Passos teve na mão solução para o Banif que pouparia milhões ao Estado

5

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

O caso Banif poderia ter sido resolvido poupando vários milhões aos contribuintes portugueses, a avaliar por uma carta agora divulgada, que revela que a Comissão Europeia apresentou ao anterior governo uma solução para o Banco em 2014.

Na carta, datada de Dezembro de 2014 e divulgada pelo Diário Económico, a Comissária Europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, apresenta o “esboço” de “um plano de reestruturação” para o Banif que “asseguraria a viabilidade” do Banco e o pagamento da “totalidade dos 825 milhões de euros da ajuda recebida do Estado ou, pelo menos, remunerar essa ajuda de forma adequada”.

A proposta da União Europeia, que surgiu “após a rejeição de vários planos de reestruturação”, realça o Económico, previa a venda do Banif de forma gradual até 2017.

A  Comissária Europeia da Concorrência sublinhava na sua carta que “a necessidade de uma actuação rápida é ainda mais urgente” no caso do Banif do que no caso BES.

Vestager realçava também a ideia de que as instâncias europeias estavam a ser compreensivas e pacientes com o governo de Passos Coelho, que não queria pôr em causa a saída limpa do Programa de Assistência.

Na carta ainda se solicitava ao anterior Executivo a apresentação de uma solução “credível” até Março de 2015, mas como isso não aconteceu, a Comissão Europeia abriu uma investigação ao Banif.

Em Dezembro passado, o governo de António Costa acabou por consumar a venda do Banif ao Santander por 150 milhões de euros, perdendo o Estado a possibilidade de recuperar os 825 milhões de euros injectados no Banco e ficando em risco de gastar mais de três mil milhões de euros .

Um desfecho muito negativo para as contas dos contribuintes e que podia afinal, ter sido menos oneroso para o Estado.

Estado poderia ter poupado mil milhões no Banif

O Jornal de Notícias aponta que o “Estado podia ter poupado até mil milhões no Banif”, caso o governo de Costa tivesse “optado por imputar perdas aos investidores com obrigações seniores“.

A solução traçada para o Banif implicou um “resgate interno mínimo” (“bail-in”) que responsabiliza os accionistas e os obrigacionistas subordinados do Banco.

Mas, “de acordo com as regras portuguesas, era possível que esse resgate interno tivesse chegado também aos obrigacionistas seniores”, frisa o JN, citando uma fonte europeia.

Essa alternativa seria semelhante à que aconteceu no Novo Banco quando a 29 de Dezembro passado, o Banco de Portugal decidiu passar para o BES as obrigações dos credores seniores, imputando-lhes as potenciais perdas fruto da provável incapacidade financeira do “banco mau”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Decisão esta que está a ser muito contestada, com os obrigacionistas a ameaçarem ir para Tribunal.

ZAP

5 Comments

  1. Poupava ao Estado (ao povo contribuinte) mil milhões, mas os amigalhaços do Portas e do Passos, aqueles que deviam pagar mais impostos e não pagam, os mais ricos do país, esses perdiam. Como Passos e Portas querem tacho quando saírem da politica, puseram o povo mais uma vez a pagar.

  2. Numa europa desmembrada por conglomerados que patrocinaram “Aliados”, “nacionalistas” e “Socialistas” não é de se admirar que a Eurásia Ocidental vá neste momento passar mal. Todos sabemos que a europa foi orquestrada pela OSS a mando do vaticano e os amigos de jesus e o gang Z. Nada do que foi registado sobre o período anterior á 1ª guerra nem pós segunda guerra (ambas chamadas de Guerra dos 30 Anos por Churchill) é real. Hoje cerra-se dentes ao revisionismo da história para o povo não descobrir que a europa foi tomada por castas agressivas para a tornar nuns meros estados unidos de coisa nenhuma.. um pouco como quando os ingleses retomaram os estados unidos depois da guerra civil americana. Para concluir é de se notar que quem não sabia á 5 anos que iriamos ter para 2016 um governo comunista(ou fabiano) vai agora chorar por nada ter feito pois a situação está em reais maus lençóis. O plano que foi traçado para este canto do planalçto , já se faz mostrar e se notar o efeito de victória.. para tal visionamento basta erger o olhar e verificar as descargas quimicas que se abatem sobre nós 24/7 que nada mais são do que a mais avançada tipologia de guerra.(daí todos os países terem dividas um projecto destes é dispendioso) Feliz 2016 para todos.
    Boa Noite e boa Sorte

  3. Uma das promessas de Passos Coelho na campanha eleitoral de 2011 era a caça aos crimes económicos e políticos – que não prescreveriam nem ficariam sem punição!!
    Pois faça-se-lhe a vontade!

  4. isto e uma das muits coisas que os portugueses nao devem deixar passar este coelho a única coisa que fez foi enterrar o pais um bandido que se arvorava em defensor do pais ate roubou as datas mais importantes a única coisa com que ele se im[ortava er cantar de poleiro ams que grande sacana

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.