança é o novo ministro do Interior, Gérald Darmanin, até …

Marcelo promete ir todas as semanas ao Algarve para "puxar pelo turismo"

O Presidente da República disse esta segunda-feira, no Algarve, que é necessário “olhar para a frente e lutar” para o turismo na região superar as perdas causadas pela exclusão de Portugal do corredor aéreo com …